terça, 23 de abril de 2019
Início » Geral » Lampião quer que MP cobre semáforos

Lampião quer que MP cobre semáforos

Cobrança no mesmo sentido na Câmara, através de requerimento à Prefeitura, foi apresentada também pelo vereador Paulo Gambarini, recentemente.

Gravatar
06/11/2015 às 07h55
O semáforo desligado na rua Quintino Bocaiúva traz insegurança aos pedestres

O semáforo desligado na rua Quintino Bocaiúva traz insegurança aos pedestres

O vereador Carlos Lampião Magon (PV) está apresentando na Câmara de Jaú um ofício ao Ministério Público para que  este acione a Prefeitura de Jaú visando obriga-la a substituir os semáforos quebrados e parados existentes em diversos cruzamentos da cidade. O problema vem se estendendo desde a administração passada, quando empresa contratada para esse tipo de serviço deixou a cidade, desligando alguns equipamentos que havia instalado.

Desde o inicio deste governo vem sendo anunciado a substituição dos semáforos, que são antigos e vinham apresentando defeitos constantemente.  Agora, vários deles estão parados, como aqueles dos cruzamentos de ruas como a 13 de Maio, Marechal Bittencourt e Quintino Bocaiúva, com  sete dos 28  equipamentos existentes na cidade parados. Licitações foram abertas e canceladas, outras tiveram  recursos de empresas participantes e não prosperaram. Isso fez com que até agora, embora tenha previsto investir R$ 4 milhões na modernização do sistema, o município nada tenha feito.

Os semáforos começaram a apresentar problemas desde  o final de 2011. Em abril de 2014, a Prefeitura lançou edital para adquirir nove equipamentos, pelo valor de R$   121 mil. No mês essa licitação foi suspensa por questionamento de uma das interessadas sobre os critérios técnicos.  Em agosto de 2014 sai novo edital, ai para a compra de 30 semáforos, pelo valor de R$ 531 mil. Em setembro a licitação é cancelada, novamente por questões técnicas.  Em abril de 2015, novo edital agora para a compra de semáforos, câmeras de monitoramento, totens, e até serviços de controle e manutenção, por R$ 4 milhões.  Só uma empresa apresentou proposta, a Cobrasin,  mas em julho último a Prefeitura revogou a licitação justificando que essa empresa não cumpriu todas as exigências do edital. Depois disso, nada mais aconteceu.

No ofício, o vereador Lampião pede que o representante do Ministério Público   com base em requerimento que apresenta na mesma sessão legislativa,  tome a iniciativa de propor uma ação civil pública obrigando a Prefeitura a adotar as medidas necessárias para resolver o problema dos semáforos . No requerimento que encaminha anexo ao promotor, o vereador está questionando a Prefeitura sobre quando serão instalados os semáforos, como está o processo licitatório  e porque os equipamentos semafóricos ainda não foram substituídos.

Mais sobre: semáforos de Jaú

Um comentário(Deixe o seu)

  • Celia Vasconcelos

    Semáforos devem de ter a fiação enterrada, suas fontes de energia e os sistemas de controle automático protegidos por caixas blindadas contra intempéries climáticas, isso não é nenhuma novidade, existe em qualquer cidade organizada, se não funciona é culpa dos administradores.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados