segunda, 30 de março de 2020
Início » Geral » Preso um que estourou caixa eletrônico em frente da Fundação

Preso um que estourou caixa eletrônico em frente da Fundação

Gravatar
13/04/2012 às 13h03

Galeria de Fotos

J.H. Teixeira

 

Um dos bandidos que estourou o caixa eletrônico do quiosque de auto-atendimento do Banco Santander, em frente da Fundação Educacional Dr. Raul Bauab, na madrugada de ontem, foi preso pela Polícia Militar. Os outros três, que ocupavam um veículo Corolla, de cor preta, fugiram. Todos são de Campinas e vieram a Jaú unicamente para roubar o caixa eletrônico da rua Tenente Navarro. Um dos foragidos está identificado e dos outros dois a polícia tem as características.
 
A ação dos marginais aconteceu por volta de 2h30. Usando dinamite, eles estouraram o caixa eletrônico do quiosque da praça em frente da Fundação Educacional. Só que não levaram nada. O delegado assistente da Seccional de Jaú, Edmundo Ciro Vidal, que elaborou a prisão em flagrante de Fabiano Borges Pereira, 21 anos, disse que ele falou que “deu tudo errado”.
 
O errado a que Pereira se refere é que o estrondo da explosão foi ouvido por policiais militares que faziam ronda nas imediações e que correram para o local. Não deu tempo de os bandidos recolherem o dinheiro. “Ficaram R$ 50 mil em notas de R$ 50 , de R$ 20 e de R$ 10 espalhados pelo chão. Esse dinheiro foi apreendido para ser devolvido ao banco”, disse Ciro Vidal.
 
Fabiano Borges Pereira estava com uma moto Honda Hornet 600 e foi detido pela Polícia Militar como suspeito, no contorno rodoviário de Jaú logo após a ação no caixa eletrônico. Foi levado ao plantão da Polícia Civil para averiguação. “Diante das muitas contradições em suas declarações, passou a ser suspeito do roubo. Ele acabou confessando que veio a Jaú com os três comparsas para roubar o caixa eletrônico”, falou o delegado Emundo Ciro Vidal.
 
Por conta desta ação e por haver suspeita de que os ladrões poderiam estar em Jaú e que iriam atacar outros caixas eletrônicos, foi reforçada a segurança no posto de atendimento bancário que funciona no saguão da Prefeitura de Jaú.
 
Ontem à tarde, um funcionário da empresa que presta assistência aos caixas eletrônicos do Santander estava no local e disse que aquele equipamento não tinha mais condições de uso. Ele procurava por sacos de pano vazios para acondicionar o lixo em que se transformou o aparelho.
 
Ciro Vidal disse que será pedida a prisão preventiva do integrante da quadrilha que já está identificado, além de as investigações prosseguirem para tentar prender os outros dois cujas características a Polícia já tem.
Por ser madrugada , sem movimento nas ruas, e por ter a Polícia Militar chegado rapidamente ao local, nenhum transeunte recolheu notas do dinheiro que se espalhou com a explosão do caixa eletrônico.

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados