sexta, 21 de fevereiro de 2020
Início » Política » Secretário fala em demolir A.E.R.O. para abrir parque do Rio Jaú

Secretário fala em demolir A.E.R.O. para abrir parque do Rio Jaú

Gravatar
30/06/2011 às 15h21
J.H. Teixeira

O secretário de Meio Ambiente de Jaú, Maurício Arruda de Toledo Murgel, disse que já existe um projeto na Prefeitura para a destinação do A.E.R.O. Clube, que agora o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou, em sentença, que seja retomado pelo município. Ele será demolido para dar lugar à entrada do Parque do Rio Jaú, "ligando o centro da cdade com a Mata do Amadeu Botelho". Segundo Murgel, já existe o projeto nesse sentido, do seu colega o secretário de Planejamento, arquiteto Francisco Antonio Marcolan.

'É claro que causa polêmica. A primeira vez que vi essa proposta também assustei. Quanto se fala em demolir o Aero é agressivo, mas a gente fala em desmontar aquilo que existe e fazer um grande parque, com o pouso do hidroavião Jahu ali. Seria colocada uma réplica do hidroavião do João Ribeiro de Barros e teríamos uma entrada de parque magnífica. A cidade ganharia como um todo", diz Murgel.

Conforme o secretário, o Aeroclube não é mais o Aeroclube como foi concebido. "É um conjunto de barracões que trunca o centro da cidade, está em cima do rio, esconde a piscina municipal que é uma arquitetura interessante. A cidade ganharia com um parque começando no centro e seguindo até a floresta dos Botelho", completou.

Enquanto Murgel fala em projeto de parque para o lugar do A.E.R.O., o secretário de Relações Institucionais, Cristiano Madela Tavares, ainda não sabe precisar quando aquelas instalações serão, de fato, retomadas pelo município. "Tomei conhecimento da decisão, mas não do seu conteúdo na íntegrado. Acredito que assim que tiver o trânsito em julgado, será imediatamente. Até porque o prefeito tem que cumprir a decisão judicial, sob pena de ser responsabilizado por improbidade", disse Madela.

A retomada, conforme o advogado Mayr Godói, pode ser imediata. Mesmo que a diretoria do A.E.R.O. recorra da decisão do Tribunal de Justiça, "o recurso não terá efeito suspensivo da sentença dada em São Paulo". O advogado que representou a Prefeitura na ação não acredita em sucesso de um recurso, "pois antes de seguir para o Superior Tribunal de Justiça em Brasília esse recurso teria que ser aceito pelo Colégio Recursal do TJ, o que dificilmente acontecerá".

Nota do Editor: A destinação a ser dada aos imóveis que compõem o A.E.R.O. Clube de Jaú não poderá ser decidida de cima para baixo, unilateralmente, pela Prefeitura. Afinal, aquilo tudo é um patrimônio dos jauenses. É necessário fazer uma audiência pública, consultar a popualação sobre a destinação daquela imóvel em área nobre central. Existem inúmeras propostas, como ser a sede da Câmara, que não gastaria R$ 2 milhões com a construção de prédio próprio; ser uma unidade do Poupatempo, abrigar secretarias municipais que hoje pagam aluguel, dentre outras.

5 Comentários(Deixe o seu)

  • Guilherme Valente

    Parece me que o antigo colégio dos padres também retornou ao município com o fim do comodato. Talvez fosse mais interessante fazer uma reforma interna do prédio e a restauração de sua fachada para que pudesse receber órgãos públicos do que manter o Aero Clube. A cidade de fato ganharia muito com a nova área verde.

  • Walcestari

    Eu já sabia desse projeto desde o início da atual administração e fui contra; acho um absurdo derrubar um patrimônio, como o Aero para se fazer jardim. Tem tanto lugar pra se fazer jardim....E as quadras de tênis, sairiam também ? O Aero poderia ser um local para abrigar eventos de arte e lazer e o Colégio São Norberto reformado para abrigar seções da prefeitura:as salas são amplas, arejadas, com pé direito alto, local agradável. E por falar em jardim: pra que fazer mais um se todo mundo reclama que os que há não são cuidados como deviam ser ?

  • silvio

    ACHO VÁLIDA AS DUAS PROPOSTAS, TANTO SER OCUPADO POR ALGUMA REPARTIÇÃO PÚBLICA, COMO SER DEMOLIDO E DAR LUGAR AO PARQUE, ACHO QUE, APESAR DE PRESERVACIONISTA QUE SOU, FICARIA COM A SEGUNDA OPÇÃO!!

  • Andre Maradona

    Tem que demolir o prédio da prefeitura com todos os politicos dentro,ao invés de demolir o A.E.R.O., esse secretario de meio ambiente tem bosta na cabeça, como pode querer demolir o melhor salão de Jaú que serve tanto pra bailes de carnaval como para formaturas de escolas e outros eventos mais.
    Esse pessoal da prefeitura tem que se ocupar com coisas mais importantes pois nossa cidade precisa de tanta coisa e eles ficam se preocupando em demolir o Aeroclube.

  • Joao

    Esse secretário tem merda na cabeça, ele ainda nem conseguiu montar a secretaria dele tem um monte de cargo em comissão parado , agora ele quer destruir o aero para ficar abandonado igual ao parque do rio jahu, coloca a sua secretaria la já que paga um fortuna de aluguel de onde estão.Pega esse dinheiro e cargos de comissão que você tem ai , e vão catar as sujeiras do rio jahu, honrar um pouco o salario que vocês ganham.A prefeitura nao e so querer cargo em comissão

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados