quarta, 19 de junho de 2019
Início » Região » Padre exalta a fé na passagem da fogueira por 12 devotos em Bocaina

Padre exalta a fé na passagem da fogueira por 12 devotos em Bocaina

Gravatar
25/06/2012 às 08h01

Galeria de Fotos

J.H. Teixeira

 

Choveu a semana inteira. O sábado amanheceu  com céu azul, limpo. Era o dia da passagem da fogueira de São João em Bocaina. Nunca choveu nesse dia. À meia-noite, em frente da escadaria da Igreja Matriz , 12 passaram sobre o braseiro, diante dos olhares de muita gente de toda a região, alguns vendo pela primeira vez essa manifestação. Fora 11 homens e uma mulher que mantiveram viva a tradição secular de passar sobre as brasas na noite em que se celebra o padroeiro da cidade.
 
Milhares de pessoas lotaram o largo e a praça da Matriz na noite de maior movimento da Festa de São João. Uns estimam um público em 10 mil pessoas, outros em 12 mil. O fato é que a cidade ficou tomada por gente e carros vindos de toda a região, especialmente de Jaú. Não foi um público recorde, apesar de ser num sábado. È que muitas festas aconteciam na mesma noite em outros locais.  No palco se apresentaram Carlos Munhoz, da Banda Astalavista, e depois a dupla Dani e Danilo. No bar da festa cantaram Galvão e Galatti e seus convidados.
 
Às 23h50 o padre André Cristiano Zacheu fez a benção a fogueira. Dali a pouco, passaram descalços sobre o braseiros os seis primeiros que haviam se apresentado. Lucio Scarri, do Vale Verde, Igaraçu do Tietê, puxou a fila. Ele passou pelo quinto ano consecutivo.  “Quem tem fé não queima os pés. É uma satisfação imensa e agradeço a São João por esse privilégio pelo quinto ano. Essa multidão nos aquece. São coisas inexplicáveis que acontecem na vida da gente. Estão de parabéns esse povo, a paróquia, o padre Zacheo”, disse.
 
Passaram logo atrás de Scarri,   Salvador Ivo Pinto Correia, 46 anos, de Pederneiras, pela primeira vez em Bocaina; Tiago Norato, 18 anos, de Bocaina, pela quarta vez; Quitéria Paulino, 43 anos, de Jaú, primeira vez. “É um sonho realizado. Há muito anos eu queria passar. Sinto um calor nos pés, mas não estão queimados. A fé em Deus vale a pena”, disse Quitéria do Peixe, como também é conhecida.
 
Também passaram na sequência Cleiton Aparecido Batista, 26 anos, de Bocaina, pela segunda vez; Márcio José Barbosa, 33 anos, que pagou promessa. “Fiz promessa porque a minha mulher estava presa. Ela saiu. Eu cumpri. .Foi a primeira vez”, disse ele. Depois de Barbosa veio Fabricio Rogério Colodian, 24 anos, de Jaú, que passou em 2009 e voltou neste ano. Alex Sandro da Silva Jerônimo, 27 anos, de Jaú, passou pela primeira vez e admitiu que   “      queimou um pouco”. Dali a pouco ele estava perguntando se havia na praça um primeiro atendimento com pomada. Felipe Alves, também de Jaú, passou pela primeira vez, o mesmo que fizeram Renato Maziero, 26 anos, e Caio Lucato, 29 anos, ambos de Dois Córregos.
 
Júlio Caetano, 45 anos, natural do nordeste do país e radicado em Bocaina, foi um dos que passou sobre o braseiro e garante não ter queimado os pés. “Lá no norte (nordeste) eu sempre passei, por 15 anos. Eu estava ali olhando e a minha mulher falou porque eu não passava também, já que sempre passei nas fogueiras por lá. Entrei aqui e passei. Mas tem que ter muita fé e também tem que passar devagar, sem afundar o pé no braseiro que assim não queima”, dá a receita o nordestino Caetano.
 
O pároco de Bocaina, padre Zacheu, também diz que passar pelo braseiro da fogueira de São João e não queimar os pés, é uma questão de fé. “O mais importante é a fé. Me emociona ver aqueles que passam por uma necessidade.Isso não é um show. É uma demonstração de fé. Se uma pessoa consegue passar sobre as brasas não vai conseguir vencer um problema em sua vida? O entorno da fogueira, o show, nada disso me atrai, é secundário.O que me atrai é esse momento”, disse. O pároco prometeu visitar depois as pessoas que passaram sobre o braseiro.
 
A Festa de São João em Bocaina continua até o dia 15 de julho com as quermesses nos finais de semana e almoços no bar da festa sempre com música ao vivo.
 

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados