quinta, 27 de fevereiro de 2020
Início » Geral » Projeto de acessibilidade de Jaú será mostrado no Fantástico

Projeto de acessibilidade de Jaú será mostrado no Fantástico

Gravatar
11/12/2010 às 08h38

No próximo dia 13 será comemorado em todo o Brasil, o Dia do Deficiente Visual. Para destacar os avanços em acessibilidade, a edição deste domingo (12), do programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, vai exibir uma matéria com o aparelho DPS2000, do qual Jaú foi pioneira na utilização, instalando o dispositivo em 100% da frota de ônibus da cidade.

Na quarta-feira (8) a repórter Flávia Cintra, 37, que há 18 anos sofreu um acidente automobilístico e ficou tetraplégica, entrevistou os responsáveis por essa conquista, o prefeito Osvaldo Franceschi Júnior e a primeira-dama e Secretária dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos de Jaú, Caroline de Toledo Franceschi. A entrevista foi realizada no Terminal Urbano de Ônibus.

O contrato com a empresa Geraes foi assinado em junho último.  Desde então, a empresa de ônibus responsável pelo transporte público, a Macacari,  e a Secretaria dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos passaram por várias etapas, entre elas cadastros e treinamentos.

Por ser a primeira cidade no Brasil a oferecer algo do tipo, à grande mídia nacional especializada tem dado atenção ao assunto. Em outubro, através de contato com o Departamento de Comunicação da Prefeitura, o jornal Folha de São Paulo publicou matéria em âmbito nacional sobre o dispositivo pioneiro. Na terça-feira (7) a primeira-dama de Jaú participou de entrevista à Rádio Gazeta, da capital. Também há a expectativa para a veiculação de matéria na revista Veja nas próximas edições.

O DPS 2000 é um equipamento que tem um receptor no ônibus circular e um aparelho transmissor nas mãos do deficiente visual. Esse aparelho na mão do deficiente é do tamanho de um telefone celular. Nele, o deficiente programa , através do som, a linha que utiliza. Quanto está no ponto aperta o botão e um sinal é emitido dentro do ônibus daquela linha quando ele estiver a 150 ou 100 metros do ponto. O motorista já sabe que no próximo ponto tem um deficiente visual esperando. Quando o ônibus pára no ponto e abre a porta da frente um aviso sonoro fica informando o número daquela linha, para que o deficiente realmente embarque no ônibus certo.
 

Mais sobre: acessibilidade, DPS2000

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados