quarta, 19 de fevereiro de 2020
Início » Geral » Motoristas são treinados para o sistema DPS nos ônibus

Motoristas são treinados para o sistema DPS nos ônibus

Gravatar
05/11/2010 às 19h38
Decom - Foto: Luiz Carlos Oliveira
Engenheiro da Geraes orienta motoristas

Engenheiro da Geraes orienta motoristas

O sistema pioneiro DPS 2000 para acesso de deficientes visuais ao transporte coletivo urbano, que está em fase de implementação em Jaú, teve nesta quinta-feira (4/11) uma das últimas fases para o seu funcionamento. Foram treinados os motoristas e cobradores dos ônibus da Empresa Circular Cidade de Jaú. Os receptores estão instalados em toda a frota e os motoristas receberam o treinamento para que possam operar os dispositivos corretamente. Como se trata de um sistema pioneiro no Brasil, o engenheiro Adriano Rabelo Assis, da fabricante Geraes, de Belo Horizonte, veio até Jaú para dar as instruções de uso e tirar as dúvidas dos motoristas e cobradores. O treinamento foi feito no Terminal Urbano.

Segundo o gerente da Secretaria das Pessoas com Deficiência e Idosos, Estevam Rogério da Silva, a procura pelos aparelhos transmissores ainda é pequena. No ato de assinatura do contrato com a empresa Geraes, a Prefeitura adquiriu 50 unidades para serem distribuídas. “Precisamos que os interessados nos procurem para poder usufruir deste benefício que é gratuito”, falou o gerente. Segundo Estevam Rogério, nem a metade dos aparelhos foi distribuída.

O DPS2000 é um equipamento desenvolvido para dar autonomia aos deficientes visuais, idosos e analfabetos. A partir de um aparelho transmissor o usuário consegue programar a linha do ônibus que deseja utilizar. Quando o ônibus está a 100 metros da parada é emitido um sinal sonoro para que o motorista saiba que no próximo ponto há um deficiente visual, idoso ou analfabeto aguardando aquela linha. Quando o ônibus pára e a porta dianteira é aberta, uma mensagem sonora fica repetindo o número daquela linha. É o próprio usuário que ao entrar no veículo, com o seu aparelho, interrompe essa informação.

As pessoas interessadas em obter o transmissor devem procurar a Secretaria dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos de Jaú. Os documentos necessários para realizar o cadastro são: o CPF, o documento de identidade, o laudo médico que comprove a deficiência. Não é necessário que o usuário seja totalmente cego. O aparelho está disponível também para pessoas com cegueira parcial e analfabetos.
 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados