terça, 31 de março de 2020
Início » Geral » Centro de Conciliação e Cidadania será inaugurado dia 16

Centro de Conciliação e Cidadania será inaugurado dia 16

Gravatar
13/04/2012 às 13h12
J.H. Teixeira

 

A inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) será na próxima segunda-feira (16), às 15h, na rua Paulino Maciel, 142, ao lado da Igreja de São Sebastião. Ontem à tarde, a juíza da 1ª Vara Cível de Jaú, Paula Maria Castro Ribeiro Bressan, já atuava no novo órgão onde os funcionários recebiam treinamento. A nova unidade vai abrigar diversos serviços à população, como a conciliação de pendências cíveis, emissão de documentos e defesa do consumidor.
 
O evento contará com a presença dos juízes e promotores da Comarca, de prefeitos, vereadores e secretários municipais de Jaú e região e terá também a presença do coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Cidadania do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador José Carlos Ferreira Alves.
 
“A partir do dia 17 a população vai poder se valer de mais este serviço na cidade”, disse a juíza Paula Bressan. Ontem ela acompanhava a finalização do sistema de informática. “Ainda existe uma parte do prédio que está em reforma, onde vai ficar o Procon e a emissão de RG. Mas dentro de 15 a 20 dias tudo estará funcionando. A partir do dia 17 funcionam a conciliação e mediação, consulta ao Serasa, assistente social e psicóloga.  Os demais serviços serão agilizados dentro de um mês para outro”, falou a juíza coordenadora do CEJUSC local.
 
A juíza explicou que como o centro, além da conciliação e mediação tem que ter o atendimento de cidadania, optou-se por incluir o máximo de serviços que pudessem ser prestados para facilitar a vida da população. “Vamos emitir RG, CPF, Carteira de Trabalho, consultar o Serasa”, observou.
 
Quanto ao atendimento de conciliação e mediação, a juíza coordenadora esclarece que podem procurar o CEJUSC todas as pessoas que tenham um conflito para ser resolvido na área cível, “A população que se sentir lesada em qualquer sentido não precisa mais ingressar direto no Poder Judiciário. Trazendo para a gente a reclamação rapidamente vamos marcar audiência de conciliação, convidando a outra parte para que todos se sentem junto a um conciliador bem preparado e encontrem a solução. Pode ser pessoa jurídica ou física”.
 
O CEJUSC vai atender no mesmo horário de expediente do Fórum, das 9h às 19h, de segunda a sexta-feira.
 
A instalação do CEJUSC em Jaú contou com o apoio da Prefeitura, que alugou o imóvel, bem como com a iniciativa privada que providenciou a reforma do prédio e forneceu os equipamentos e mobiliário necessário.
 
Criado por iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania foi encampado pelo Tribunal de Justiça do Estado que pretende criar 298 unidades em todo o Estado de São Paulo, nas cidades onde o Judiciário tem duas ou mais varas.
 

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados