terça, 27 de junho de 2017
Início » Geral » Para formar campeões

Para formar campeões

O centro oferece aulas de equitação, monta e lida com os animais, que viajam para competições, como agora está participando da Copa Vivo, em Ribeirão Preto.

Gravatar
14/05/2013 às 00h27

Galeria de Fotos

Renildo Silva salta com o cavalo Dumbo Itaporã

Renildo Silva salta com o cavalo Dumbo Itaporã

O Centro Hípico Renildo Silva (CHRS), a cerca de 10 quilômetros do centro de Jaú, na rodovia Jaú-Brotas, está formando cavaleiros e amazonas que já vem competindo no interior paulista, representando a cidade de Jaú, e que futuramente estarão em competições nacionais.  O CHRS é dirigido pelo cavaleiro Renildo Silva, com a ajuda de seu filho, também cavaleiro, Renan Silva. Conta atualmente com 26 alunos, parte que faz os treinamentos com os seus próprios animais e outros que utilizam cavalos  de propriedade da escola de hipismo.

 

Conforme Renildo Silva, a Escola de Hispismo montada no CHRS, conta com animais  das raças BH (Brasileiro de Hipismo) e Andaluz Brasileiro, que são as raças de salto e de adestramento. Conta também com cavalos de alunos, como um da raça holandesa Friesian, com o nome “Titus”, um encorpado animal todo preto, com longas crinas e pelos longos nas patas, que pertence ao médico Paulo de Tarso Nuñes Chiode e que é montado pela sua filha que participa das competições de hipismo.

O centro oferece aulas de equitação, monta e lida com os animais, que viajam para competições, como agora está participando da  Copa Vivo, em Ribeirão Preto, onde dois alunos do CHRS são líderes absolutos e dois vice-lideres em várias categorias. “Estamos preparando esses alunos para competição a nível nacional. Para tanto, temos os animais que são de ótimo nível. Quando vim para Jaú trouxe cavalos de alto nível para saltos e adestramento”, diz Renildo Silva, que foi cavaleiro profissional em São Paulo e tem vasta experiência, tendo participado de cursos com cavaleiros de nível europeu e foi premiado em vários torneios.

O CHRS tem um ano e meio de existência e já conta com a sua equipe de competição, treinada por Renildo e Renan Silva.  “É um grupo muito bom. É claro que para ser um bom cavaleiro tem que haver o perfeito entrosamento entre cavalo e cavaleiro e o empenho do aluno nas aulas. Isso tem acontecido em nossa escola e em breve ouviremos falar de cavaleiros e amazonas que estarão se destacando no cenário nacional. O nome de Jaú vai aparecer em provas importantes. É para isso que estamos trabalhando”, fala Renildo Silva.

Quem quiser se tornar um cavaleiro ou uma amazona e competir no hipismo tem a oportunidade porque o CHRS tem vagas para novos alunos. Ele funciona ao lado da rodovia Jaú-Brotas, com saída pelo viaduto de retorno Emílio Eugênio Auler. Do viaduto já se avista à esquerda o Centro Hípico. Basta em vez de completar o retorno ara voltar para Jaú, seguir à direita por uma curta estrada de terra.

Numa demonstração que fez ontem à tarde, Renildo e o filho Renan utilizaram os cavalos  “Titus”, e o Dumbo Itaporã, este da raça Andaluz Brasileiro, que fez os saltos, montado por Renildo.  “Titus”,montado por Renan, fez  demonstrações de adestramento.

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados