terça, 31 de março de 2020
Início » Geral » Ruas que são 'pistas de corrida' podem ganhar redutores

Ruas que são 'pistas de corrida' podem ganhar redutores

Gravatar
28/10/2011 às 08h09
J.H. Teixeira
Altos da Sete de Setembro é um exemplo de excesso de velocidade

Altos da Sete de Setembro é um exemplo de excesso de velocidade

A secretária de Transportes e Trânsito, Silvia Melges, admitiu estudar a viabilidade de instalar redutores de velocidade em três importantes vias de Jaú, onde os moradores reclamam há tempo dos excessos cometidos pelos motoristas. São as ruas Rangel Pestana e Sete de Setembro, em seus trechos finais, e a rua Floriano Peixoto, entre a Amaral Gurgel e o rio Jaú.

No caso da rua Floriano Peixoto, a secretária disse que só poderá ser colocado um redutor de velocidade no final dela, bem perto da ponte sobre o rio Jaú. “Acima desse local não é possível porque a via apresenta uma declividade superior a 6% e o Código Brasileiro de Trânsito não permite a instalação de redutores do tipo lombada nessa situação”, explica. Recentemente a secretaria pinto no asfalto dessa rua a inscrição “Devagar” em dois locais, mas os motoristas não respeitam o alerta.

Quanto às ruas Rangel Pestana e Sete de Setembro, de pronto a secretária Silvia Melges descartou a instalação de lombadas eletrônicas nessas vias. Quanto a lombadas físicas, ela disse que é preciso fazer um estudo sobre a declividade, sobre o volume e a situação do tráfego nos dois locais.

Os pontos onde os moradores mais reclamam do excesso de velocidade são exatamente nos trechos ao lado do 27º Batalhão de Polícia Militar. De um lado está a rua Sete de Setembro, em declive, entrada da cidade; do outro, a Rangel Pestana, em aclive, saída. Dos dois lados é fácil constatar o excesso de velocidade em que trafegam os veículos.

Um morador da rua Sete de Setembro observou que por ficar em frente de uma área militar, essa via, bem como a Rangel Pestana, deveriam ter um tratamento especial. “Em frente ao Tiro de Guerra, também uma área militar, tem dois enormes redutores de velocidade. Dos dois lados do Batalhão de Polícia Militar os motoristas passam correndo que nem loucos”, disse.

Silvia Melges disse que a única lombada eletrônica prevista pela Secretaria de Transportes e Trânsito deverá ser instalada na rua Rangel Pestana mas no seu início. “Esse dispositivo deve ser colocado no primeiro quarteirão da Rangel, perto da ponte sobre o rio Jaú”, observa. A secretária rebateu críticas de que estaria se criando na cidade uma “indústria de multas”. “Isso não é verdade. Esses dispositivos eletrônicos têm se mostrado muito eficientes na redução dos índices de acidentes de trânsito”, coloca.

Para a secretária, o grande problema é o comportamento do motorista. “Está cada vez pior. Não é só em Jaú, mas em todo lugar. Cada vez mais os motoristas não respeitam as normas de trânsito. Ninguém liga para sinalização, para limite de velocidade”, disse.

No momento, mesmo que quisesse instalar lombadas físicas em alguns pontos da cidade, a secretária de Trânsito diz que isso não seria possível. “No momento, a Secretaria de Serviços Municipais, que é quem faz esse trabalho, está sem massa asfáltica”, conclui.
 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados