quarta, 12 de dezembro de 2018
Início » Geral » Motorista embriagado mata pai e filho jauenses

Motorista embriagado mata pai e filho jauenses

Bêbado, com Parati, bateu contra "gaiola" onde estavam pai e filho.

Gravatar
12/08/2018 às 10h33

Numa colisão  frontal, por volta das 19h15 deste sábado,  pai e filho, de Jaú,  morreram  na  rodovia Jaú-Dois Córregos (Amaury Barroso de Souza).  Os dois estavam num veiculo tipo “gaiola” (aqueles construídos de forma artesanal para competições em trilhas),  e  trafegavam no sentido de Jaú.  Em sentido contrário vinha um veículo Parati, cujo motorista, que depois constatou-se estar completamente embriagado, tentou ultrapassagem em local proibido e bateu de frente com a “gaiola”.  Morreram no local  Joao Ricardo Griggio, 37 anos,  e seu filho João Pedro Griggio, de 12 anos, , que estavam na “gaiola”. O motorista da Parati, Valter Aparecido Saurin, natural de Rio Claro mas que reside  em Dois Córregos,  foi preso em flagrante. O teste do etilômetro constatou que ele apresentava 0,88 miligramas de álcool por litro de ar, quando o motorista passa a responder por crime quando esse índice ultrapassar 0,34 miligramas

 

JOVENS DEPREDAM  VIATURA QUE PRENDIA ACUSADO DE TRÁFICO

Foi  a maior confusão na região da praça da matriz de Itapuí na noite deste sábado. Os policiais Botura e Moreira estavam em patrulhamento pelo centro de Itapuí, por volta das 22h30 deste sábado e  ao lado da praça da matriz da cidade se concentrava um grupo de jovens.  Um deles, ao avistar os policiais, saiu correndo. Os dois PMs  foram atrás dele e o abordaram. O  jovem,  identificado depois como Natan,  ao ser revistado  tinha em seu poder 12 porções de maconha, separadas para a venda, um celular e R$ 78,00 em  dinheiro.  Entrou em luta corporal com os policiais.  Foi detido em flagrante sob a acusação de tráfico de entorpecente.  Colocado na viatura, passou a chuta-la, destruindo painéis de plástico da porta e das laterais do compartimento destinado a presos.  Os demais  jovens que estavam no local passaram a questionar a atitude dos policiais, jogando pedras, latas e garrafas contra eles e a viatura. Uma pedra acabou atingindo o policial Botura, que ficou ferido no rosto e teve que passar por atendimento médico.  Um dos  adolescentes, de nome  João Vitor, fez ameaça aos policiais, dizendo que eles não sabiam com quem estavam mexendo. Também foi abordado e conduzido ao plantão. Já Natan, por sua vez, disse que a droga era só para o seu consumo (12 porções),  que não agrediu os policiais mas sim que foi  agredido por estes, e que não  danificou a viatura. Foi preso em flagrante e vai passar por audiência de custódia.

 

MULHER  CAI EM CASA E MORRE NO HOSPITAL

Uma enfermeira da Santa Casa esteve no plantão da CPJ para comunicar a morte de Maria Conceição Ferreira Lazaro, de 79 anos.  A mulher estava internada no hospital desde o dia 4 último quando, segundo consta,  sofreu uma queda em sua própria casa, em Mineiros do Tetê.  Ela socorrida naquele dia, deu entrada no Pronto-Socorro em Jaú e dali foi para a UTI.  Agora, por volta das 11h30 deste sábado,  veio a óbito.

 

COLOMBIANO MORADOR EM JAÚ  ESTÁ DESAPARECIDO

A queixa do desaparecimento do marido  foi dada na CPJ pela esposa, Leidy Marilyn Ávila Garay, também colombiana.  Ela disse que o marido, o colombiano Oscar Javier Gonzales Molano, de 34 anos, esteve em casa para almoçar na sexta-feira , dia 10, e saiu para retornar ao trabalho numa fábrica de calçados localizada nos Altos da Colina.  E não voltou mais. Pelo que ela sabe, ao sair da fábrica no final do dia ele foi para a casa de um colega de trabalho e ali ficaram  bebendo cervejas. Quando  acabou a bebida na casa os dois foram até um bar na Vila Maria e continuaram a beber. Depois se despediram e foi cada um pro seu lado. O colega foi para a casa dele, mas o colombiano não voltou mais para a sua casa, na rua Sete de Setembro, 1.173. A mulher  procurou por todo lado, inclusive nos hospitais, mas não encontrou o marido.  Foi à  CPJ e registrou o desaparecimento.

 

ARRENDATÁRIO DE SITIO É  AUTUADO POR PORTE DE ARMA

Policiais ambientais de Barra Bonita estiveram no sítio São Francisco, no municípiode  Jaú, por conta de uma denúncia de maus tratos contra animais. No local, não constataram nenhum animal maltratado,   mas notaram a existência de um chiqueiro que foi construído em área de preservação ambiental permanente. O arrendatário do sítio disse que está ali há quatro anos e quando chegou o chiqueiro já existia naquele local e que ele não sabia tratar-se de área de preservação ambiental. Foi lavrada uma multa no valor de R$ 296,37 mas que foi convertida em advertência. Só que na casa do arrendatário do sítio os policiais encontraram uma espingarda calibre 12 com um cartucho integro e sete deflagrados. Ele foi autuado também por posse de arma de fogo.

 

MULHER É OFENDIDA POR JOVEM NA PORTA DE CASA

Siomara, 49 anos, que mora na rua Osvaldo Brizzi, contratou os serviços de um pedreiro para reforma na sua casa. O homem trabalha ali, no começo da tarde deste sábado, quando chegou o filho dele,  de nome Maikon, que começou a discutir com o pai. A Siomara  foi até o portão e pediu que parassem com aquele barraco em frente da sua casa.  Ai o Maikon passou a proferir ofensas contra a moradora e contrante de seu pai,  chamando-a de “loira vagabunda”, “desgraçada”, “lazarenta”, “biscate”.  Vizinhos apareceram por todo lado e a Siomara, logicamente,   ficou constrangida com aquilo tudo. Após  falar que iria chamar a Polícia, o Maikon  foi embora. Mas dali a meia hora voltou e passou a chutar o portão da casa da Siomara.  Ela foi ao plantão e deu queixa contra o filho do pedreiro.

 

DOIS JAUENSES FURTADOS NA EXPO-BAURU

Dois jauenses que foram assistir a shows realizados na Expo Bauru  acabaram sendo furtados naquele  evento.  A primeira vítima foi Douglas Rinaldo Rogério,  35 anos, que além do celular  Samsung Galaxy Duos Prime, teve furtada também a sua carteita com documentos e cartões de bancos, o que notou aos 30 minutos da madrugada de sexta-feira e comunicou a polícia às 9h27  do mesmo dia.

Outra vítima foi Diego Nunez  Garcia, 29 anos,  que por volta das 2h da madrugada de sábado utilizou o seu celular pela última vez e depois o colocou no bolso direito frontal da sua calça. Após  30 minutos, não mais encontrou o aparelho. Tentou ligar para o próprio telefone para ver se conseguia rastrea-lo mas ele já estava desligado. Trata-se de um aparelho Lenovo, modelo Vibe  K6, dua chip. O número do IMEI  foi fornecido à  Polícia pata o bloqueio do aparelho.

 

ROUBADO ENQUANTO FAZIA XIXI  NA RUA

Igor, de 33 anos, estava transitando com seu carro pela avenida Antonio Prado Lyra, atrás do Jaú Shopping, por volta das 5h30 da madrugada deste sábado, quando parou para urinar, já que o local estava ermo, não havia ninguém por ali.  Estava se aliviando junto a um poste quando chegou um individuo com uma moto modelo CG, apontou-lhe um revolver e levou a sua carteira e o telefone celular. Igor  ainda pegou o carro e  foi atrás, tentando localizar o ladrão, mas não o achou. Foi, então, à policia e prestou queixa.  Mediante rastreamento, os policiais conseguiram detectar que o celular estava no Jardim Padre Augusto Sani.  Foram ao local e abordaram um individuo que estava com o aparelho. Só que esteve negou que tivesse sido o autor do roubo contra o Igor, mas que o celular veio parar em sua mão porque entrou no bar um individuo que o trocou por droga (cocaína), que também não foi ele quem forneceu. Apenas deve ter comprado o aparelho por uma pechincha daquele que negociou a droga com o autor do roubo. A carteira não foi encontrada.

 

PEGO COM  DROGAS AGREDIU OS POLICIAIS

Em patrulhamento pela Vila Netinho, policiais militares passavam pela rua  João Alves, por volta das 22h53 da sexta-feira  quando avistaram três  indivíduos em atitude suspeita.  Um deles, depois identificado como Alisson, 21 anos,  saiu correndo  por um corredor que dá acesso a várias casas, tipo de um cortiço. Foi acompanhado pelos policiais e no trajeto jogou no chão um boné.  Dentro do boné, pego pelos PMs, estavam oito porções de cocaína, 11 porções  de maconha,  um celular e uma importância em dinheiro.  O Alisson continou correndo e foi ate sua casa, onde os policiais  o revistaram  e  encontaram mais 21 porções de crack, embaladas para a venda, outro celular e R$ 947 em dinheiro em notas diversas. Alisson resistiu a prisão, tentou agredir os policiais e foi preso o uso de força para dete-lo. Além disso, os PMs tiveram que afastar  os seus familiares, que também intervieram e tentavam impedir a prisão do jovem. Ele foi levado ao plantão e autuado em flagrante por tráfico.

 

AGREDIDA E INJURIADA PELA PRÓPRIO  TIO

Conforme a versão contata por Laura, 20 anos,  no plantão da CPJ,  ela  foi injuriada e agredida pelo tio, Kleberson, de 33 anos, na rua Sargento José Mathias, 421, Jardim Ibirapuera, por volta das 12h30 deste sábado.   Ela relatou que seu avô  faleceu faz uns 13 dias e que a avó  foi morar com uma tia numa cidade vizinha.  No sábado, ela  passava em frente da casa onde moravam os avós e parou o carro ali.  Disse que a casa estava trancada e ela ficou conversando com uma vizinha. De repente apareceu ali o seu tio Kleberson, que perguntou  o que ela estava falando dele para a vizinha. Laura disse que não falava nada do tio, mas este passou a agredi-la, chegando a empurra-la e derruba-la ao solo, causando-lhe lesão, além de dar um tapa nop seu rosto. O tio  também bradava  insultos contra a sobrinha, chamando-a de “sem-vergonha”, “vagabunda”.  Vizinhos se aglomeraram e a  Laura sentiu-se ofendida em sua honra. Dai esteve no plantão da CPJ denunciando o tio.

 

MOTORISTA EMBRIGADO BATE EM MOTO E FOGE

Por volta das 5h45  deste sábado, quando se dirigia para o trabalho,  o policial Cavalcanti deparou-se com uma moto caída e perto dela, o condutor também caído na rua, no cruzamento da avenida do Café com a rua Orozimbo Loureiro. Indagando o motociclista, após chamar socorro para ele, o policial soube que o motorista de um picape Montana que trafegava pela rua Orozimbo Loureiro não respeitou a parada obrigatória no cruzamento com a avenida do Café,  bateu  na moto e fugiu sem prestar socorro. O policial Cavalcanti foi atrás da picape e pouco depois a encontrou estacionada. Por segurança, decidiu fotografar  com seu celular a placa do veículo. Ai surgiu o condutor da Montana, totalmente alterado, embriagado, querendo saber porque o policial fotografava o seu veículo.  Foi lhe dada voz de prisão em flagrante.  Completamente alterado, não quis se submeter ao bafômetro e nem coletar sangue para exame de dosagem alcoólica.  A Montana foi liberada a um condutor habilitado. O seu motorista, João Pedro,  foi preso em flagrante e nem foi arbitrada fiança. O motociclista, Fernando, conforma  constatou-se depois no pronto-socorro da Santa Casa, teve fratura do fêmur da perna  direita.

 

MAIS UM FORAGIDO É  CAPTURADO

Policiais militares cumpriram mais um mandado de prisão.  Desta vez foi preso e  encaminhado à cadeia  pública de Barra Bonita o Carlos Eduardo Gregório Panifer, 19 anos. Contra ele há um mandado de prisão  pela 2ª Vara da Comarca de Jaú, com pena de um ano e oito meses de reclusão pelo artigo 33 da lei 11.343 (tráfico de drogas). Foi levado à cadeia.

 

MULHER É AMEAÇA E COBRADA PELO QUE DIZ NÃO DEVER

Vilani Maria  foi ao plantão da CPJ queixar-se que vem recebendo ligações  telefônicas  e ameaças de uma tal Ana Maria, que lhe cobra uma dívida que ela  desconhece.  Segundo Vilani, a  Ana Maria teve um relacionamento amoroso com o cunhado Gilmar, que faleceu. O dois filhos do Gilmar ficaram com a Vilani que acredita que esses  filhos é que podem ter algum débito com a Ana Maria, não ela. Falou também que um deles, o Lucas deixou sua casa e não sabe o paredeiro dele, mas que Jonas é especial e continua com ele sendo aluno da APAE de Jaú. Não aguentando mais as cobranças da Ana Maria, a quem diz nada dever,  Vilani procurou a Polícia e registrou queixa de ameaça.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2018. Todos os direitos reservados