segunda, 26 de junho de 2017
Início » Região » Jovens desafiam a fogueira

Jovens desafiam a fogueira

Lúcio Agnaldo Scarri, de Mineiros do Tietê, foi o primeiro a atravessar sobre as brasas. Ele cumpriu o ritual pelo oitavo ano consecutivo.

Gravatar
24/06/2015 às 08h46

Galeria de Fotos

Um dos jovens que passou pelo braseiro da festa em Bocaina

Um dos jovens que passou pelo braseiro da festa em Bocaina | Antonio L. Teixeira

Cumprindo a tradição, mais uma vez milhares de pessoas lotaram a praça da Matriz de São João Batista, em Bocaina, na noite deste 23 de junho, a  mais movimentada da festa do padroeiro da cidade, a da passagem da fogueira.  E foram 13 pessoas, em sua maioria jovens, que atravessaram descalços sobre o braseiro, em frente da escadaria da igreja, observados por uma multidão. Vários deles disseram ter passado por um desafio, ou por aposta com o amigo. Teve um que declarou que nem mesmo é católico.

Perto da meia-noite, o padre Paulo Henrique Borges (esta é a sua primeira festa em Bocaina) fez a benção da fogueira. Logo em seguida, nas batidas da meia-noite,  Lúcio Agnaldo Scarri, de Mineiros do Tietê, foi o primeiro a atravessar sobre as brasas. Ele cumpriu o ritual pelo oitavo ano consecutivo, atravessando em passo normal e garantindo não ter queimado os pés. Falou que faz isso em nome da devoção ao santo padroeiro de Bocaina. Vestia uma camiseta com a imagem do santo.

Outro que passou e pela terceira vez foi  o jovem John Wallace, de Itapui. Este disse ter feito promessa de passar pela fogueira por cinco anos consecutivos. Faltam ainda mais dois que ele irá se deslocar até Bocaina para pagar o que prometeu por ter conseguido se livrar da dependência de droga, no caso o crack.

Muitos outros jovens passaram, alguns por um simples desafio, outros por aposta com o colega, como também aqueles que exageram na bebida e “criaram” coragem. Houve também os que passaram simplesmente com a intenção de mostrar-se à mídia presente, inclusive emissora de TV da Capital. Alguns admitiram ter queimados os pés ou, pelo menos, que estavam sentindo um forte calor na sola dos membros inferiores, o que poderia se tornar uma situação mais séria no dia seguinte.

Antes da fogueira, no palco do largo da matriz se apresentou a dupla jauense Fábio e Paulinho, que agitou o público com o som sertanejo de todos os tempos. Também na praça, houve a benção e levantamento do mastro com a imagem de São João e depois a benção  do bolo do padroeiro, que foi vendido em pedaços.

A Festa de São João em Bocaina prossegue até 12 de julho, com quermesses nos finais de semana e atrações musicais tanto no palco como no bar da quermesse. No dia 12, após a apresentação da Banda Marcial Municipal de Bocaina, de manhã, tem o leilão de gado, outra atração que reúne grande público.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados