domingo, 20 de outubro de 2019
Início » Geral » Cinco passaram na fogueira

Cinco passaram na fogueira

Dos cinco, três sofreram queimaduras nos pés. Grande público esteve em Bocaina.

Gravatar
24/06/2019 às 18h23
Este  foi um que se queimou e saiu no meio da passagem.

Este foi um que se queimou e saiu no meio da passagem.

É  lugar comum, mas   tem que se repetir que mais uma vez  a  noite de São João,  ponto máximo da festa  do padroeiro de Bocaina,  foi um sucesso.  Mesmo num  domingo (23/6),   muita gente,incluindo pessoas da  região, esteve na praça da Matriz para prestigiar a  quermesse e ver à  noite a  passagem dos devotos sobre o braseiro da fogueira  sob as escadarias da igreja.  Como no ano passado,  também desta vez  cinco pessoas passaram pela fogueira, que pela primeira vez  teve a benção do padre Daniel Tezore,  novo pároco da cidade. O prefeito Marco Antonio Giro (Pipoca),  que  agradeceu a presença de todos e  também daqueles que colaboraram para o  sucesso da festa, disse que ela  continua até o dia 14 de julho e convidou as pessoas a  voltarem a participar dos  festejos. Pipoca  disse, ainda,  que  pelo terceiro  ano a  Prefeitura coloborou com a festa e vaio ajudar ainda mais no próximo ano.

A grande  noite festiva começou com ma  celebração da missa na Igreja Matriz, às 19h.  Depois,  na praça,  teve o levantamento do mastro e  o padre Daniel procedeu a benção do bolo, que foi vendido aos pedaços para o público  durante a  noite.

No palco da praça se apresentaram  Everton e Henrique, no esquenta,  e  depois a dupla Ulisses e Moisés.  Tudo estava   lotado. Não havia quase espaço para  caminhar. As barracas todas  muito concorridas, venderam de tudo,  de bebidas a  gostosos  quitutes, além dos pratos  típicos.

Perto da meia-noite era  grande a concentração em torno da fogueira, quando o padre Daniel  procedeu a benção do grande braseiro.

Mais uma vez e  pelo 12º  ano consecutivo,  Lucio Scarri  foi o primeiro a passar.  Disse ter  iniciado em  1998 a sua caminhada de fé e  vem todos os anos do Baixão da Serra (Três  Rios)  para passar na  fogueira, garantindo que nunca  queimou os  pés. Em seguida passou a nutricionista e  funcionária da Prefeitura de Boa  Esperança do Sul, Malu Cristina Granzoto, que alegou ter chamuscado as solas dos pés, “mas nada  grave”    e prometeu   voltar no próximo ano. O terceiro e os outros dois que passaram a seguir   tiveram queimaduras, sendo atendidos pelos paramédicos no local.

A festa  de Bocaina, que vai até  14 de julho,  terá  ainda muitas atrações, como o Leilão de  Gado, que acontece na manhã   do último dia, na rua   15 de  Novembro, ao  lado do  grande coreto da  praça.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados