sexta, 20 de outubro de 2017
Início » Geral » Meio Ambiente faz curso de poda de árvores

Meio Ambiente faz curso de poda de árvores

A diretora de Educação e Eventos da Semeia, Marina Bragion Fiamengui explica que as vagas são limitadas a 40 pessoas. “Vamos fazer teoria e prática no mesmo dia”, diz ela, convidando os interessados em conhecer as regras para a poda correta e as normas legais para que se inscrevam na secretaria.

Gravatar
17/09/2013 às 08h36

A Secretaria de Meio Ambiente (Semeia) vai formar uma nova turma de podadores de árvores na cidade. Para tanto, agendou para o dia 28 de setembro um curso de poda de árvores para interessados em aprender a fazer o corte correto e conhecer a legislação sobre o assunto. O curso é gratuito, com vagas limitadas. A reserva de vagas deve ser feita na própria secretaria pelo telefone (14) 3621-6989.

O Secretário de Meio Ambiente, Eduardo Abussamra, informa que o curso será realizado num único dia, das 8h às 16h, no Espaço Pedagógico (teoria) e numa praça da cidade (prática),  Serão oito horas, com intervalo para almoço.

“Esse curso é realizado anualmente pela Secretaria do Meio Ambiente principalmente para reciclar esses podadores autônomos e instruir esse pessoal para que faça poda correta”, diz Abussamra. Ele diz que quem fizer o curso fica cadastrado na Semeia e é indicado quando  algum cidadão pede indicações de podadores.

A diretora de Educação e Eventos da Semeia, Marina Bragion Fiamengui explica que as vagas são limitadas a 40 pessoas. “Vamos fazer teoria e prática no mesmo dia”, diz ela, convidando os interessados em conhecer as regras para a poda correta e as normas legais para se inscrevam na secretaria.

“Qualquer pessoa que queira aprender a podar árvores pode participar”, diz Marina, ressaltando que todo concluinte do curso receberá uma carteira de podador credenciado.

As inscrições devem ser feitas até o dia 23 de setembro.  A aula teórica será ministrada pelo fiscal de meio ambiente  Marcos Munhoz, e a prática por Toninho Paraná, gerente da Secretaria de Meio Ambiente.

No curso, Marina explica que na parte teórica o aluno vai aprender sobre a importância da preservação das árvores, a necessidade da arborização urbana, quais espécies são adequadas para o plantio em calçadas, técnicas de poda e ferramenta, conhecimento sobre EPI (equipamento de proteção) e segurança no trabalho e legislação ambiental.

Cadastrados – Quem já é cadastrado como podador na Secretaria de Meio Ambiente deve procurá-la para fazer a atualização do cadastro e trocar a carteirinha que o credencia a fazer o serviço de poda na cidade.

Lei – Está em vigor em Jaú a Lei n. 4.802, de 14 de maio de 2013, que prevê multa para destinação incorreta de resíduos de poda de árvore entre outros descartes de lixo em áreas públicas e particulares. Essa normatização será lembrada no curso para que os podadores orientem a todos sobre o descarte dos resíduos.

O secretário Eduardo Abussamra informa que a recolha de galhos continua sendo feito pela Prefeitura, mas dentro do limite de um metro cúbico. Quando os resíduos forem acima dessa medida cabe ao proprietário dar a devida destinação, quer seja alugando uma caçamba ou contratando um veículo para levar aos locais de descarte.

O infrator será notificado e terá 48 horas para fazer a remoção do material, segundo a legislação. Quem não o fizer será multado no valor equivalente a 1.500 UFMs (Unidades Fiscais do Município), ou seja, R$ 1.575,00. Se o depósito irregular for em praças, canteiros de avenidas e áreas verdes a multa sobe para 3.000 UFMs, ou seja, R$ 3.150,00.

A multa por poda drástica é de R$ 160,00 para cada árvore.

Mais sobre: meio ambiente, podas

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados