terça, 22 de agosto de 2017
Início » Geral » UTI inaugurada por ministro permanece fechada

UTI inaugurada por ministro permanece fechada

Como os novos leitos sendo credenciados, a Santa Casa passará a contar com 44 leitos de UTI, proporcionalmente muito mais do que Bauru, que tem 47 vagas nessas unidades em dois hospitais.

Gravatar
07/06/2013 às 05h52
Ministro Alexandre Padilha no dia 23 de março na inauguração da UTI

Ministro Alexandre Padilha no dia 23 de março na inauguração da UTI

O ministro da Saúde, Alexandra Padilha, esteve no dia 23 de março na Santa Casa de Jaú onde participou de várias inaugurações no hospital. Uma delas foi de mais 13 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Só que esses leitos até agora não estão atendendo a população porque exatamente não foram credenciados pelo próprio Ministério da Saúde para o convênio do SUS (Sistema Único de Saúde). O provedor da Santa Casa, Alcides Bernardi Junior, espera que o credenciamento ocorra em breve com a publicação de decisão no Diário Oficial da União.

“Já foi publicado no Diário Oficial do Estado. Acredito que até a próxima semana ou dentro de uns 10 dias deve sair a publicação no Diário Oficial da União. Saindo a publicação imediatamente vamos iniciar o atendimento através desses novos leitos de UTI”, disse Bernardi.

Como os novos leitos sendo credenciados, a Santa Casa passará a contar com 44 leitos de UTI, proporcionalmente muito mais do que Bauru, que tem 47 vagas nessas unidades em dois hospitais. No caso de Jaú há ainda os leitos de tratamento intensivo do Hospital Amaral Carvalho.  Na noite de anteontem uma jovem morreu em Bauru por falta de vaga na UTI naquela cidade.

Com o funcionamento dos novos leitos de UTI, após o credenciamento pelo SUS, Bernardi  diz que será preciso também aumentar a Santa Casa. “Vamos ter que conversar com os nossos políticos e conseguir recursos governamentais para aumentar o hospital.  O prédio mais novo do lado da rua Paissandu tem estrutura que permite subir mais dois andares. Precisamos aumentar porque dia desses tínhamos 48 pessoas no Pronto Socorro para serem internadas e não havia vagas. Tivemos que reduzir cirurgias eletivas para colocar esses pacientes na ala pós-cirúrgica porque eles necessitavam de internação”, falou o provedor.

Angiocor

A Santa Casa está equipada com uma unidade de Angiocor, pronta para fazer cateterismo e cirurgias cardíacas também pelo SUS. Quando o ministro Padilha esteve no hospital, em março, a unidade havia sido recentemente inaugurada. Na oportunidade, foi pedido a ele o  credenciamento pelo SUS dos procedimentos cardíacos. “Nós mandamos toda a documentação ao Estado, depois vai para o Ministério da Saúde, e estamos aguardando. Por enquanto, o Angiocor não atende SUS”, disse Bernardi.

Convênio

Prefeitura e Santa Casa voltaram a conversar sobre a possível prorrogação do convênio para a manutenção do Pronto Socorro do hospital. Atualmente o município faz um repasse de R$ 640 mil mensais para esse atendimento. Teria oferecido R$ 700 mil mas os médicos teriam dito que o valor mínimo para custear os serviços seria R$ 750 mil.

“Estamos conversando.  Estive com o prefeito Rafael Agostini faz alguns dias e na semana que vem deve acontecer nova conversa. O convênio será prorrogado em vez de encerrar em 30 de junho”,  observou o provedor da Santa Casa. A Prefeitura não terá condições de colocar em funcionamento o seu Pronto Socorro Municipal até 1º de julho.

Mas mesmo que venha a funcionar o PS Municipal, Bernardi Junior acredita que terá que ser mantido um vínculo com a Santa Casa. “A Santa Casa tem um casamento com a Prefeitura e não dá para separar. Tem que ter o Pronto Socorro Municipal e também o da Santa Casa. Quando funcionavam  os dois deu problema. Imagine se a Santa Casa ficar só com a porta fechada. Tem que funcionar os dois e quando vierem as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) vamos ver como vai ficar. Sempre haverá maior procura por atendimento porque a população está cada vez vivendo mais. Com mais pessoas idosas, mas necessidade de serviços para atende-las”, completou o provedor.

 

 

Mais sobre: saúde, Santa Casa de Jaú, UTI

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados