sexta, 13 de dezembro de 2019
Início » Política » Parcerias e metas públicas possibilitaram Medicina

Parcerias e metas públicas possibilitaram Medicina

Rafael Agostini destaca a importância das parcerias com a Santa Casa e Hospital Amaral Carvalho, mas diz também que o município está cumprindo a sua parte com a ampliação da rede básica de saúde. Mais sete unidades básicas estão em construção e várias outras em reforma, inclusive a Policlínica.

Gravatar
03/09/2014 às 07h33

Jaú obteve uma grande conquista no último dia 28 de agosto: a aprovação definitiva por parte da Comissão Avaliadora do Ministério da Educação do projeto para a autorização da instalação do curso de Medicina no Município.

Segundo o prefeito Rafael Agostini, “em meados de novembro de 2013, fomos à Brasília e protocolamos junto ao Ministério da Educação projeto pleiteando a vinda do curso de medicina para Jaú. Mas, para que isso fosse possível, a Prefeitura precisou fazer a sua parte. Dentro desse projeto, existia um plano de trabalho onde a Prefeitura se comprometia a melhorar a estrutura dos equipamentos públicos e de programas de saúde existentes no Município, com a construção de cinco novas unidades básicas de saúde (UBS) por meio do programa Requalifica UBS e também de mais duas unidades básicas de saúde, ou seja, assumimos o compromisso de construir sete unidades básicas de saúde em Jahu. E todas já se encontram em construção. Retomamos a semana passada a construção da UBS do Jardim Pires I e do Distrito de Potunduva. Estamos construindo UBS’s nos jardins São Crispim e Bela Vista. Estamos iniciando serviço de terraplanagem e regularização da parte de drenagem da UBS do Jardim Maria Luiza IV. Também será construída uma unidade básica de saúde no Jardim Pedro Julian, no Distrito de Potunduva”.

Dentro desse plano de trabalho, a Prefeitura também se comprometia junto ao Ministério da Educação a reformar nove unidades básicas de saúde já existentes no Município. “Neste ano, estamos reformando sete dessas UBS’s, sendo que duas foram reformadas no ano passado. Devemos inaugurar o PAS São Benedito nos próximos dias e também o PAS do Distrito de Potunduva”, pontua o prefeito.

Ainda no ano passado, o Ministério da Educação aprovou o projeto de melhoria da estrutura protocolado pela Prefeitura. A publicação dessa aprovação saiu no Diário Oficial da União no final de 2013. Após isso, se iniciou a segunda etapa: a visita da Comissão Avaliadora do MEC. Eles estiveram em Jahu entre os dias 06 e 09 de agosto para avaliar se o que estava declarado no projeto de melhoria da estrutura correspondia à realidade da cidade. Conforme o prefeito, eles constataram que a Prefeitura de Jahu fez um bom projeto, e que o que o Executivo se comprometeu a fazer estava de fato ocorrendo. “Isso foi decisivo para que saísse o parecer final. A Prefeitura de Jahu atendeu aos critérios exigidos pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação”, complementa Agostini.

Ainda conforme o prefeito, foram várias frentes de trabalho. “A primeira frente foi construir parceria com nossos hospitais: a Santa Casa, que é o hospital geral que atende toda a região, e que pode inclusive vir a ser nosso hospital-escola, o Hospital Amaral Carvalho, que é um hospital de referência em oncologia, hospital de especialidade em nível terciário que temos em nossa cidade e que já conta com residência médica, e o Hospital Thereza Perlatti. Todo esse trabalho e essa parceria com três esses hospitais faz com que atendamos aos pré-requisitos do número de leitos”, informa o prefeito.

Também foi estabelecido no projeto apresentado ao Ministério o comprometimento por parte da Prefeitura de Jahu de iniciar a construção da UPA. A obra, iniciada em janeiro desse ano, está em estágio bem avançado. “Além disso, definimos no projeto a reabertura do Pronto Atendimento no prédio do antigo Hospital São Judas. Já realizamos a reforma interna do prédio. Vamos reformá-lo por completo e devolvê-lo à população de Jahu. Ele vai voltar a atender com a mesma qualidade que a população espera que seja atendida”, destaca Rafael Agostini.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados