segunda, 10 de dezembro de 2018
Início » Geral » Homem furta moto, bate em muro e morre

Homem furta moto, bate em muro e morre

A moto foi furtada de funcionária da Santa Casa e o acidente aconteceu na avenida Frederico Ozanan.

Gravatar
18/03/2018 às 09h15

Após furtar uma motocicleta, que estava estacionada nas imediações da Santa Casa de Jaú,  homem foge em alta velocidade e bate contra muro, morrendo no hospital. Tudo começou às 11h30 deste sábado (17/3)  quando os policiais militares cabo William e soldado Castilho foram acionados pelo Copom para atender a um acidente de trânsito na avenida Frederico Ozanan, na rotatória em frente ao cemitério municipal. No local, constataram que estava uma moto com a frente bastante danificada que, apurou-se depois, havia colidido contra o muro da antiga Companhia Jauense Industrial. O condutor desta moto  já havia sido socorrido pelo Samu ao Pronto Socorro da Santa Casa.

Na sequência, os policiais foram informados por um dos atendentes do Samu que a moto estava com uma chave falsa na ignição, o que levava a deduzir tratar-se de veículo furtado. Descobriu-se, então, que a moto pertencia a Claudiana do Nascimento, atendente de enfermagem da Santa Casa, que a deixara estacionada na rua José Lúcio de Carvalho, ao lado do hospital, e que ao sair do trabalho não mais a encontrou. Trata-se de uma moto Honda, CG Titan KS 150, placa DVY 3682-Dois Córregos, ano 2007.

No plantão da CPJ, o delegado  determinou a prisão em flagrante do autor do furto, identificado no hospital como sendo Marcelo de Oliveira, de 36 anos. Como ele estava hospitalizado, assim que recebesse alta seria preso.  Antes da lavratura do auto de prisão em flagrante  veio a informação da Santa Casa que Marcelo não resistiu aos ferimentos recebidos na cabeça e no tórax e  veio a óbito. Ele teve traumatismo crânio-encefálico e traumatismo toráxico. Diante disso, extinguiu-se a punibilidade. A moto, danificada,  foi devolvida à sua proprietária.

DANIFICOU VEÍCULO DO EX-COMPANHEIRO

O fato aconteceu por volta das 11h deste sábado(17/3) mas foi comunicado à Polícia às 15h11 do mesmo dia.  Odair  Donizete  Viegas, de 36 anos,  relatou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) que teve um relacionamento de curta duração com Gisele de Campos. Contou que inconformada com o fim da relação, ela  passou a espalhar o boato de que ele teria estuprado a sua filha. Na manhã deste sábado Gisele, com mais quatro homens, ameaçaram o Odair. Não bastassem as ameaças, ainda danificaram a Kombi de sua propriedade, quebrando todos os vidros. Ele registrou a queixa de dano e de ameaça.

FURTO

O furto teria ocorrido no dia 7 de março  último mas só neste dia 17, às 14h50, a vítima prestou queixa na CPJ. Andréa Maria Viva, moradora da rua João Manoel Caseiro, 21,  na Vila Santo Ivo, relatou que furtaram do lado externo de sua casa quatro torneiras e o relógio medidor do consumo de energia elétrica.

CAPTURA DE PROCURADO

Josevaldo Cordeiro Alves, 35 anos, natural de Itaíba, Pernambuco,  foi condenado a prisão pela 1ª Vara da Comarca de Dois Córregos por crime de ameaça. Ele estava em Jaú, pela rua  Riachuelo, 1.001, quando foi detido por policiais militares e apresentado à CPJ. Foi cientificado da condenação e posto em liberdade, sendo orientado a procurar o Fórum de Dois Córregos.

FURTO EM EMPRESA

A proprietária de uma empresa na rua Adílio Santo, 1.100, no Jardim Conde do Pinhal II, foi vítima de furto em seu estabelecimento. O furto teria ocorrido  entre os dias 15 a 17 deste mês, em hora incerta. Ela relatou que esteve em viagem desde o dia 15 e retornou na madrugada deste sábado (17). Foi quando se deu conta de que o portão e uma porta do escritório de sua empresa haviam sido arrombados. Dali os ladrões levaram uma máquina de pesponto de calçados,  dois computadores, sendo um Samsung e outro Lenovo, com CPU e monitor, e uma CPU central, que era utilizada como  servidor dos demais equipamentos. Além de tudo, ela ficou sem os dados de sua empresa que estavam armazenados nos computadores.

MORADOR DE RUA LEVA FACADA

Alex Pio Gaspar Caldas, 24 anos, morador de rua, se envolveu em uma briga com um desconhecido, na rua Marechal Bittencourt, 859, por volta das 4h15 deste sábado. O desconhecido, armado com uma faca, acabou atingido Alex com um golpe no lado esquerdo do tórax. Ele foi socorrido pela unidade do Samu e levado à Santa Casa  onde permaneceu internado. O agressor fugiu sem ser identificado.

MULHER TENTA O SUICÍDIO COM COMPRIMIDOS

O cabo Wellington e o soldado César  foram acionados ao Pronto Socorro da Santa Casa onde estava internada M.B.M.R.F., de 56 anos, que tentara  dar fim à própria vida.  Ela relatou aos policiais que está passando por vários problemas de saúde e ainda terá que se submeter a  uma cirurgia. Por tudo isso  resolveu dar cabo à própria vida ingerindo várias cartelas de medicamentos como Diazepan e Captopril.  Permaneceu internada em observação.

AGREDIDO POR DESCONHECIDO

Gilmar Barbosa dos  Reis, 43 anos, solteiro,  estava pela rua Antonio Capinzaik, próximo ao número 111, no Bairro de Santo Antonio, quando se envolveu numa briga com um desconhecido. Ele levou a pior e com lesões na cabeça e no rosto foi levado ao Pronto Socorro da Santa Casa. Os policiais militares que foram acionados para comparecer ao hospital disseram que a vítima estava impossibilitada de prestar esclarecimentos porque se apresentava em estado de embriaguez.. Gilmar permaneceu internado e foi requisitado exame pelo IML.

MULHER NEGA SEXO E CASAL BRIGA

O fato aconteceu na rua João Botter, na Vila Netinho, na manhã deste sábado, por volta de 7h, mas foi comunicado à polícia por volta de 10h13. A T.C.R.H., de 21 anos, contou que conviveu  por três anos com M.M.S.,  de 20 anos, e desse relacionamento eles tem uma filha, agora com cinco meses de idade. Há uma semana eles se separaram e ela  foi morar com um irmão. Só que na noite de sexta-feira o casal se encontrou, beberam juntos e a mulher acabou pernoitando na casa do ex-companheiro. Pela manhã, quando acordou, ele queria manter relação sexual com ela, no que a mulher recusou.  Ele ficou furioso e passou a agredi-la. Ele pegou o primeiro objeto que viu na frente, que foi um espelho, e arremessou contra ele. Abos saíram feridos.  Ele teve um pequeno ferimento na perna direita e ela, no pescoço. Os dois foram orientados a representar um contra o outro, no prazo de seis meses.

INQUILINO SAI DA CASA MAS LEVA PERTENCES DO LOCADOR

R. S. G., de 62 anos,  da rua Júlio Antonio de Matos, no Jardim Maria Luiza IV, relatou na CPJ que alugou há um ano uma casa para T.H.S.M.,  com a condição de que este desocupasse o imóvel neste sábado (17). Na noite de sexta-feira o inquilino já começou a fazer a mudança, o que terminou por volta de uma hora da madrugada de sábado. Após a sua saída da casa o proprietário constatou que o ex-inquilino havia levado um televisor de tubo de 14 polegadas, um espelho de parede de 1,5 por 1 metro e uma vassoura de pelo, que são de sua propriedade. O dono da casa não sabe para onde o inquilino foi, só que mudança foi levada por um caminhão de placas FCA-5696. Certamente  levantando-se a propriedade do veículo será possível saber para onde o motorista levou a mudança.

IDOSOS SERIAM MALTRATADOS EM CLINICA DE REPOUSO

A cozinheira P.R.S., de 32 anos, compareceu n o plantão de polícia relatando que  trabalhou por 10 dias numa clínica de repouso para idosos na rua Governador Armando Salles e que deixou o emprego porque não havia o que cozinhar para os internos. Falou que a alimentação do local é bastante restrita e que os idosos são alimentados com leite misturado com água, para aumentar o volume, e com uma sopa muito rala, para “enganar” a  fome. Relatou também que os idosos são agredidos com tapas, puxões de cabelos, empurrões e unhadas por uma funcionária do local. A autoridade de plantão determinou que os setores sociais competentes sejam acionados.

MULHER DIZ TER SIDO DIFAMADA PUBLICAMENTE PELO MARIDO

O fato registrado pela vítima teria ocorrido na manhã de quinta-feira passada mas foi comunicado à  Polícia na manhã de sexta-feira. R.C.S.P., de 51 anos,  relatou na CPJ que está em processo de separação judicial de seu marido, J.C.P, de 61 anos, mas que ambos continuam vivendo sob o mesmo teto. O marido trabalha numa  casa comercial da rua Marechal Deodoro, que é de propriedade da família. Na quinta-feira ela foi até o estabelecimento para buscar alguns alimentos  porque disse que o marido não tem comprado o suficiente para o susteno da família e que ela, por problemas de saúde, não pode trabalhar. Quando um funcionário da casa comercial estava para atende-la o marido veio ao seu encontro e em altos brados, tendo outras pessoas no local, passou a xingar a mulher de tudo quanto é nome, impublicáveis, dizendo ainda que vai tomar a casa dela. A mulher foi orientada sobre os seus direitos e as medidas protetivas.

EX-SOGRA É AGREDIDA PELA EX-NORA

Mais uma vez  policiais militares foram acionados  ao Pronto Socorro da Santa Casa onde estava sendo atendida uma mulher vítima de agressão. A vítima, I.F.B., de 45 anos, disse ter ido à casa de sua ex-nora, A.C.S.C.,  para ver o seu neto. Ali, a ex-nora passou a cobrá-la sobre o pagamento de pensão  alimentícia. Ela disse que seu filho,  pai da criança, está  preso e ela não tem dinheiro  para pagar pensão. A ex-nora, dizendo que iria resolver essa situação, afastou-se por um momento. Quando voltou à frente da ex-sogra estava munida de uma barra de ferro, com a qual agrediu na cabeça a mãe de seu ex-marido. O fato aconteceu na rua Antonio José Paleari, no Residencial Bernardi., por volta das 19h30 deste sábado. Após ser agredida, a ex-sogra se atracou em luta corporal com a ex-nora e a briga foi apartada por populares. A ex-sogra teve que passar pela Santa Casa

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2018. Todos os direitos reservados