domingo, 24 de setembro de 2017
Início » Geral » Entrando em colapso

Entrando em colapso

Tem paciente em maca na salas em que os médicos atendem consultas. Enquanto ele está consultando um que chegou, há na mesma sala outro deitado numa maca ao lado. O pior de tudo: entre os pacientes que estão no Pronto-Socorro várias são casos graves e alguns estão com suspeita da gripe A.

Gravatar
21/06/2013 às 08h15
Pacientes lotam o corredor e estão em macas aguardando leitos para internação

Pacientes lotam o corredor e estão em macas aguardando leitos para internação

Sem mais leitos conveniados com o SUS (Sistema Único de Saude) e sem que ainda tenham sido autorizados a funcionar pelo mesmo SUS os 13 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) recentemente inaugurados, a Santa Casa de Jaú está vivendo um colapso em seu Pronto-Socorro. Ontem, o diretor clínico, médico Luiz Alfredo Teixeira Junior, chamou a imprensa e mostrou a situação.

Nos corredores do Pronto-Socorro estão inúmeros pacientes em macas, muitos deles com soro e outras medicações; a UTI que funciona junto ao próprio PS está lotada e os quartos de observação ali existentes também. Tem paciente em maca na salas em que os médicos atendem consultas. Enquanto ele está consultando um que chegou, há na mesma sala outro deitado numa maca ao lado. O pior de tudo: entre os pacientes que estão no Pronto-Socorro várias são casos graves e alguns estão com suspeita da gripe A, transmitida pelo vírus H1N1. Na visita, os repórteres tiveram que colocar máscaras.

“É um problema grave. Excesso de atendimento. Pacientes graves, com diagnostico de H1N1. Muitas nas macas nos corredores. Faço um apelo à população para que só venha à Santa Casa em casos de urgência e emergência. Caso contrário pode estar expondo um filho a risco, por causa de uma consulta de rotina em meio de pacientes graves. Há mais de 40 pacientes no PS graves, que deveriam estar em UTI e o médico tem que priorizar o atendimento deles. Quem procurar o hospital e não for caso de urgência e emergência, vai esperar cinco a seis horas, até para que a gente consiga atender o paciente que neste momento está mais precisando”, disse o diretor clínico Luiz Alfredo Teixeira Junior.

O médico disse que a situação atual do Pronto-Socorro da Santa Casa está mesmo a beira de um colapso. “A nova reforma desta unidade foi feita em 1980. Tinhamos mais leitos SUS, que foram fechados pelo Governbo. O Hospital Sção Judas fechou. Hoje não temos leitos para esses 40 pacientes. Tive que cancela todas as cirurgias eletivas. Não temos condições de operar uma hérnia agora, quando temos pacientes com risco de vida iminente”, observou.

Para o diretor clínico da  Santa Casa, a situação não precisava ter chegado a esse extremo se houvesse a colaboração da própria população. “Muitos pacientes que estão aqui são casos simples. Eu diria que 85% das consultaas que são feitas no Pronto-Socorro da Santa Casa poderiam ser feitas perfeitamente no PAS mais próximo da casa da pessoa ou mesmo na Policlínica do Jardim Pedro Ometto. Façou um apelo a população: procure o

posto mais próximo.  Vocês estão se expondo a riscos vindo aio hospital. Já notifiquei sobre isso o Conselho Regional de Medicina (CRM) e a quem de direito”, disse Teixeira Junior.

O diretor clínico lamenta que a Santa Casa tem 13 leitos de UTI inaugurados recentemente o SUS não autoriza o seu funcionamento. “Tenho pacientes para subir para UTI e não tem vaga. Depois tem protesto, passeata, eles não sabem porque.O Estado paga mal, transfere a responsabilidade para  Prefeitura. Hoje a Prefeitura nos dá 10 veze mais do que o Estado nos dá. E o que vamos fazer? Estamos batalhando com as armas que temos”, disse.

Para tentar desafogar o Pronto-Socorro adulto, o diretor clínico disse ter pedido ontem mesmo à provedoria da Santa Casa que reabra o Pronto-Socorro Infantil.  “Solicitamos que abra imediatamente o PS Infantil. Assim vamos tirar as crianças daqui para que as condições não fiquem ainda piores. É preciso desse espaço para dar mais conforto às próprias crianças e para ter espaço no PS Adulto para atender, por exemplo, pessoas que chegam vítimas de um acidentes, por exemplo”, concluiu o diretor.

 

3 Comentários(Deixe o seu)

  • Eva Gomes de Oliveira

    E ainda tem gente dizendo que não entende o motivo das pessoas estarem nas ruas...

  • Andre Palmeiras

    No mandato do DR Osvaldo Isso não acontecia, só resta uma solução, cobrem do prefeito uma saida pra esta situação, pois na campanha dele ele não prometeu melhorar a saude , resolver os problemas abrindo o Pronto Socorro do São Judas, é hora dele fazer algo pela cidade pois até agora não fez nada.

  • Juca

    JAU CRESCEU NOS 20 ATONOS E A REDE HOSPITALAR DIMINUI E SO COMPARAR COM PARTIDOS POLITICOSPOPULAÇÃO/LEITO
    O QUE ESPERA DE UM ADMINISTRADOR /
    o que se espera de nosso legislativo?
    AGORA É A,0 HORA DE MUDAR CHEGA DE ACONCHAVOS,O VEREADOR TEL QUE REPRESENTAR O POVO E NÃO O PARTIDO
    VAMOS APOIAR O VOTO DISTRITAL E A EXTINÇÃO DE TODOS OS

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados