quarta, 26 de fevereiro de 2020
Início » Política » Prefeitura vai contratar empresa para humanizar a saúde

Prefeitura vai contratar empresa para humanizar a saúde

Gravatar
04/11/2011 às 08h16
J.H. Teixeira
Abdalla Atique fala sobre humanização

Abdalla Atique fala sobre humanização

A tão falada humanização no atendimento de saúde em Jaú, plataforma de campanha de vários candidatos nas eleições municipais de 2008, pode se tornar realidade. O secretário municipal de Saúde, Abdalla Atique, anunciou que a Prefeitura irá contratar empresa especializada para dar cursos e palestras aos servidores da área, objetivando o melhor atendimento ao público que procura a rede básica.

“A Secretaria de Administração está procurando essa empresa, que não será muito cara para a Prefeitura e ela, junto com 12 profissionais nossos, estará dando um curso aos 900 profissionais da área da saúde. Se não for possível ainda em novembro até o início de dezembro deveremos ter essa empresa definida”, disse Atique.

Além de curso e palestras para os funcionários, também serão distribuídos questionários a serem respondidos tanto pelos servidores quanto pelo público usuário da rede básica de saúde. “Cada um vai poder apontar quais são as dificuldades. Saberemos quais são as queixas dos usuários”, disse o secretário.

A idéia de oferecer esse curso para os funcionários da saúde vem sendo trabalhada já cerca de um ano segundo o secretario. “Queremos dar um atendimento humanizado, um acolhimento mais gostoso para quem chega doente a uma das nossas unidades. Hoje eu sofro muito com isso porque a gente não consegue passar para os outros aquilo que gostaria que eles fizessem”, observa o secretário Atique. Conforme o secretário, os resultados vão aparecer em pouco tempo e ele espera contar com a colaboração da população durante a realização desse trabalho.

Praticamente todos os dias existem queixas de usuários em relação ao atendimento de saúde. Eles reclamações, invariavelmente, vão parar na imprensa, a maioria delas nas rádios. O secretário Abdalla Atique tem conhecimento disso e diz que vai buscar a solução.

“Temos 900 profissionais na saúde. Não dá para negar que entre eles tem sempre alguém que acorda um dia com o humor alterado. O paciente não tem nada a ver com isso. O paciente tem sempre razão. E por ele estar nervoso com sua doença isso acaba gerando algum conflito às vezes”, reconhece Atique.

Mais uma vez o secretário declarou não ter medo de enfrentar desafios. Já havia dito a mesma coisa na semana passada, quando anunciou o encerramento das atividades do Pronto-Socorro Municipal. “Não tenho medo de enfrentar problemas e desafios. Temos que dar um crescimento na saúde de Jaú, que já é boa, mas queremos melhorar ainda mais para o nosso público”, completa.
 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados