terça, 21 de novembro de 2017
Início » Política » PPS confirma aliança com PSDB 'com nó bem feito'

PPS confirma aliança com PSDB 'com nó bem feito'

Gravatar
30/06/2012 às 22h55

Galeria de Fotos

 

O PPS fez a sua convenção na noite de desta sábado no centro da cidade. Foi a ultima convenção realizada já que começou após as 20h do ultimo dia do prazo previsto na legislação eleitoral. Foi confirmada a coligação com o PSDB e a dobradinha com Luiz Fernando Bassan César, o Zuca, a prefeito, pelo PSDB, e o médico Jamil Buchalla, a vice, pelo PPS. Os dois partidos também estão coligados para a Câmara, com cinco candidatos a vereador pelo PPS e mais 20 pelo PSDB.
 
O candidato a prefeito Zuca estava na convenção do PPS e foi o primeiro a falar. “Vivemos uma semana nervosa e o dia de hoje também foi muito nervoso, começou. Ele referia-se a onda de boatos surgidos sobre possíveis alianças, especialmente do PSDB com o grupo do PV do prefeito Osvaldo Franceschi.  Neste sábado pela manhã, nas convenções do PV, DEM e PTB a fofoca que corria solta era que a convenção do PSDB da sexta-feira à noite não teve validade e que os tucanos se reuniriam com o PTB para firmar aliança com o grupo do prefeito. “Não existe nada disso. A única mudança que pode ocorrer é o ex-prefeito João Sanzovo Neto chegar de viagem e dizer que ele é o candidato a prefeito. Fora disso não há nada”, disse Antonio Aparecido Serra, coordenador regional do PSDB.
 
“Nosso programa de governo virá da população, dos seus anseios”, disse Zuca. Ele lembrou o ex-prefeito Sanzovo e agradeceu por ele ter dado a oportunidade “a um dos seus mais humildes assessores de ser candidato a prefeito”.
 
“Foi com muito orgulho que aceitei ser vice do Zuca do PSDB.. Tenho certeza da vitória. O PSDB em Jaú nunca perdeu uma eleição e na última fizemos 70% dos votos.Vamos ganhar novamente”, disse Jamil Buchalla. O candidato a vice disse que a administração que farão Zuca e ele, sendo eleitos, “terá pessoas da própria cidade. Não vamos trazer ninguém de fora”. A alusão deve-se ao fato de prefeitos do PT trazerem para as cidades onde governam pessoas da cúpula estadual ou nacional do partido. “Teremos todo o apoio do governador Geraldo Alckmin”, disse Buchalla.
 
O candidato a vice recomendou que seja feito um trabalho de formiguinha. “Vamos conversar com o povo, mostrar quem somos. Tenho certeza e a confiança Zuca de que você fará uma administração vitoriosa”.
 
Membro do PPS, o ex-secretário muncipal Eduardo Vasconcelos Romão, disse que será importante a vitória de Zuca. “A vontade de fazer acontecer que o Zuca tem é o que precisava. Vejo o trabalho que ele desenvolve no distrito de Potunduva, que está ganhando um santuário de Frei Galvão e ganhou recentemente um porto turístico. E se o senhor entrou, dr. Jamil, é porque é para vencer. Esta é uma campanha vencedora”.
 

O ex-secretário de Economia e Finanças, Antonio Dias de Jesus, secretário do PPS, disse que a aliança entre PSDB e PPS foi muito bem costurada. “A gente fez um nó bem feito e que dificilmente será desatado. Vemos que a dupla Zuca-Jamil vem tendo um bom acolhimento”, falou

 

2 Comentários(Deixe o seu)

  • Andre Martins

    Que dupla fraca meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Quem colocou o Jamil de vice, não bate bem da cabeça!!

  • JOSEP CADURA

    Na realidade, para o PSDB, o interessante não é a prefeitura e sim a Assembleia Legislativa. Portanto, se o Rafael Agostini for o vencedor no pleito municipal, fic a mais fácil para o ex-prefeito João conseguir a eleição para deputado estadual.
    Tudo jogo político.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados