terça, 31 de março de 2020
Início » Política » Pregão reduziu custo da praça, explica prefeito.

Pregão reduziu custo da praça, explica prefeito.

Gravatar
04/07/2011 às 22h31
J.H. Teixeira
Projeto da praça a partir da rua Lourenço Prado

Projeto da praça a partir da rua Lourenço Prado

O prefeito Osvaldo Franceschi Junior (PV) negou que tenha havido erro de projeto ou de cálculo para justificar que a revitalização da praça Siqueira Campos, em vez de R$ 1.980.000,00 previstos inicialmente, vai custar em torno de R$ 800 mil. "Foi a forma de concorrência, através do pregão presencial, que reduziu o preço drasticamente através da competição entre as empresas interessadas", disse o prefeito.

Sem contar com um projeto de estacionamento subterrâneo, a obra da praça estava prevista inicialmente em algo em torno de R$ 2 milhões. O secretário de Planejamento, Francisco Marcolan, deu entrevista no início do ano falando nesse custo e, se incluisse o estacionamento, a previsão era de gastar perto de R$ 5 milhões.

Agora, a empresa Consdon Engenharia e Comércio Ltda., de São Paulo, ganhou a licitação, através de pregão presencial, para executar a revitalização por R$ 774 mil.

O projeto de revitalização da praça prevê a transformação do piso atual, em declive, em dois platôs. Um deles ficará do lado da rua Visconde do Rio Branco, a partir do monumento de João Ribeiro de Barros; o outro, do monumento para baixo, até a rua Lourenço Prado. Serão duas superfícies planas, ligadas por pequena escada e rampas. Haverá também um espelho d'água abaixo do monumento, para simbolizar o oceano que João Ribeiro atravessou com o hidroavião Jahu.

No lado da rua Lourenço Prado, a praça ficará a 1,80m acima do nível da rua, só que em vez do paredão que havia no projeto antigo da praça, que prevaleceu até 1953, haverá uma escada em toda a extensão do quarteirão. "Essa escada, se colocarmos desfiles e eventos na rua Lourenço Prado, poderá servir como arquibancada", disse o arquiteto Marcolan.

Para a execução do projeto da praça a Prefeitura conseguiu do Ministério do Turismo verba de R$ 975 mil, através de emenda do deputado federal Nelson Marquezelli e entraria com uma contrapartida de R$ 1.050.000,00. "Podemos entrar só com 1% de contrapartida e a verba obtida pelo deputado será paga de acordo com a necessidade, com o custo das obras. Se custar só R$ 800 mil a Caixa Federal libera só esse valor", explicou o prefeito Osvaldo Franceschi.

A previsão de conclusão da obra é de oito meses e haverá momento em que a praça ficará fechada por tapumes.
 

2 Comentários(Deixe o seu)

  • Andre Martins

    Não estou acreditando nesta queda drastica de valores,e com certeza nós temos que fiscalizar esse processo todo para não desviarem nosso dinheiro.

  • cristiano

    Fiquei 8 anos na prefeitura na defesa civil e nunca eu vi uma contra partida ser maior que a verba destinada para a obra. Prestem atenção ai tem gato na tuba. Se alguém ver o João Ribeiro sair correndo da sua tuba não estranha não, ele deve estar indignado com o valor da reforma da praça

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados