sábado, 28 de março de 2020
Início » Política » Lampião devolve mais de R$ 1,8 milhão da Câmara à Prefeitura

Lampião devolve mais de R$ 1,8 milhão da Câmara à Prefeitura

Gravatar
28/10/2011 às 10h04
Lampião (terno claro), com outros vereadores, entrega sobra ao prefeito Franceschi

Lampião (terno claro), com outros vereadores, entrega sobra ao prefeito Franceschi

 

A Câmara de Jaú desistiu de construir sua sede própria este ano e, por isso, o presidente do Legislativo, vereador Carlos Alberto Lampião Bigliazzi Magon (PV) fez na tarde desta quinta-feira (27) a devolução ao prefeito Osvaldo Franceschi Junior do valor de R$ 1,824 milhão. O dinheiro seria utilizado para a construção da sede própria mas o presidente desistiu da obra porque pesquisa apontou que a população é contra essa iniciativa.
 
O valor devolvido corresponde a 30,65% do orçamento da Câmara para este ano, estabelecido em R$ 5,950 milhões. Até o final do ano Lampião pretende devolver mais R$ 1 milhão de sobra. Se isso se confirmar, o percentual de devolução chegará perto dos 50%, o maior dos últimos oito anos. Neste mandato, em 2009 foram devolvidos R$ 756 mil (24,4%) e em 2010, R$ 597 mil (17,3%).
 
Lampião tinha a idéia inicialmente de construir a sede própria para o Legislativo, que funciona no mesmo prédio da Prefeitura. Por isso o orçamento da Câmara foi aumentado para quase R$ 6 milhões, contra os R$ 3,4 milhões do ano anterior. No entanto, pesquisa feita pelo próprio presidente apontou que 72% da população jauense são contrários ao gasto com a construção do prédio.
 
O valor de R$ 1 milhão que deverá ser devolvido até o final do ano para a Prefeitura faz parte de uma série de medidas de contenção de gastos no Legislativo adotadas pelo presidente Lampião. Logo no início ele fez a readequação de cargos e salários. Os comissionados caíram de 17 para 11 e os concursados subiram de quatro para 15. Quando assumiu, os salários dos servidores eram superiores a R$ 4 mil, hoje giram em torno de R$ 2 mil. As aquisições de material de consumo foram feitas em apenas seis pregões.
 
 Outro fator tido por Lampião como fundamental para a economia é a sua presença constante na Câmara. Para ele, continua valendo a máximo que “o olho do dono engorda o boi”.
 
O valor de R$ 1,8 milhão devolvido agora pela Câmara vai para os cofres da Prefeitura sem uma destinação específica. “O prefeito poderá fazer com o dinheiro o que quiser e temos que respeitar”, disse Lampião. O Executivo não anunciou o que fará com o recurso adicional, do tipo “caído do céu”. Poderá reforçar a folha de pagamento do 13º salário no final do ano.

 

3 Comentários(Deixe o seu)

  • LILIANA FELIPPI

    EU ACHO QUE Ñ FEZ MAIS QUE OBRIGAÇÃO DEVOLVER O DINHEIRO PARA A PREFEITURA.
    SÓ ESPERO QUE USEM ESSE DINHEIRO PARA FAZER ALGUMA COISA
    QUE SEJA REALMENRTE BOA PARA O POVO JAUENSE.

  • João Roberto de Castro

    Me digam, por que o Presidente da Camara, anterior, não fez o mesmo que o atual Sr. Lampião. E alias como está a investigação do sumiço dos 163.000,00, ficou por assim mesmo, ninguem vai responder, por nada, ou vai cair no esquecimento....cadê o resultado, alguem vai devolver esse dinheiro.
    Sr. José Henrique Teixeira, jornalista explendido, verifica isso para nós, se não vai cair no esquecimento.......

  • rafael

    Gente esse dinheiro e nosso e obrigação palhaçada tem que rir..na foto e so a cara de bobos.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados