segunda, 25 de setembro de 2017
Início » Política » Para a Câmara são 244 candidatos disputando 17 cadeiras

Para a Câmara são 244 candidatos disputando 17 cadeiras

Gravatar
05/10/2012 às 12h37

 

Para as 17 cadeiras que a Câmara de Jaú terá a partir de 2013 concorrem 244 candidatos a vereador. Eles estão distribuídos em oito coligações e mais dois partidos que decidiram sair à disputa proporcional sem alianças, que são o DEM, que na majoritária está com o prefeito Osvaldo Franceschi, do PV; e o PSOL, que tem na majoritária o candidato a prefeito Lauro Pacheco.
 
O maior número de partidos está aglutinado em torno da candidatura de Rafael Agostini, do PT, a prefeito. Com ele estão cinco coligações para a disputa do Legislativo, que somam 138 candidatos a vereador, mais da metade do total de concorrentes. A coligação PR/PC do B/PRB/PRP conta com 31 candidatos. A coligação PMDB/PDT tem 34 concorrentes.Na coligação PP/PSC estão mais 33 candidatos; enquanto que a coligação PT/PHS tem 35 nomes e a coligação PSD/PSL tem cinco candidatos.
 
O prefeito Osvaldo Franceschi Junior (PV), candidato a reeleição, tem 50 candidatos a vereador a apoia-lo, divididos em dois grupos. A coligação PV/PTB/PT do B tem 31 candidatos, enquanto que o DEM que não se coligou na proporcional tem mais 19 concorrentes.
 
A coligação Jaú Merece Mais, formada por PPL/PSB, do candidato a prefeito Carlos Ramos conta com 20 candidatos ao Legislativo.
 
Também tem 20 candidatos à Câmara a coligação Renovação com Experiência, com PSDB/PPS, que apóia o candidato Zuca, do PSDB, a prefeito.
 
Como a Câmara terá 17 cadeiras a partir de 2013, a concorrência é de 14,3 candidatos por vaga. A grande pergunta do eleitorado e dos próprios candidatos é quantos votos são necessários para eleger um vereador. Depende muito do partido e de quantos votos válidos para vereador esse partido ou coligação fizer na soma de todos os seus candidatos.
 
A previsão é que ao final sobrem em torno de 75 mil votos válidos para vereador, tirando os brancos, os nulos e descontando as abstenções. Os 75mil votos, divididos por 17, o número de cadeiras, dá um quociente eleitoral de 4.411 votos. Assim, a cada 4.411 votos que o partido ou coligação fizer, elege um vereador entre os seus candidatos mais votados.
 
Supondo que uma coligação ou partido some 13 mil votos válidos entre todos os seus candidatos a vereador, ele elegeria três entre os seus mais votados. No caso de o quociente ser atingido com votações expressivas de alguns candidatos,enquanto outros tiveram poucos votos, esses que de destacaram serão os eleitos. Pode haver coligação em que ninguém dispare na votação, que haja um equilíbrio entre os postulantes. Assim, por exemplo, os mais votados dessa coligação poderia ter, cada um, mil votos, 900 votos, e seriam eleitos. Na outra coligação, com votações mais expressivas individualmente, seriam eleitos candidatos, com 1.500 votos, 2 mil votos e outros com 1.200, por exemplo, poderiam ficar de fora.
 

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados