quinta, 27 de fevereiro de 2020
Início » Geral » Associação quer desenvolver equoterapia no recinto da Expojaú

Associação quer desenvolver equoterapia no recinto da Expojaú

Gravatar
08/08/2010 às 15h42

Galeria de Fotos

J.H.Teixeira

A abertura do Expojaú 2010, na manhã de sábado (7) teve um clima comemorativo. Afinal, são 20 anos da Expojaú e a luta para que ela se tornasse realidade foi lembrada, bem como foram lembrados os pioneiros.

"A Expojaú atinge a sua maioridade. Agora temos uma estrutura de alto nível no que tange à segurança do público. Trouxemos o que há de melhor hoje para Jaú. A nossa feira ainda está engatinhando, comparada com outras que existem por aí, mas estamos fazendo o nosso papel. A gente depende muito, para fazer um evento como esse com portões abertos, da Prefeitura, nossa principal parceira. O prefeito tem nos atendido e a gente é muito grato por isso", disse João Sergio de Almeida Prado Filho, presidente da Associação Agropecuária da Região de Jaú.

O presidente da Associação Agropecuária pediu, em seu discurso, que a Prefeitura faça mais uma parceria com a entidade. Esta, seria para usar a infraestrutura do recinto o ano todo para a equoterapia. "Vamos dar esse cunho social a esse empreendimento. Temos condições plenas de instalar aqui a equoterapia e atender 50 a 60 crianças gratuitamente. Vamos fazer um convênio com o Governo Federal, com a Prefeitura, colocar aqui uma equipe multidisciplinar e fazer esse trabalho, que funciona, está comprovado, para as pessoas com dificuldades motoras", completou João Sergio.

Em seu discurso, o prefeito Osvaldo Franceschi Junior disse que assumia o compromisso de firmar esse convênio com a Associação Agropecuária e oferecer a equoterapia no recinto da Expojaú. "Vamos colocar em nosso orçamento esse convênio para que esse trabalho importante possa ser feito aqui", falou.

Na solenidade de abertura esteve presente José Cassiano Gomes dos Reis Junior, jauense, da Secretaria da Agricultura do Estado, representando o secretário João Sampaio.

Também falou o secretário municipal de Agricultura, Celso Pacheco Filho, destacando os 20 anos da Expojaú. "Agora, a cada ano está maior, tem maior representatividade. Quero cumprimentar aqui ao João Sergio e a todos os que trabalham pelo sucesso da Expojaú. Quero também agradecer ao prefeito Osvaldo Franceschi Junior pela confiança à minha secretaria e aos nossos parceiros", falou Celsinho Pacheco.

O que é a equoterapia?
É um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

Ela emprega o cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e educacionais.
Esta atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força, tônus muscular, flexibilidade, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilibrio.

A interação com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, o ato de montar e o manuseio final, desenvolve novas formas de socialização, autoconfiança e auto-estima.

A prática da equoterapia objetiva benefícios físicos, psíquicos, educacionais e sociais de pessoas com deficiências físicas ou mentais e/ou com necessidades especiais, e está indicada para os seguintes quadros clínicos:

  • Doenças genéticas, neurológicas, ortopédicas, musculares e clínico metabólicas;
  • Seqüelas de traumas e cirurgias;
  • Doenças mentais, distúrbios psicológicos e comportamentais;
  • Distúrbios de aprendizagem e linguagem; e
  • Outros.
     

João Sérgio fala na abertura. Ouça:

Prefeito Franceschi fala na Expojaú. Ouça:

 

Mais sobre: Expojaú, equoterapia

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados