sexta, 21 de fevereiro de 2020
Início » Geral » Motoristas acusam diretor do Samu de assédio moral

Motoristas acusam diretor do Samu de assédio moral

Gravatar
21/03/2012 às 07h57
J.H. Teixeira

 

Motoristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) procuraram o Sindicato dos Funcionários Municipais de Jaú e denunciaram que vem sendo vítimas de assédio moral por parte de sua chefia. O secretário de Saúde, Abdalla Atique, diz que tem conhecimento do caso e que existe outra versão, mas que encaminhou-o para a decisão do prefeito Osvaldo Franceschi Junior já que o diretor que estaria praticando assédio moral contra funcionários “ é nomeado em comissão e só o prefeito pode decidir o que será feito”.
 
A presidente do sindicato, Eliana Contarini, disse que recebeu dos motoristas do Samu queixas de que o diretor R.G., passou a assedia-los moralmente de forma sistemática ultimamente. “Antes eram casos esporádicos, mas agora se tornaram rotina. Isso aconteceu desde que o diretor queria descontar dos vencimentos dos motoristas o reparo num risco encontrado na pintura de uma ambulância. Nós entramos na questão e o secretário de Saúde deu a decisão de não descontar dos funcionários. A partir daí, o diretor passou a assediar os funcionários todos os dias, fazer ameaças e dizer que vão perder um prédio dado pelo sistema do Samu”, disse a sindicalista.
 
O secretário Abdalla Atique conta outra versão para o caso. “Dias atrás a chefia do Samu me procurou para dizer que dois funcionários estavam descumprindo algumas normas e não vinham trabalhando a contento. A chefia pedia a substituição desses funcionários. Depois, os funcionários foram ao sindicato denunciar a chefia. Eu tentei interceder e levei o caso para o prefeito resolver, já que o diretor é ocupante de cargo em comissão”, disse.
 
“Os funcionários não querem mais esse diretor no Samu. O ambiente ficou muito pesado”, disse Eliana Contarini. Ele fala que foi procurada no sindicato pelo diretor acusado de assédio moral, “que disse ser vítima de um complô”. Falou também que iria transferir para outros órgãos motoristas do Samu. “Adverti-o que se houvesse represália a algum funcionários nós tornaríamos público o fato, o que estamos fazendo agora”, completa a presidente do sindicato.
 
Os motoristas relatam vários casos de atitudes intempestivas do diretor. Num deles, um motorista estava de plantão no Samu e uma mulher caiu na rua, na calçada oposta. O motorista foi até lá para socorre-la. Foi advertido pelo diretor de que não deveria ter agido assim pois poderia perder o seu POP, um prêmio dado àqueles que cumprem o Procedimento Operacional Padrão do Samu.
 
Outra denúncia feita pelos funcionários e que Eliana Contarini disse ter levado ao prefeito Franceschi é que o diretor R.G. permanecesse pouco tempo no Samu, “cerca de duas horas por dia”. “Como ele pode dirigir um serviço de excelência como é o Samu se permanecesse no máximo duas horas na unidade?”, questiona a sindicalista. Segundo Contarini, o diretor chegou a dizer que seria desligado um motorista que foi ao sindicato queixar-se dele.
 
O diretor R.G. não foi localizado ontem no início da noite. O prefeito Franceschi também não atendeu ligação ao celular por volta das 18h45.
 

 

3 Comentários(Deixe o seu)

  • João Roberto de Castro

    Mais uma bomba para o Sr. Prefeito resolver, se ele deixar esse fato passar em branco, é mais um situação sem solução para alencarmos na lista de problemas que a prefeitura ignora, vamos lembrar: linguiça jogada no rio, queima de livros na biblioteca da prefeitura em Potunduva, sumiço de 163.000,00 da camâra, atos secretos, licitação da CLD, e assim vai...
    AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO!!!!!
    HÁ ESQUECI, o Samu tem funcinários que merecem respeito, pois são uns verdadeiros herois, por que já ouvi de funcionários de lá de dentro que tem ambulância até sem freio...pode uma coisa dessas

  • João de Francisco Saery

    Nossa que falta de respeito com esse pessoal do samu de jau ganha tão pouco arisca as vidas para salvar vidas e ainda são asediados moralmente isso é o fim mesmo eu acho que a equipe do samu começa pelo motorista que leva a equipe com rapides e segurança para o atendimento.

  • Assediados

    Conheça e faça parte o blog ?Assediados?.
    www.assediados.com
    Um espaço onde vítimas de assédio ou dano moral podem relatar suas histórias, compartilhar experiências, e buscar caminhos para tornar o ambiente de trabalho um espaço seguro, onde seres humanos sejam tratados com o respeito e a dignidade que merecem. Um espaço onde você encontrará informações atualizadas sobre Assédio Moral no trabalho.
    "Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados