sábado, 23 de novembro de 2019
Início » Geral » Técnico de Enfermagem é morto a facadas em Itapuí

Técnico de Enfermagem é morto a facadas em Itapuí

O réu-confesso do crime foi preso por policiais militares na madrugada deste domingo (27) na Rodoviária de Jaú.

Gravatar
27/10/2019 às 09h09

A equipe Alfa da  Polícia Militar (cabos Cavalcanti e Olivieri)  prendeu por volta das 4h deste domingo, no Terminal  Rodoviário de Jaú, Marciano Cristiano Gonçalves, 32 anos,  reú confesso de um latrocínio que praticou  na madrugada deste sábado, em Itapuí.  A vítima foi o técnico em Enfermagem, Ednaldo Rodrigues , 40 anos. O crime ocorreu na residência da vítima, na rua 21 de Abril,  182, em Itapuí.

Após o crime,  Marciano Cristiano  fugiu levando a moto Honda NXR 250 do Ednaldo e passou a rodar  sem rumo.  Veio parar em Jaú  em busca de pontos de venda de drogas.  Acabou  preso na rodoviária e confessou o crime. Ainda estava vestindo uma camisa  suja de sangue.

Segundo o acusado,  ele e a vitima tiveram um relacionamento que, após terminar, começaram as brigas. . "Eu me defendi. Ele se armou com uma faca durante uma briga que tivemos. Eu também peguei uma faca e para não ser agredido eu o agredi", disse Marciano ao ser preso.

Na  rua 21 de abril,  local do latrocínio, existem duas casas no número 182, ambas de propriedade de Ednaldo Rodrigues, que morava na casa dos fundos e alugava o imóvel da frente. O inquilino  ouviu barulho e abriu a janela de seu quarto, quando avistou no corredor o Marciano Cristiano dando a partida  e fugindo com a  moto do Ednado. O vizinho saiu no corredor e com a lanterna do seu celular viu Ednaldo caído junto ao portão que separa as duas moradias,  banhado em sangue.

Chamada a Polícia , que entrou na casa dos fundos, constatou-se que a briga entre os dois começou dentro do imóvel. Havia marcas de sangue na cama e também na cozinha, o que leva a crer que após receber três   golpes de faca no pescoço Ednaldo saiu da casa, mas caiu morto no corredor, junto ao portão.

Logo ao ser abordado pelos policiais na rodoviária de Jaú, Marciano Gonçalves  assumiu de pronto a autoria o crime, alegando ter agido em legítima defesa. Não há, no entanto,  registro de um encontro de uma segunda faca na  casa onde ocorreu o latrocínio. Marciano Gonçalves foi preso em flagrante.

Mais sobre: latrocinio em Itapui

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados