quinta, 24 de outubro de 2019
Início » Geral » Quis comprar caminhão pela rede e perdeu R$ 21 mil

Quis comprar caminhão pela rede e perdeu R$ 21 mil

A vítima, após depositar mais de R$ 21 mil, entrou em contato com agência da montadora em Jaú e descobriu que havia caido num golpe.

Gravatar
22/09/2019 às 10h06

O Sérgio, 48 anos,  morador do Jardim Dona Emília, em Jaú,  queria comprar um caminhão para  trabalhar.  Viu num desses  sites de vendas online um veiculo que lhe interessou.  Entrou em contato com o vendedor, de nome  Gilberto, por um celular da área  019.  Gilberto lhe disse que aquele  caminhão já  havia sido vendido, mas que ele trabalhava para uma empresa que tinha parceria com uma montadora, e que lhe passaria o contato direto com o representante da montadora. Este representante seria um tal de José Carlos, com quem o Sérgio, de Jaú,  manteve contato.Este  José Carlos disse que havia adquirido um caminhão da própria montadora, com descontos, para um amigo seu, de nome George,  mas que este não tinha interesse em ficar com o veículo  e  o repassaria ao Sergio em condições especiais.  Para obter o tal veículo o Sergio teria que depositar R$ 21.653,00 na conta de George de Lima Silva, em agência da Caixa Federal, de São Bernardo do Campo, que teria sido o valor desembolsado pelo José Carlos  para a aquisição do veículo.  Mas tinha mais:  teria que depositar um cheque no valor de R$ 33.347,00   na conta da  montadora e assumir  17 parcelas de R$ 1 mil cada,  totalizando R$ 72 mil. Sérgio fez o depósito de R$ 21.653,00   e  foi informado depois que o outro valor, de R$ 33.347,00  não deveria ser depositado na conta da montadora, mas sim na de George de Lima e Silva.

Desconfiando que estava sendo vítima de um golpe, o Sergio, aqui de Jaú,   falou ao José  Carlos que queria  cancelar o negócio, pois não tinha mais  interesse no veiculo.  José  Carlos falou que  tudo bem e que o valor que havia depositado, de R$ 21.653,00  seria  estornado para a sua conta.  Não  voltou dinheiro nenhum  e  não  conseguiu mais falar com o tal  José  Carlos.  Sergio procurou, então, uma agência da tal montadora aqui em Jaú  e  foi informado que caiu num golpe,  do qual  várias outras pessoas já   foram vítimas.

 

ACESSÓRIOS DE VEICULOS ERAM TROCADOS COM DROGAS

Policiais de Barra Bonita receberam uma comunicação de quem num  bar da ruía Argemiri Ferreira estaria ocorrendo o tráfico de drogas.   Foram até o local e o dono não estava ali, mas estava uma mulher, que disse ter ficado tomando conta  do estabelecimento porque o dono precisou sair.  Fizeram uma vistoria no estabelecimento e  encontraram um pacote de cigarros produto de  descaminho,  via  Paraguai, três  porções de  um pó branco semelhante a cocaína, caixas de som, tampões de carros com os alto-falantes,   mais alto-falantes, três  aparelhos de som automotivos, uma  filmadora Panasonic  e  dois módulos amplificadores de som.   Tudo foi apreendido porque a informação era de que aqueles produtos  estavam ali porque  foram dados em pagamento para drogas vendidas pelo dono do bar.

 

 

 

COMPROU GLEBA E  AGORA NÃO CONSEGUE ESCRITURA

Ainda em 2016, José  Roberto Pizzighini, disse ter comprado uma gleba de mil metros quadrados (20x50 metros), no Sítio Nossa Senhora da Consolata, estrada da Anhumas.  Disse ter comprado o imóvel de um casal, de nomes Márcio e Simone,  tendo pago R$ 80 mil.  Durante todo esse tempo vem tentando passar a  gleba para o seu nome,  mas agora ficou sabendo pelo 1º  Cartório de Registro de Imoveis de Jaú que o terreno em questão não está em nome de Márcio e Simone, que foram os  vendedores, mas sim em nome de outras seis pessoas.  Foi na CPJ e  a queixa foi registrada como  estelionato.

 

SEPAROU E AGORA AMEAÇA MATAR A MULHER E TODOS DA CASA

 

O caso de ameaça foi registrado na CPJ, onde foi encaminhada por policiais militares, por Silmara Cristina  Batista, de 46 anos, moradora na rua Artur Felice, 63, na Olaria,  Distrito de Potunduva. Ela relatou que conviveu com  Genivaldo Pereira dos Santos, 43 anos,  por 24 anos  e eles têm  quatro  filhos. Faz três anos que estão separados e o Genivaldo  foi morar em Porteirinha,  Minas  Gerais. Agora, o Genivaldo mandou mensagem de voz pelo whtasapp da  filha mais velha do casal, a  Gisele, dizendo que voltará  para Jaú e que vai matar a Silmara e todos os que estiverem dentro da casa.  Ele  alega que é dono do imóvel e por isso quer   voltar.  Silmara representou contra Genivaldo e  solicitou medidas protetivas contra ele.

 

ARROMBARAM COFRE DE SUPERMERCADO E LEVARAM TUDO

Mediante escalada de um muro, ladrões  subiram no telhado, quebraram um vidro e  entraram na parte superior do Supermercado Fernandes, na rua Joaquim Medeiros, em Igaraçu do Tietê. Com o uso de uma furadeira conseguiram abrir o cofre, que fica no piso superior do estabelecimento  e  dali levaram todo o dinheiro. O valor ainda não foi contabilizado porque no cofre estava não só o dinheiro dessa loja, mas também de outras três  filiais de rede de supermercados. Por ter sido numa madrugada  de sábado, suspeita-se que os ladrões tenham levado muito   dinheiro.

 

AGREDIU MULHER E DESMAIOU BÊBADO  NA SALA

Policiais militares foram acionados para atender uma violência doméstica na rua Albino Rafani, 41, no Jardim Maria Luiza IV.  Quando lá chegaram, a  vítima da agressão, Silmara Roberta Pereira, de 31 anos,  já   havia sido socorrida pelo Samu ao Pronto Socorro da Santa  Casa. No local, os policiais encontraram o agressor, o Givanildo José Moreira  Nunes, de 34 anos, que estava desmaiado de bêbado deitado no chão da sala. Indagado, ele apenas soube dizer que ele e a  Silmara haviam se desentendido. Na Santa Casa, a Silmara contou que é amasiada com Givanildo  e  eles tem  três  filhos menores.  Que ele  bebe e sempre que chega em casa embriagado passa a agredi-la. E desta vez não foi diferente. Bateu na companheira com socos, pontapés e um cabo de madeira. Ela  teve que ficar internada devido aos ferimentos.  Givanildo foi preso em flagrante e vai passar por audiência de custódia porque não tinha os R$1.908,00 que foram estipulados como  fiança.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados