quarta, 19 de junho de 2019
Início » Política » Prefeitura suspende leilão de veículos e terrenos

Prefeitura suspende leilão de veículos e terrenos

Gravatar
22/05/2012 às 08h13

 

O leilão de 60 veículos e 41 terrenos da Prefeitura de Jaú que aconteceria amanhã foi suspenso. Ontem à tarde, antes mesmo do início da sessão da Câmara onde a venda dos bens patrimoniais foi duramente criticada por vereadores, o Departamento de Licitação já anunciava a suspensão mas sem definir uma nova data para o pregão.
 
O edital relacionava para o leilão veículos que estavam sendo utilizados por agentes de trânsito, por exemplo, ou por fiscais municipais, sem previsão de que eles seriam substituídos. A venda das motocicletas desses setores deixaria os agentes a pé. Além disso, havia um veículo relacionado duas vezes ecom preços diferentes no edital. Uma Kombi, ano 1998, placa CPV 4470 aparece como o lote 44, pelo preço mínimo de R$ 3,2 mil e a mesma Kombi, com a mesma placa, está no,lote 56, por R$ 4,3 mil.
 
A informação dada pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura foi que o leilão está sendo cancelado para uma “readequação”. Assim , foram cancelados também os dois dias que os interessados teriam, que foi ontem e seria hoje para ver os bens a serem leiloados que estão depositados no Ceprom (Centro de Produção Municipal), da Secretaria de Serviços Municipais.
 
Na sessão da Câmara, os vereadores que ainda não tinham conhecimento da suspensão do leilão, fizeram duras críticas ao pregão. Os mais contundentes foram os vereadores Fernando Frederico de Almeida Junior (PMDB) e Carlos Alexandre Ramos (PPL).
 
Para o vereador Fernando Frederico, o leilão seria para cobrir rombos do caixa municipal. “A prestação de contas deixa clara a evolução da dívida do município”, disse. Tambem, segundo o vereador do PMDB, a venda dos lotes urbanizados não é permitida, de acordo com lei de 2007. Esta lei proíbe distribuição, sorteio ou entrega de lotes em ano eleitoral.
 
Já o vereador Carlos Ramos, diz que não há sentido em fazer o leilão de veículos sem nenhum anúncio de que a frota será renovada. “O leilão é equivocado e não resolve o problema. A cidade vai ficar com menos patrimônio do que já tem”, disse.
 

 

2 Comentários(Deixe o seu)

  • Thiago

    Isso é falta de planejamento e organização, dois dos princípios básicos de uma administração.

  • fred

    Eu acho um absurdo os vereadores serem contra o leilão dos veiculos porque não adianta o municipio ter uma frota sucateada com veiculos sem condição de uso , alguns com mais de 35 anos de uso é uma vergonha , o MUNICIPIO necessita ter a frota renovada veiculos novos que vai evitar gastos com manutenção em , os vereadores estão equivocados porque um patrimonio sucateado não atende as necessidades da população de JAÚ.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados