sábado, 22 de fevereiro de 2020
Início » Geral » HAC faz Fórum da Alegria em Saúde

HAC faz Fórum da Alegria em Saúde

Gravatar
11/05/2011 às 20h02
J.H. Teixeira
Ricardo Brandão, à direita, com os Remédicos.

Ricardo Brandão, à direita, com os Remédicos.

A Fundação Amaral Carvalho, mantenedora do Hospital Amaral Carvalho, promove neste sábado, em Jaú, no Teatro Municipal Elza Munerato, o 1º Fórum da Alegria em Saúde. O evento tem a participação importante do grupo Remédicos do Riso, voluntários que hoje são em número de 47 e levam alegria aos pacientes do próprio hospital.

O evento é aberto ao público em geral, gratuitamente, com início previsto para às 8h e encerramento no final da tarde, com os intervalos necessários para almoço e lanches. É também dirigido àquele que tem interesse em se tornar um "clown" (palhaço) e atuar no próprio Remédicos do Riso, do Amaral Carvalho, ou em outra instituição.

"São pessoas que se fantasiam de palhaço mas são os corações maiores que existem. A quinta turma foi formada em dezembro passado e eles estão preparados para levar alegria aos pacientes do Hospital Amaral Carvalho", disse o médico Ricardo Cesarino Brandão, presidente da Fundação Amaral Carvalho.

Brandão explicou que os Remédicos do Riso atuam em várias áreas. "Tem alguns que nem tem contato com os pacientes. Outros são contadores de estórias e tem os palhaços que vão direto aos pacientes. Eles fazem a maior animação, a ponto de as crianças chamarem para que voltem. Eles são recebidos com muita alegria e a gente tem notado que as pessoas passam bem por vários dias", falou.

Conforme o presidente da Fundação, "muitas pessoas procuram o grupo e querem fazer parte. Quando perguntados sobre o porquê de fazerem isso, respondem que se sentem muito bem. O nome surgiu como Remédicos do Riso porque eles têm um pouco de médicos e de remédio e já são conhecidos em todo o Brasil".
O trabalho veio dos Estados Unidos, conforme Brandão, através do Doutores da Alegria, mas eles não são voluntários, têm os seus salários. "Os nossos aqui não querem saber de salário, não. É uma terapia que eles fazem para eles mesmos", completou o presidente da Fundação Amaral Carvalho.

Em Jaú, no Amaral Carvalho, os Remédicos do Riuso estão presentes há 10 anos. O Fórum irá promover a discussão do processo de criação, atuação e interação do palhaço com o paciente e com a equipe de saúde. Além do conhecimento sobre o que é ser clown, o evento vai possibilitar também a aproximação com vários grupos existentes pelo Brasil; o incentivo ao trabalho voluntário, estímulo à espontaneidade, alegria e bom humor.

Mais sobre: Remédicos do Riso, HAC

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados