domingo, 22 de julho de 2018
Início » Geral » Motorista embriagado causa colisão com três mortes

Motorista embriagado causa colisão com três mortes

Os três mortos e a criança ferida estavam numa Parati, placas de Torrinha, mas seriam moradores do distrito de Guarapuã.

Gravatar
06/05/2018 às 08h50

Galeria de Fotos

A Parati ficou destroçada na  colisão  frontal

A Parati ficou destroçada na colisão frontal

 

Três pessoas morreram, duas  no local e uma depois na Santa Casa de Jaú,  e  uma criança de cinco anos encontra-se ferida com gravidade no mesmo hospital resultado de uma colisão frontal entre dois veículos na vicinal que liga a rodovia Jaú-Brotas e  Dois Córregos na noite deste sábado, 5 de maio.  Conforme informações  da Polícia Rodoviária, o causador da tragédia, o motorista de um veículo GM Astra, com licença de Araraquara, estava embriagado.  Ele sofreu ferimentos leves  e  foi preso em  em flagrante. Os três mortos e a criança  ferida estava numa Parati, placas de Torrinha, mas  seriam moradores do distrito de Guarapuã, município de Dois Córregos.

Ainda, conforme a  Polícia Rodoviária, o motorista do Astra, Robson Struziato, de 38 anos, que seria morador de Araraquara,  ziguezagueava pela pista da vicinal  Fernando de Oliveira Simões, bem próximo da rodovia Jaú-Brotas, quando colidiu frontalmente com a Parati, que era dirigida por Jonathan Henrique da Silva Gonçalves, de 23 anos. Além do motorista deste veículo morreu no local a passageira do banco da frente, Samara Faria de Jesus Alegre, de 24 anos,  sua namorada.  Foram socorridas à Santa Casa de Jaú os outros dois ocupantes da Pàrati, Ruan Victor Prado, de 19 anos, primo de Samara,  e a criança Breno Miguel de Jesus Camargo, de cinco anos,  filho de Sanara,  que estava numa  cadeirinha no banco traseiro, ao lado de Ruan.   Na madrugada , Ruan Prado  não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O menino de cinco anos continua  internado,  em estado grave.

O Corpo de Bombeiros  esteve no local para retirar as vítimas das ferragens da Parati que ficou destruída na colisão. Também  atuaram as  polícias  Civil e Militar de Dois Córregos  e a  Polícia  Rodoviária.

MOÇAS PRESAS  POR TRÁFICO DE DROGAS

Os policiais Ector e Deilton quando em patrulhamento com motos pela rua Gavino Ferrari, por volta das 19h desta sexta-feira, depararam com duas moças ocupando um veículo  Gol e  que se mostraram assustadas com a proximidade dos policiais.  Contra as duas os policiais tinham conhecimento de denúncia pelo tráfico de drogas.  Ordenado que o veículo parasse  e  as duas desembarcassem, os  policiais notaram sacolas plásticas no  assoalho do carro.  No bolso de  uma delas,  depois identificada como Jenifer, foram encontrados  R$ 65,00. NO carro, nas sacolas estavam  107 pinos de cocaína, dois pedaços de tijolos de maconha  e  porções  fragmentadas da mesma droga., além de uma balança de precisão e 152  frascos, do tipo eppendorf, usado para acondiconar as porções de drogas.  Jenifer assumiu que as drogas eram dela  e que estava realmente vendendo os entorpecentes.  A outra moça, a Patrícia, começou a  chorar.  Ambas foram levadas ao plantão a CPJ e autuadas em flagrante por tráfico.  Vão passar  por audiência de custódia.

 

CAIU DA MOTO E TEVE VEÍCULO FURTADO

Rafael dos  Santos, 23 anos, deu entrada no Pronto Socorro da Santa Casa por volta de 1h30 da madrugada de sexta-feira com pequenas escoriações. Relatou que trafegava com sua moto pela avenida Joaquim Ferraz de Almeida Prado, próximo do número 1.280, no Cila Bauab, quando devido a pedrinhas na pista, o veículo  derrapou e ele  caiu. Foi socorrido e a moto ficou no local  da  queda. Por volta de 3h,  já medicado, ao retornar ao local do acidente  viu que haviam furtado a sua moto.  Foi à  CPJ e deu queixa.

 

DEU O MAIOR BARRACO

A menor E.O.M.,  de 16 anos, estudante, compareceu no plantão da CPJ  contando que mantém um relacionamento com um tal de Lucas, de 25 anos,  mas que sua mãe  nçao aceita essa união.   Contou que por volta das 18h do último dia 2, a  sua mãe  foi até a sua casa e a ameaçou.  Além das ameaças, recebeu inúmeros xingamentos.  Entrou na encrenca  também a ex-mulher do  Lucas,  a  Mirtes, que prometeu  furar de faca a  menor  e que não tem medo de cadeia.  Vítima foi orientada a representar contra a própria  mãe  e  contra a outra que a ameaçou.  O caso, registrado como injúria, aconteceu na rua Nelson Ferraz de Almeida Prado, 139, no Jardim Padre Augusto Sani, mas só foi registrado no plantão da CPJ às 11h28 da última sexta-feira, dia 4.

 

INCÊNDIO EM  CANAVIAL

O representante da empresa Raízen, Douglas Vitorino dos Santos,  esteve no plantão da CPJ para denunciar um incêndio criminoso contra canaviais arrendados pela empresa em sete  fazendas.  Segundo ele, foram queimados 305 hectares de cana, aproximadamente 21 mil toneladas, que tinham colheita prevista para setembro.  As canas queimadas estavam plantadas nas  fazendas  Novo Horizonte, São  José II,  Bom Jardim, Barra Mansa, Santana,  Santa Tereza e Três Lagoas.  No combate ao incêndio foram utilizadas 20 pessoas  e  sete caminhões pipas  e  que  o fogo se estendeu por  10 horas, desde  às 10h da manhã  até  por volta das 20h  do  dia 3  último.  O comunicado foi dado à polícia nesta sexta-feira, dia 4,  por volta de 11h50.

 

FURTO DE  CELULAR

José Ferreira da Silva, morador na rua Benjamin Maróstica, no Pires de Campos II,  deixou o seu telefone  celular dentro de sua casa, na tarde da última sexta-feira.  De repente, o aparelhp, da marca Motorola, modelo G5 Platinum, sumiu.   Ele relatou que no endereço funciona um salão de cabeleireira  feminino e que clientes desse  salao  tem que passar por dentro da casa para ir ao banheiro. Então, suas suspeitas são de que uma “cliente”  do salão teria metido a  mão no seu celular. Ele tem o número do IMEI e pediu o bloqueio do aparelho.

 

FURTOS EM FEIRA AGROPECUÁRIA

Pelo menos três  registros de furtos de celular, de pessoas de Jaú,  foram registrados na CPJ,  ocorridos na Facilpa, uma feira agropecuária que acontece em Lençõis Paulista. As vítimas,  moças que estavam assistindo a  shows ali  no recinto, e que deixam o aparelho no bolso de trâs da calça,  de repente notaram que o telefone móvel  havia sumido. Uma delas, de nome Samira, agiu e  conseguiu identificar o autor do furto ou, pelo menos, aquele que está de posse de seu aparelho.  Adquiriu um novo chip  com o mesmo número da linha que  possuía e  colocou-o em outro aparelho.   A partir daí, fe um cadastro no fabricante do aparelho  e descobriu que seu  telefone estava em uso  com um chip da linha (14) 99616-3726.  Adicionou esse número no Whatsapp   e viu a foto  de quem está com seu  celular. Entregou  foto e mensagem do fabricante do aparelho à  Polícia.  O usuário do aparelho furtado agora deve ser localizado.

 

REAGIU E PÔS  TRÊS  LADRÕES PARA CORRER

O Gilmar,  39 anos, calçadista,  caminhava para o trabalho pela rua Comandante João Ribeiro de Barros, por volta de 4h15  da madrugada de sexta-feira  quando foi abordado por três indivíduos. Um deles estava  armado com uma faca. Mediante ameaça, os três  pediram que ele entregasse o  telefone celular  e dinheiro. Em vez disso a vítima reagiu e entrou em luta corporal com os três.  Gilmar pôs os três  para correr sem que eles levessem nada. A vítima, no entanto,  sofreu ferimentos em seu braço esquerdo, ao rebater  golpe de faca,  bem como teve seu óculos de grau danificado.

 

FILHOTES  CAUSAM  DESENTENDIMENTO ENTRE VIZINHOS

Uma ocorrência inédita.  Vizinhos acabaram se desetendendo e o caso foi parar na Central da Polícia Judiciária, por causa de filhotes de cachorro.  Como vítima aparece a  dona Claudia, do Residencial  Frei Galvão.  Ela relatou na CPJ que tem uma cadelinha da  raça Lhasa Apso  e que, mediante consentimento dos vizinhos de fundo, colocou-a para cruzar com o cãozinho deles. O acordo foi que após o nascimento de  filhotes, um  ficaria para os vizinhos,  os outros seriam dela.  Só que nasceram  três filhotes e Claudia disse que os vizinhos ficaram com todos para eles, inclusive com a cadela  dela, a mãe da ninhada.  Isso teria ocorrido nos dias 25 e 26 de abril último.  Depois os vizinhos devolveram a cadela, mas continuaram em posse dos três   filhotes. Neste dia 5 ela   foi questionar sobre o não cumprimento do acordo e pediu a devolução de dois filhotes, mas não foi atendida.  A autoridade de plantão determinou a elaboração do Boletim de Ocorrência por exercício arbitrário das próprias razões, já que o acordo verbal pré-estabelecido não foi cumprido.

 

MAIS UMA BRIGA NAS  REDES SOCIAIS

O  caso foi classificado como de “injúria”  tendo como vítima a  estudante Maria Tereza, de 19 anos.  Ela relatou na CPJ e exibiu cópia imprensa da conversa mantida, de que foi ofendida pela rede Facebook por um indíviduo que tem o perfil de “Nando”. A vítima disse estar  grávida e conversar  girou em torno da paternidade da criança. Só que nesse bate-papo o tal “Nando” a teria chamado de “cachorra” e insinuado que ela  está enganando o seu atual namorado, dizendo que o filho que espera é dele.   Maria Tereza  foi orientada  sobre o prazo para representar contra o tal de Nando, desde que identifique corretamente a autoria das ofensas.

 

MAIS UM PRESO POR TRÁFICO

Em ronda pela rua Maria Helena  Contador de Campos  Mello, no Jardim Padre Augusto Sani, os policiais Everton e  Bruno perceberam quando numa aglomeração ali, um local conhecido como ponto de venda de drogas, um individuo passava o que seria uma porção de drogas para um transeunte.  Por conta do grande número de pessoas no local decidiram não fazer a  abordagem naquele momento.  Chamaram  o apoio de outra  viatura e ai sim, retornando ao local, abordaram o individuo suspeito. Este  confirmou  estar  vendendo  drogas e apontou onde havia mais entorpecentes na sua casa. De fato, sobre um armário da cozinha os policiais apreenderam mais drogas e  R$ 170,00 em  dinheiro.  Foram apreendidos  21 gramas de crack e   57 gramas  de cocaína,  além do  dinheiro e de um celular Samsung Duos.  Ao individuo,  de 30 anos , desempregado,  foi dada voz de prisão em flagrante por tráfico e agora ele  vai passar por audiência de custódia.

 

BATEU EM CARRO EM FRENTE AO VELÓRIO

Uma senhora estava com seu veículo  Ford KA  estacionado regularmente na avenida  Frederico Ozanan, nas imediações do Velório Municipal, pois estava ela num velório que ali acontecia, na noite deste sábado, por volta de 21h.  De repente  vieram lhe avisar que seu carro havia sido atingido na via por outro veiculo.  De fato,  o seu KA  fora atingido  na traseira por um Fiat Uno, placas BUO 5915, cujo condutor constatou-se estava visivelmente embriagado.  No exame de bafômetro o índice registrado foi de 1,45 miligrama de álcool  por litro de ar, ou seja, bem acima do limite.  O motorista do Uno foi levado à  CPJ e  fixada a  fiança em R$ 1.000,00.  Como ele não tinha o dinheiro para pagar, ficou  detido  e  será  apresentado para audiência de custódia.

 

DANIFICOU MOTO E  FUGIU

Bianca  Barbosa de Lima, de 20 anos,  deixou a  sua moto  Honda 160 Titan,  2016, branca, estacionada na rua Lourenço Prado,  defronte ao número 415, na noite deste sábado. Por volta de 21h, ao retornar ao local para sair com o veículo  viu que a moto estava  tombada, com danos no farol, na seta, na carenagem  e no espelho do lado esquerdo.  O prejuízo todo teria sido causado por um motorista que foi manobrar para sair ou entrar na vaga de estacionamento  e que derrubou a moto e foi embora, sem ser identificado.  Talvez,  cametas de lojas ou empresas nas imediações possam identificar o autor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2018. Todos os direitos reservados