terça, 19 de setembro de 2017
Início » Política » Cheques da Prefeitura emitidos em 2012 voltam sem fundos. Salários dos servidores vão atrasar.

Cheques da Prefeitura emitidos em 2012 voltam sem fundos. Salários dos servidores vão atrasar.

Gravatar
04/01/2013 às 21h29

Galeria de Fotos

 

Cheques dados a funcionários exonerados no final do ano passado e até mesmo a credores da Prefeitura de Jaú estão voltando, por insuficiência de fundos. O prefeito Rafael Agostini (PT) convocou entrevista coletiva que aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (4) e demonstrou essa situação.Mas alertou a todos que virão mais mazelas. “Estamos diante da maior crise financeira da história do município. É que os senhores não sabem ainda o que está por vir. Preparem-se, dias piores virão”, alertou o prefeito.
 
Agostini distribuiu aos jornalistas cópias xerográficas de dois cheques devolvidos pelo Banco do Brasil e que haviam sido emitidos pela administração do prefeito Osvaldo Franceschi Junior(PV) em 31 de dezembro de 2012. Um cheque, no valor de R$ 530.740,14 foi dado para pagamento à empreiteira Andrade Galvão Engenharia Ltda. O outro, no valor de R$ 192.131,37 foi dado à empresa Inovatt Comercial Ltda..
 
“Hoje não temos dinheiro em caixa para pagar os funcionários no dia 8. Muito embora nos últimos dias do governo anterior eles soubessem que não iam deixar provisão de saldo em caixa para pagar os funcionários, soltaram cheque sem fundos. É o maior escândalo. Esses que estamos exibindo  são os oficiais, que o banco carimbou e procurou o secretário de Finanças. Existem aqueles que não foram pagos por insuficiência de saldo e o banco ainda não carimbou”, disse Agostini.
 
Diante dessa situação, o prefeito fez um apelo aos credores. “Nós vamos pagar todos, podem ter certeza. Mas não coloquem os cheques no banco porque eles vão ser carimbados pela segunda vez e vai comprometer e negativar o nome da Prefeitura por conta dessa medida irresponsável do governo  anterior. Estou fazendo um apelo aos credores. Vamos fazer um levantamento e um planejamento para ver como vamos fazer para pagar a todos esses credores. Isso é só a ponta do iceberg.Tem coisas piores que virão na próxima semana. Isso é só o começo”, ressaltou.
 
Por diversas vezes o prefeito repetiu que não vai ter dinheiro para pagar os funcionários municipais no dia 8. “Tem em torno de R$ 1,5 milhão na conta e a folha custa três vezes isso fora os encargos.  Não sabemos exatamente o montante de restos a pagar que ficaram de 2012, mas esta é a situação deplorável que nos preocupa: ver a cidade sem credibilidade por causa de quem soltou cheque sem saldo. Cada dia que abre um armário tem um esqueleto dentro”.
 
O prefeito falou que já pediu um encontro com a presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais, Eliana Contarini, para explicar-lhe a questão financeira e o previsto atraso no pagamento dos servidores. Contarini, por sua vez, já protocolou na Prefeitura pedido de audiência para iniciar as negociações salariais dos funcionários visando a data-base que é março.
 
Gasto zero
 
Devido a falta de recursos em caixa, Rafael Agostini determinou gasto zero aos seus secretários. “A primeira medida, vai sair no próximo Jornal Oficial, é um decreto que nenhum secretário tem autorização para gastar nada,nem para comprar um alfinete e nem para dar ordem de serviço sem autorização do secretario de Finanças. Já estou emitindo ordem para a Finanças só empenhar o que está previsto no Orçamento, o que tem autorização no Orçamento. Vamos rediscutir contratos. Acabou essa farra de remanejar R$ 20 milhões do Orçamento nos primeiros dias de governo. Preciso colocar as finanças em dia mas agindo dentro da lei. E agir dentro da lei é cumprir o Orçamento”, disse.
 
Agostini admite que as autoridades competentes poderão tomar medidas contra a administração anterior, com base na Lei de Responsabilidade Fiscal e outras, mas que primeiro é preciso diagnosticar o tamanho do buraco e formular um plano de recuperação das finanças municipais. “Independentemente da responsabilidade por essa situação caótica, quem vai ter que consertar isso tudo somos nós. Vamos fazer o que tem que ser feito”, falou.

 

12 Comentários(Deixe o seu)

  • Walcestari

    Cheque sem fundo é estelionato, com punição pesada. Artigo 171 do Código Penal, parágrafo 2, VI : Fraude no Pagamento por Meio de Cheque - VI - emite cheque, sem suficiente provisão de fundos em poder do sacado, ou lhe frustra o pagamento.
    Que vergonha !

  • Eva Gomes de Oliveira

    Espero que cada jauense tenha a consciência da situação em que se encontra a cidade e seja paciente e solidário com nosso prefeito, Rafael Agostini. Não será fácil colocar a casa em ordem. Tivemos quatro anos para observar e reclamar das barbaridades que foram se acumulando e que, infelizmente, não teve seu desfecho completo. Saibamos, agora, esperar.

  • jossé ciquieira

    deixou o povo na mão nunca vi isso malandro

  • PEPE

    RESPONSABILIZAR OS RESPONSÁVEIS SEJA LA QUE FOR, PREFEITO, VICE-PREFEITO OU SECRETÁRIOS,

  • Afonso

    Manobras financeiras, recursos manipulados, versões contraditórias sobre os fatos, má gestão financeira etc. - e a(s) vítima(s), além da verdade nessa guerra, somos todos nós: cidadãos jauenses, e em especial, os servidores municipais (e suas famílias), arcando com o atraso no pagamento, com a ingerência e falta de condições dignas de trabalho e respeito.

  • Josep Cadura

    Como os funcionários públicos municipais podem ter paciência com as contas vencendo? Daqui a pouco os credores estarão batendo em suas casas. Como manter a paciência e a solidariedade sabendo que muitos funcionários certamente passarão por sérias dificuldades? Como manter a calma faltando o arroz, o feijão e o leite em casa? Como pagar os gastos extras do final de ano?
    Pior, os funcionários trabalharam. Imagine você um funcionário da limpeza, um coletor de lixo, correr o dia todo atrás de um caminhão debaixo de um sol escaldante e não receber o seu salário em dia com as suas contas vencendo. Olha, acredito que o funcionário tem que receber, não importando se terá remanejamento de dinheiro ou não. Isso é questão de subsistência.

  • Zé Maria

    Gente simplesmente falta de experiencia, nem começou e ja ta acabando com a cidade, era só transferir os recursos de uma conta p/ outra, a parte da folha de pagto é só realocar recusros de impostos federais. Todos os prefeitos em janeiro fazem isso.
    PORÉM É SÓ COLOCAR UM GRANDE MANÉ CHAMADO FEDERICI LA NA CADEIRA DE SECRETARIO DE ECONOMIA E FINANÇAS QUE DE NISSO AI.

    Ainda ressalto que estamos esperando INTERNET GRATUITA para a cidade toda.....kkkkkkk

  • JOSÉ CARLOS MARTINS

    NO PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL COMÉRCIO DO JAHU DE HOJE, TEM A FOTO DO ATUAL PREFEITO COM UMA CÓPIA DE CHEQUE DEVOLVIDO. NA CONTRA CAPA UM ARTIGO ONDE ELE DIZ QUE ISSO É A PONTA DO ICEBERG.
    PORÉM NA PÁGINA 3 O EX SECRETÁRIO DE FINANÇAS ALEGA QUE TINHA UMA TRANSFERÊNCIA DE VALORES DE OUTRO BANCO PROGRAMADA PARA COBRIR OS CHEQUES EMITIDOS,E QUE A ATUAL ADMINISTRAÇÃO BLOQUEOU;O QUE O ATUAL SECRETÁRIO CONFIRMA.
    ASSIM NÃO VALE. ISSO É BOTAR LENHA NA FOGUEIRA.
    NOS MOSTRA QUE A PONTA DO ICEBERG É DE PLÁSTICO.

    ZÉ CARLOS

  • josé ciquieira

    A CASA CAIU KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    E O DINHEIRO SUMIUKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Luís Vicente Federici

    As transferências bancárias que a administração anterior queria que fossem convalidadas eram provenientes de contas vinculadas, como as do Fundeb. Queriam rapar a conta do Fundeb para devolver dinheiro para a conta do tesouro que estava zerada. Isso para quem não sabe é crime e a nova administração não convalidará atos criminosos, irresponsáveis. Isso é caso de polícia.

  • carlos

    Espero amanha encontrar meu pagamento na conta.
    Se nao tem dinheiro faça emprestimo.
    Ou esperam que eu faça.
    vergonha dos que foram e dos que estao chegando agora.

  • Artur

    O atual prefeito entrou para resolver todos os problemas da cidade de Jau. Então que resolva-os. Ele tinha ideia do que ia encontrar. Tanto que nas propagandas politicas que ele e sua equipe elaboraram, tinham um plano de governo e soluções para tudo! Ele esta sendo muito bem pago pra isso! Quero ver soluções. Problemas todos nós estamos cansados de saber que existem.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados