segunda, 20 de novembro de 2017
Início » Política » PSDB denuncia vereador à executiva por suposta infidelidade

PSDB denuncia vereador à executiva por suposta infidelidade

Gravatar
11/01/2013 às 08h18
Fábio Dornelles nega infidelidade

Fábio Dornelles nega infidelidade

 

O PSDB de Jaú teve reunião na noite de quarta-feira e decidiu apresentar denúncia à executiva estadual do partido contra o vereador Fábio Dornelles, por suposta infidelidade partidária. O vereador, eleito pela oposição, aliou-se à base do prefeito Rafael Agostini (PT) na eleição da mesa da Câmara, no dia da posse, sendo eleito, inclusive, segundo secretário da mesa. O coordenador regional dos “tucanos”, Antonio Aparecido Serra, bem como o vereador Tito Coló Neto, consideram que houve infidelidade partidária porque uma chapa oposicionista deixou de ser apresentada por não poder contar com a participação de Dornelles.
 
O vereador Dornelles, que prefere não se estender em explicações sobre o caso e disse que aguarda a manifestação do seu partido, falou apenas que só houve uma chapa disputando a mesa da Câmara e “não aconteceu nenhuma infidelidade”. Para o vereador, “todos viram que só havia uma chapa disputando a mesa”.
 
“O vereador Fábio precisa justificar porque fez isso. A Executiva estadual do PSDB pediu os documentos, gravações da sessão, estamos enviando tudo. A Executiva vai examinar esse material e mandar para a Comissão de Ética”, disse Serra. O coordenador disse ter informações, extraoficiais, que para compor a mesa com a bancada situacionista, contrariando orientação de seu partido, Dornelles teria indicado cargos para o NGA do Sus. “Ele fala que não, que só sugeriu nomes, mas isso é o mesmo que indicar”, diz Serra.
 
Conforme Serra, antes da eleição da mesa, dias antes da posse, Dornelles foi comunicado que seria lançada uma chapa de oposição. A chapa teria Tito Coló Neto (PSDB) para presidente, Carlos Lampião Magon (PV) para vice, Paulo Gambarini (PSDB), primeiro secretário, e próprio Fábio Dornelles como segundo secretário. “Ele concordou com essa chapa. Dias depois, quando voltamos a conversar, disse que tinha assumido compromisso com o PT. O mandato é do partido e vamos tomar as providências, cobradas especialmente pelo vereador Tito Coló”, observou Serra.
 
Na reunião de quarta-feira à noite Fábio Dornelles esteve presente mas ficou por pouco tempo, saindo após receber um telefonema. Estavam presentes, dentre outros, o próprio Serra, o vereador Coló e o ex-prefeito João Sanzovo. O presidente do PSDB em Jaú, Luiz Fernando Bassan César, o Zuca, não participou.
 
“Estou muito chateado, porque apoiei esse moço em sua eleição, ajudei ele na campanha”, disse Serra. Sobre o fato de o PSDB fechar questão e se abster de votar na chapa da situação, que elegeu Roberto Carlos Vanucci, do PT, como presidente, Serra diz que Dornelles também foi comunicado. “Falei com ele para que acompanhasse o partido e saísse da chapa do PT, que hoje é no Brasil o maior adversário do PSDB. Falei que ele foi eleito com os votos de todos os companheiros que compunham a coligação, mas ele não deu atenção e fez o que fez. Agora, os vereadores do partido exigem que sejam tomadas providências”, completou Serra.
 
DEM
 
O DEM de Jaú estaria adotando idêntica providência em relação aos seus dois vereadores – Ronaldo Formigão e Wagner Brasiul de Barros. Embora não façam parte da mesa eleita, os dois votaram na chapa liderada pelo PT. Só não foi possível confirmar até o fechamento desta edição como está esta ação porque lideranças do partido não foram localizadas. Nem o vice-presidente, Luiz Urbano, nem a presidente do DEM jauense, Caroline Franceschi, foram encontrados para falar sobre o assunto.

 

4 Comentários(Deixe o seu)

  • Carlos Bianco

    FELICITO AO FABIO, pela "infidelidade" a este partido que nada fez para a eleiçao do vereador (a nao ser registar no cartorio eleitoral).
    Durante toda campanha encontrei o Fabio, pelas ruas, sozinho, fazendo e pagando sua campanha com recursos proprios.
    Fabio, trabalhe por Jau, faça o seu melhor, para recuperar a cidade do abandono da administraçao anterior.
    Conte comigo para qualquer luta, estou a favor de sua decisao.

  • Aderson Angelo da Silva

    Isso não vai dar em nada o PSDB vai ter que engolir a politica é uma sujeira

  • Rush

    O Fabio já está no bolso do Realce Hotel :)

  • fernando

    CONCORDO COM O ADVOGADO SERRA. O VEREADOR FABIO FOI ELEITO COM A VOTAÇÃO DO PARTIDO DO PSDB. SEM OS VOTOS DA COLIGAÇÃO ELE NÃO SERIA ELEITO. ESTÁ CLARO QUE TEVE INFEDELIDADE... ELE TEM QUE SER CAÇADO PELO PARTIDO. NÃO PODEMOS ACEITAR MAIS CORUPÇÃO.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados