segunda, 17 de fevereiro de 2020
Início » Região » Palmeiras vence Tremembé em disputa equilibrada no bocha

Palmeiras vence Tremembé em disputa equilibrada no bocha

Gravatar
08/09/2010 às 08h38

Galeria de Fotos

J.H. Teixeira

Ao final de 11 partidas, um certo equilíbrio. Bocha Amigos do Tremembé ganhou 5 e os profisisonais da Sociedade Esportiva Palmeiras tiveram 6 vitórias. Foi uma bonita confraternização entre os bochófilos da Capital, que defendem uma grande equipe em campeonatos Paulista, Brasileiro, Sulamericano e Mundial e os Amigos do Tremembé, realizando um sonho de mais de 50 anos de Ernesto Cassaro, fundador do Bar e Bocha Tremembé, de Bocaina.

Silvio Caravieri, do Bocha Amigos do Tremembé, bem como todos da família Caravieri, estavam realizados com esse encontro esportivo amistoso na manhã deste feriado de 7 de Setembro. Silvio lembrou que em 1952, através de ofício, Ernesto Cassaro convidou o Bocha do Palmeiras a se apresentar em Bocaina. Na época, a equipe respondeu que não poderia vir porque eram estilos diferentes, ou seja, eles jogam apenas no estilo rafa. “Agora, veio morar em Bocaina o Celso, que veio de São Paulo, ligado ao bocha do Palmeiras.. Mantivemos contato com o Flavio Mongermino, diretor de bochas do Palmeiras e esse sonho se concretizou. Eles trouxeram aqui 10 jogadores profissionais do Palmeiras”, disse.

Apesar de estilos distintos, os jogadores do Palmeiras se propuseram a jogar no estilo dos bocainenses. Eles jogam no Palmeiras com bochas de 900 gramas, enquanto que aqui usamos as bochas de 1.900 kg. Eles jogam na regra mundial, bem diferente do jogo nosso. E ainda assim, ganharam de nós”, completou Caravieri.

O diretor de Bochas da S.E. Palmeiras, Flávio Mongermino, disse que a equipe sempre aceita os convites para atuar em cidades do interior, mesmo com estilo diferente. “No caso de Bocaina fomos recomendados por um amigo nosso. Fomos recebidos de uma forma como nunca antes aconteceu”, falou.

Quanto ao Bocha do Palmeiras, Mongermino disse que a equipe é quarta colocada no campeonato atual. “Em 2007 fomos campeões sulamericanos de clubes, em 2008 fomos campeões brasileiros. Temos um bom currículo. Disputamos o Paulista, Brasileiro, Brasileiro de Seleções e de Clubes e vamos até o Mundial de Seleções e interclubes. Temos cerca de 40 atletas registrados na federação”, disse diretor.

Segundo Mongermino, pelas conversações em Bocaina, há a possibilidade de o time de futebol de masters do Palmeiras vir jogar em Bocaina. “É outro departamento, o diretor é o ex-centro-avante palmeirense César Maluco. Vamos conversar e ver se conseguimos trazer o Master de Futebol em Bocaina no dia 15 de novembro”,completou.

Os jogadores do Palmeiras – Paulinho, Risada, Alberto, Rogério, Edu, Karan, Lucas e Gringo, mais os diretores Flávio e sua esposa Regina Mongermino, chegaram a Bocaina na noite de segunda-feira. Foram recebidos com um jantar no Bocha do Tremembé. Depois de visita à cidade à noite, começaram a jogar às 9h da manhã do feriado, nas canchas de bochas do Estádio Municipal. Após as 11 partidas, voltaram ao Tremembé para um churrasco.

Pelo Bocha Amigos do Tremembé atuaram contra os palmeirenses os jogadores Pedro Moura, Daniel, Pisca, Marcelo, Jura, Dirceu, Crezo Gregori, Edson Zanelli, Zanelão, Sabino, Zé Roberto, Cisinho, Patao, Nardo, Macuco, Caveira, Piriquito, Silvio, Ceneslau Caravieri, Mauro Rafani e Fanta.
 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados