sábado, 22 de fevereiro de 2020
Início » Política » Prefeito diz ter cumprido 80% das metas e admite déficit de R$ 6 milhões

Prefeito diz ter cumprido 80% das metas e admite déficit de R$ 6 milhões

Gravatar
29/12/2010 às 08h36
J.H. Teixeira

Ouça no podcast da Jaunews trechos da entrevista do prefeito Franceschi

O prefeito Osvaldo Franceschi Junior disse em entrevista coletiva na tarde de terça-feira (28) que ao chegar à metade do seu mandato já cumpriu 80% das duas propostas de campanha. Falou que em 2011 pretende fazer a “maquiagem” da cidade, ou seja, embelezar os bairros e admitiu que a Prefeitura vai fechar este ano com um déficit de caixa de R$ 6 milhões.

Quando citou que teria cumprido 80% das suas propostas da campanha de 2008, o prefeito foi questionado se esse percentual se aplicava também ao distrito de Potunduva, onde os moradores reclamam que nada ainda foi cumprido. “Em Potunduva ampliamos o cemitério que estava esgotado, estamos melhorando a estrada de acesso ao Parque Frei Galvão, reativamos o Programa Saúde da Família, oferecemos cursos de qualificação aos moradores que terão que deixar o corte da cana com a mecanização da lavoura. Conseguimos uma UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do Governo Federal que será instalada no distrito e vamos cuidar do distrito industrial agora em 2011. Nos quatro anos vamos cumprir todas as metas”, falou Franceschi.

Sobre as prioridades para 2011 o prefeito observou que os problemas macros estão sendo equacionados e que pretende cuidar da reorganização dos bairros. “Vamos melhorar as praças, os parquinhos infantis, as rotatórias, fazer um embelezamento da cidade. Temos como prioridades também duas rotatórias, uma no final da avenida Netinho Prado e outra no acesso ao Jardim Padre Augusto Sani e Expojaú”, observou.

Franceschi diss e que não deu tempo de fazer a reforma administrativa como pretendia. “Já fiz uma mini-reforma”, disse. O prefeito considerou “normalíssimo” o fato de em metade do mandato já ter trocado a metade dos seus secretários. “Você vai trocando aqueles que você acha que não se adaptaram. Ninguém é eterno. Secretários são prepostos. Aqueles que melhor se adaptaram continuam”, explicou.

Das obras que gostaria de ter concluído neste ano de 2010 o prefeito citou o asfaltamento do Jardim Cila de Lúcio Bauab. Segundo ele, restam 7% das ruas para serem pavimentadas. “Houve um entrave jurídico. Nós fizemos a licitação por pregão presencial, que sai bem mais barato, mas o Governo Federal quer que seja pelo sistema convencional de concorrência pública. Pelo nosso sistema ficaria em pouco mais de R$ 800mil, pela concorrência normal sairia R$ 1,2 milhão. Isso está sendo resolvido, mas peço desculpas aos moradores por não ter completado o asfalto este ano”, falou Franceschi.

Neste final de ano o prefeito pediu e a Câmara autorizou que ele faça um remanejamento de até 60% das verbas do orçamento. Ao mesmo tempo, a Câmara derrubou emenda ao orçamento de 2011 que garantiria R$ 1 milhão para a Subprefeitura do Distrito de Potunduva. “Não tem problema nenhum fazer remanejamento. É normal. Quanto aos recursos para Potunduva, eles serão garantidos exatamente através de remanejamento das dotações orçamentárias”, destacou Franceschi.

Conforme o prefeito, o ano de 2010 vai fechar com um déficit de caixa de R$ 6 milhões na Prefeitura de Jaú. Nos bastidores, os comentários são de que o déficit é bem maior. “Nós fomos impetuosos. Devido as necessidades da cidade, fizemos alguns convênios e algumas obras que ficaram mais caras”, admitiu Franceschi.

Macrodrenagem e veba do PAC

Antes da entrevista, em pronunciamento, Franceschi destacou que Jaú terá uma das maiores obras de macrodrenagem urbana do Estado, nos córregos dos Pires e da Figueira, além do rio Jaú, com recursos de R$ 62 milhões que virão do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal. Destacou também que pretende entregar até o final do próximo ano duas mil moradias. Na Saúde, garantiu que no ano que vem não haverá falta de médicos e que o Programa Saúde da Família está sendo reativado.

Franceschi destacou também o investimento em Educação e disse que os professores de Jaú, que ganham, no mínimo, R$ 1.250,00 mensais (mais tíquete), são os melhores remunerados de toda a região. “Investimos muito também na capacitação dos professores e em equipamentos multimídia para as salas de aula”, disse.

O prefeito se penitenciou pelo Meio Ambiente, onde disse que ainda falta resolver a grave questão do lixo urbano. Falou que fez uma remodelação do sistema viário da cidade e destacou como grande marca da administração a criação da Secretaria do Deficiente e do Idoso. “Jaú tem um dos maiores projetos sociais dos últimos anos, observou.
 

7 Comentários(Deixe o seu)

  • Cassiano Prado

    Ele mora em Jaú? Ele é prefeito de Jaú? Ele já ouviu os funcionários sobre a administração dele? Ele já saiu às ruas para saber o que o povo acha da administração dele? Ele já ouviu os professores para saber quão infelizes estão com o Secretário de Educação? Gente, acorda esse homem!!!!!

  • José Getulio Scandiuzzi

    Será que o prefeito anda pela cidade e conversa com as pessoas ou só viaja prá Angra dos Reis, Paris, etc?
    A cidade está abandonada, para o trânsito foi assinado um contrato estranho, de mais de 3 milhões de reais e nem semáforos sincronizados funcionam. Piorou!
    A notícia boa é que metade do mandato dele já foi. A ruim é que tem mais meio mandato prá ele acabar de vez com as finanças do município. Coitado de quem pegar.

  • Pedro Colombo

    Ele não deve ler essas coisas. Fica lá no gabinete com os secretários babando ovo dizendo que está tudo certo. Aí a mulher dele diz estar preocupada com o kakai. Ainda bem que temos ele porque os vereadores assinam embaixo dessa barbaridade. O que estão fazendo com Jaú? Nunca mais vamos recuperar o rombo.

  • LUZIA

    COITADO DESSE HOMEM SERA QUE ELE NÃO SE ENXERGA, O POVO DE JAU NUNCA TEVE UM PREFEITO TÃO RUIIIIIIIIIIMMMMMMMMMMMMMM COMO ESSE AI E OLHA ESSE NUNCA MAIS VIUUUUUUUUUU....

  • Andre Martins

    Acho que o prefeito esta um pouco enganado com esses 80% de metas cumpridas. Pois o asfalto da nossa cidade esta um lixo, cheio de remendos, o Lago do Silvério que é lindo esta totalmente abandonado, quando chove não podemos transitar pois a cidade esta alagando, aonde estão as obras de drenagem. Nosso prefeito precisa sair nas ruas em dia de chuvas fortes para ver que porcaria fica a cidade.
    Na verdade para está gestão ficar ruim, tem que melhorar muito.
    Já estou arrependido pelo voto que dei ao prefeito!

  • antonio paulo

    MEU DEUS, QUE DÓ QUE DÁ DE UMA PESSOA COMO ESTA, TEM UMA MULHER QUE MANDA MAIS QUE ELE NA CIDADE, SÓ FAZ INTRIGAS, A CIDADE ABANDONADA, ACABADA, SUJA, SEM SEGURANÇA, NOSSA, ESSA PESSOA TA VIVENDO EM OUTRO MUNDO, ACORDA OSVALDINHO, VOTEI EM VOCÊ MAIS COMO PREFEITO VOCÊ É UM EXCELENTE MÉDICO, POSSO DAR UMA SUJESTÃO: AO INVÉS DE FICAR SÓ MEIO DIA NA CLINICA FICA O DIA INTEIRO, SEM VOCÊ A ADMINISTRAÇÃO VAI MELHORAR E MUITO, SEJA HUMILDE!

  • andreia

    que vergonha para jau ta uma cidade abandonada cheio de mato o cilas sem terminar o asfauto a cidade cheia de buraco a saude nem se fala como me arrependo de ter votado em vce

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados