segunda, 21 de agosto de 2017
Início » Geral » O lugar do Jahu é aqui

O lugar do Jahu é aqui

Uma caravana de jauenses que participaram do concurso cultural realizado pelos Supermercados Jaú Serve, junto com a Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo de Jaú, seguiu no último sábado (31/8) para a visita ao Museu da Aviação da TAM, em São Carlos. Ali estão 81 aeronaves originais, de diversos períodos da história da aviação mundial, incluindo o hidroavião Jahu,o com o qual o comandante João Ribeiro de Barros fez a pioneira travessia aérea do Atlântico Sul em 28 de abril de 1927.

Gravatar
03/09/2013 às 08h59

Galeria de Fotos

Jauenses em frente ao hidroavião Jahu no Museu da Tam

Jauenses em frente ao hidroavião Jahu no Museu da Tam

Uma caravana de jauenses que participaram do concurso cultural realizado pelos Supermercados Jaú Serve, junto com a Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo de Jaú, seguiu no último sábado para a visita ao Museu da Aviação da TAM, em São Carlos. Foram 46 pessoas que visitaram o maior museu particular da aviação do mundo, localizado em área de 22 mil m² e que abriga, além de várias outras atrações, 81 aeronaves originais, de diversos períodos da história da aviação mundial, incluindo o hidroavião Jahu,o  com o qual o comandante João Ribeiro de Barros fez a pioneira travessia aérea do Atlântico Sul em 28 de abril de 1927. Como disse o guia que acompanhou os visitantes jauenses, “o Jahu é a menina dos olhos” da coleção do museu.

Sem pagar ingresso e com lanche servido na viagem, na ida e na volta, tudo patrocinado pelo Jaú Serve,  os visitantes ficaram duas horas e meia no museu. Além do “Jahu”, que está muito bem cuidado no local, os visitantes puderam entrar num avião Fokker 100 da TAM e conhecer modelos como o “14 Bis”, do pioneiro Santos Dumont;  o “Senta a Pua”, utilizado pelos brasileiros na II Guerra Mundial; o americano Corsair, de 1943; o Cessna com o qual a brasileira  Ada Rogato voou 51 mil quilômetros, percorrendo as três Américas, em 1951; o famoso Messerschimitt, da aviação alemã  na II Guerra; e tantos outros modelos, além de uniformes das aeromoças ao longo das épocas e a história da própria TAM, que surgiu como Taxi Aéreo Marília, pelo comandante Rolim Amaro.

“Formidável a visita. Foi uma emoção conhecer o Jahu. A gente pode ver que ele é muito bem cuidado. Acho  que ele deve ficar no museu onde está e os jauenses é que devem ir até o Museu da TAM para ver como o nosso Jahu está bem cuidado”, disse a poetisa Eva de Fátima Gomes.

“Achei espetacular. Não imaginava que fosse tão bonito. Se o hidroavião Jahu viesse para Jaú teria que ter muito gasto pelo poder público para mante-lo conservado como está. Mudei a  minha opinião. Acho que ele deve ficar mesmo no Museu da TAM”, disse Vera Dadamos, agente cultural.

O presidente da Academia Jauense de Letras, Dirceu Barbosa, também gostou do que viu. “Tudo muito organizado. Fiquei maravilhado. O Jahu está sendo zelado com primor. Digo que as nossas autoridades tem que incentivar excursões de nossos estudantes ao museu para conhecer o Jahu e a história dele e da aviação mundial”, falou.

Domingos Priori disse que gostou muito, ainda mais que sempre foi um apaixonado pela aviação. “O hidroavião Jahu está bem melhor aqui do que se estivesse em Jaú. Está muito bem cuidado, o que para nós é um orgulho”.

Donizete Vieira, diretor da rede Jaú Serve, deu todo o suporte para a promoção cultural e disse que já é possível até pensar numa próxima. Acompanhado os vencedores da promoção, que foram os 22 que criaram as consideradas  melhores frases sobre o “Jahu”, cada um com seu acompanhante,  foi Gustavo Pizollio, chefe de eventos da Secretaria de Cultura , Esportes e Turismo.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados