terça, 21 de novembro de 2017
Início » Política » Kartódromo de Jaú é fechado também para as caminhadas

Kartódromo de Jaú é fechado também para as caminhadas

Gravatar
07/08/2012 às 08h38
Aviso credita fechamento ao promotor

Aviso credita fechamento ao promotor

 

O Kartódromo de Jaú está fechado, não só para a realização de competições de velocidade entre karts ou motos, mas também para aquelas pessoas que diariamente fazem caminhada pelo local. Quem chega ao portão do local encontra-o com cadeado e um cartaz afixado com o aviso “Kartódromo interditado pelo promotor”. O fechamento completo foi decisão da Associação Jauense Kart e Moto, ou KM Velocidade Jaú, não do promotor Jorge João Marques de Oliveira, que ingressou com ação civil pública para que fossem suspensas as atividades causadoras de poluição sonora, que são as provas de velocidade.
 
“Jamais pediria o fechamento do kartódromo para as caminhadas. Aliás, na minha ação está claro que sem as motos e karts as pessoas poderiam utilizar o local para caminhar também nos finais de semana, como já o fazem durante a semana. Para caminhada digo não só que pode, mas que deve ser utilizado aquele espaço”, falou o promotor do Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo da Comarca de Jaú.
 
Não foi a Prefeitura também quem fechou o espaço para caminhadas. Ontem, no final da tarde, após contatos com o secretário de Relações Institucionais, Celso Pacheco Filho, e de Esportes, João Carlos Coló, o Departamento de Comunicação divulgou uma nota explicativa. Conforme esta nota, “devido a Associação Kart e Moto estar na posse do imóvel, concedido pela lei municipal 4.569, de 23 de março de 2011, ela (associação) entendeu que deveria fechar os portões para manutenção do local, uma vez que as atividades para as quais o espaço foi criado estão suspensas por determinação do Ministério Público”.
 
Na sua inicial da ação civil pública o promotor Jorge Marques de Oliveira diz que é inconstitucional o artigo 19 da lei municipal 4.710, deste ano, que elevou de 60 para 90 decibeis o limite de ruído permitido na área do kartódromo. “A legislação municipal afronta o artigo 23 da Constituição Federal e os artigos 191 e 192 da Constituição Estadual”, diz o promotor.
 
Na ação, o representante do MP pede que sejam suspensas as atividades de treinos e competições de motos e karts, sob pena de multa; que a Prefeitura não autorize competições do gênero no local, o mesmo valendo para a associação. É fixada multa no valor de 100 salários mínimos para cada descumprimento da ordem judicial.
 

 

10 Comentários(Deixe o seu)

  • antonio

    ESSA CIDADE JA FOI BOA,ERA TÃO BOM IR LA VER AS MOTOS E OS CARROS,MAS FAZER O Q NÉ?? TANTA COISA PRA ESSE PROMOTOR FAZER RSRSRS

  • Welinton

    Sr. Promotor aqui no bairro Padre Augusto Sani se convive com uma enorme poluiçao sonoraporconta de vendedores bulantes que trabalhão de forma irregular.
    se o sr é responsavel pelo meio ambiente o bairro ta cheio de lixo e entulho, a prefeitura não tem uma maquina para limpar os terrenos que são de propriedade dela?
    porque aqui no bairro não tem horta comunitaria?

  • João Victor

    Para mim pareceu muito justo. Afinal trata-se de um kartódromo e não de uma pista para caminhadas.

  • josé ciquieira

    FAZER O QUE NÉ .....NADA

  • jose de faria

    Dr João e o carvãozinho,não esta na horade multar as usinas que compram e colhem a cana,e libera o kartodromo para nos

  • Octávio Welter

    A cidade já não tem nada, Julho Cultural não teve divulgação e incentivo, bandas de renome como blues the ville em horário inacessível dentre outras coisas, a cidade tem inúmeros carros de som passando em nossos bairros nos incomodando com propagandas eleitorais, promotor Jorge precisa lidar conforme a lei, mas quem denuncia são os moradores aos redores do kartódromo, reclamaram do julho cultural que colocou um evento no parque do rio jaú e que o som estava atrapalhando, fizeram até um abaixo-assinado enfim, são pessoas que não colaboram com o lazer e entretenimento na cidade, ficam dentro de suas casas e gostam de viver ao som de agua corrente e de passaros, se bobiar reclamam para desviar o rio pois faz muito barulho, deprimente!

  • Octávio Welter

    Quer tranquilidade compra um sítio e vai morar no meio do mato!
    Além de que, quem mora aos redores do Kartódromo sabe que ali é lugar de competição e barulho...
    Não duvido que invistam em outro Kartódromo pra cidade e a Saúde continue o lixo que está! Segurança pública então nem se fale... usuários de drogas na cidade aos montes... tráfico a luz do dia... e gente preocupado com decibeis de som... é aquela história! Enquanto não aconteça no quintal da pessoa não ligam! Quero ver esses nóias roubarem alguem, matarem... quero ver precisar da saúde pública... Acorda Jaú! Como tem gente alienada nessa cidade... é incrível!

  • francisco franco

    pq barulho, e os carros na madrugada fazendo competiçao de som no estacionamento do shoping, e ai pode?
    SALVE JAÚ

  • joao paulo

    As duas pastes estão erradas no meu conceito, poderia deixar como estava, a tantos e tantos anos, tanto para as pessoas realizarem suas caminhas e exercicios fisicos, pois fazer isso na rua nas imediações vc poderia correr o sério risco de alguem lhe passar por cima, pois o que mais tem naquela avenida é "mano" retardado correndo de CGzinha e carro fazendo desfile pra muierada, e nos fins de semana, realizarem as provas e treinos normalmente.
    Para que mexer numa "coisa" q ja esta certa a muito tempo???? ótima gestao do nosso prefeito e secretarias !!! aquilo é um espaço PUBLICO

  • GAS.

    Parabens ao promotor, agora,cabe a atual administração publica, que aprovou uma Lei, que da a posse de um bem público a uma entidade ou associação administrar.
    Mais uma da atual administração.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados