quarta, 26 de junho de 2019
Início » Política » PSB, PC do B e PR formalizam aliança com Rafael Agostini (PT)

PSB, PC do B e PR formalizam aliança com Rafael Agostini (PT)

Gravatar
22/06/2012 às 19h26

Galeria de Fotos

J.H. Teixeira

 

O pré-candidato do PT a prefeito de Jaú, Rafael Agostini, formalizou no final da tarde desta sexta-feira (22) aliança política com mais três partidos: PSB, PC do B e PR. Agora são 13 agremiações que fazem parte da coalização de apoio ao candidato petista. O anúncio das novas alianças aconteceu em um escritório no 10º andar do Edificio Novo Mundo, no centro da cidade.
 
“Sempre estivemos abertos para conversar com partidos que queiram vir conosco. Queremos montar um programa de governo para a cidade e fazer proposta com pluralidade, consenso, pacificação, o que fez falta para a Jaú nos últimos anos”, disse Agostini.
 
O PSB já havia deixado claro que não teria novamente o empresário Orlando Fregolente candidato a prefeito, como em 2008. Conversou com outros grupos, como o PSDB do ex-prefeito João Sanzovo Neto; o PV, do prefeito Osvaldo Franceschi Junior e mesmo com o PPL, do pré-candidato Carlos Alexandra Ramos. Acabou optando pela aliança com o PT.
 
“De forma unânime os filiados decidiram vir com PT. O nosso objetivo é o Legislativo e para conseguir eleger vereadores chegou-se a conclusão de que o apoio ao candidati petista seria o melhor caminho. Consultamos também em São Paulo o deputado Márcio França que não se opôs e deixou-nos a vontade, disse Aldo Mazza, presidente do PSB em Jaú.  França é presidente estadual do partido.
 
Com 13 partidos na coalização, o pré-candidato petista a prefeito de Jaú disse que não haverá problemas em relação a governabilidade caso venha a ser eleito em outubro. “Todos os compromissos de coalização firmados o são de acordo com um tamanho de máquina, que deverá ser bastante reduzido, senão não se consegue fazer a reforma depois. É preciso saber o tamanho que  se pretende deixar a máquina para firmar os compromissos políticos e estabelecer critérios técnicos para eventuais nomeações. O grande erro do atual prefeito foi assumir fazendo acordos em cima de uma máquina com 19 ou 20 secretarias e depois não conseguiu diminuir essa máquina”, disse Agostini.
 
Rafael Agostini acredita que seja quem for o prefeito eleito em 7 de outubro, ele enfrentará dificuldades no primeiro ano de mandato. “Irá ter dificuldades com o próprio orçamento. Temos hoje uma divida liquida que supera R$ 60 milhões e que foi triplicada pela atual administração. Se o próximo prefeito, seja lá quem for, não começar pondo  a casa em ordem, não conseguirá cumprir as suas metas. O primeiro ano será bastante difícil e é desonesto o pré-candidato que não souber ser transparente quanto a isso para a população. Hoje o eleitor é bastante critico e ele sabe o que é possível e o que não é possível de ser feito”, ponderou o petista.
 
O PT marcou a sua convenção para este domingo, às 10h, no salão Realce Eventos. O PMDB fará convenção no mesmo horário, na rua Santa Terezinha. Do PMDB sairá o candidato a vice na chapa. “O PMDB vai indicar i vice  e vamos aceitar, com muito respeito. Não se constrói aliança fulanizando opções. Estamos construindo aliança em cima de projeto político e não em cima de nome de A ou B”, completa Agotini.
 
No anuncio da aliança com os três partidos estavam presentes também Orlando Fregolente, Hamilton Chaves e o ex-vice-prefeito Milton Lyra, do PSB; o presidente do PC do B, Silvio Félix, e o presidente do PR, Luiz Cano.
 
Fazem parte da coalização pró Rafael Agostini os partidos PT, PMDB, PR, PSB, PC do B, PP, PDT, PSC, PSD, PRB, PHS, PRP e PSL..Unidos na eleição majoritária, a coligação deverá ter a metade do tempo do horário eleitoral, em torno de 15 minutos. Para a Câmara, os partidos serão divididos em quatro coligações com mais de 100 candidatos a vereador.

 

4 Comentários(Deixe o seu)

  • Andre Martins

    Grande Coisa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Miguel jr Ribeiro

    Esses políticos sao patéticos, brigam igual cão e gato e depois ficam amigos de uma hora pra outra, tudo isso pra enganar os eleitores, mais na verdade o que eles querem é uma fatia do bolo. (dinheiro público) um abraço a todos.

  • joao donisete gonçalves

    estamos na luta por uma cidade digna de se habitar, onde o respeito a todos,realmente prevaleça.

  • maria margarida muzolon

    parabens pela vitoria tao esperada eu te peço que quando voce tomar posse que voce nos ajude com o processo de fundo de garantia que esta paradoe que eu muito preciso ja cansei de esperar e toda vez que eu ligo pra saber sempre me dao desculpas que nao convence por favor prefeito cuida disso ajuda a gente porque sao muitas pessoas esperando muito obrigada




Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados