segunda, 20 de novembro de 2017
Início » Geral » Por falta de apoio, Jaú perde equipe campeã de karatê

Por falta de apoio, Jaú perde equipe campeã de karatê

Gravatar
08/02/2013 às 09h25
Equipe campeã  que vai em  embora

Equipe campeã que vai em embora

 

Depois de 30 anos representando a cidade de Jaú de forma vitoriosa e brilhante, o karatê jauense, que tem muita tradição e respeito das equipes rivais, está terminando um ciclo de vitórias representando nosso município. A informação é do atleta e técnico Cícero Marcoantonio que somente soube da decisão após conversa com o próprio secretário de Esportes, Hamilton Chaves, que teria informado que Jaú passa por dificuldades e não poderá manter os atletas s nas competições e nem recebendo o auxilio ou bolsa de estudo que foram criados em nosso município para incentivar a pratica esportiva.
 
Com isso, o técnico Cícero informou que a equipe continua unida e treinando para as competições deste ano, mas que uma parte deverá representar um município de Santa Catarina e a outra deverá ser direcionada a outros municípios aqui do Estado de São Paulo que já manifestaram interesse pelos atletas.
 
“Hoje em dia para um atleta estar treinando e competir a nível profissional, ou seja, contra cidades que investem pesado em contratações e infraestrutura,  ele precisa fazer um investimento em si mesmo. Há gastos com academia para treinos físicos, específicos e táticos, e, ainda, gastos com suplementos de alto valor, fisioterapia e outras necessidades básicas de um atleta como kimonos e protetores que hoje são muito caros. Tudo isso somado tem um custo e é para estes gastos que alguns atletas recebem o auxilio-atleta ou então a bolsa-atleta, pois temos um custo alto para nos preparar e competir. Sem falar nos dias e noites de treinamentos incansáveis e os finais de semana ou feriados que perdemos treinando, pois cada dia a mais de treino é muito importante. Portanto, fazemos o que gostamos de fazer, mas precisamos de uma parceria do poder público”, diz Cícero Marcoantonio, que conquistou muitas medalhas para Jaú.
 
Cícero lembra que no inicio o técnico da equipe jauense era o sensei Tito Coló que por anos levou Jaú as primeiras colocações em competições regionais, estaduais, nacionais e internacionais. Com o passar do tempo, o próprio Cícero assumi o comando da equipe e continuou o trabalho e sequencias de vitórias. Diversos outros atletas foram revelados e se destacam no cenário karateista.
 
Cícero finaliza dizendo ser uma pena nossa cidade perder uma equipe como essa e também outras modalidades da Secretaria de Esportes que também estão se desfazendo. “Agradeço a todos os parceiros e amigos que sempre torceram por minha equipe e digo que agora um novo ciclo vai começar, onde nós continuaremos a descobrir e formar talentos dentro do karatê, mas com a finalidade de representar outras cidades que possam dar condições mínimas aos atletas”, conclui.

 

9 Comentários(Deixe o seu)

  • Oswald Mosley

    Prefeito Rafael sempre buscando o melhor para a cidade

  • Rafael

    Era só oque faltava a cidade de jau esta um caos, e nossos políticos terem que se preocupar com o karatê do Tito Coló.

  • José Getulio Scandiuzzi

    O karatê sempre foi bancado a peso de ouro enquanto o judõ por exemplo, sem dar gastos foi melhor nos jogos do que eles

  • lucia

    muito triste , para as crianças que estavam treinando karate , desde a administração passada que não se tem mais , tinhamos como treinador o excelente professor Cicero, as crianças tinham campeonato e recebiam medalhas ...muito triste para nós do jardim america , a secretaria de esporte sempre diz a mesma coisa ; professor tem que ser concursado só isso o que sabem dizer ....nós mães sabemos que é disculpa . estamos muito tristes, onde era pratica de esporte , hoje virou pratica de craque ....uma pena.

  • Fábio Sousa

    Atleta que não é prata da casa não tem que ser bancado pela prefeitura, não!
    Se não houver investimento nas bases e continuarem a contratar atletas para representarem a cidade, não valerá nada.
    Os resultados obtidos a partir das contratações maquia a realidade de que somos uma potência no esporte, coisa que não somos.litten

  • Rafael

    Dona Lucia,não traga a educação de nossas crianças para os professores ,educação vem de casa.

  • Osvaldo

    o esporte com a equipe que entrou na secretaria vai continuar uma bosta,o que o povo quer é uma segurança melhor para a cidade,porque somente jau aqui da região não tem uma guarda municipal.o que este governo vai fazer?

  • jOSE DE MOREIRA FILHO

    É PRECISO ACABAR COM ENTREGA DE VERBAS PARA ONGS POLITICAS
    POIS O BOLO É DIVIDIDO ENTRE AS QUE PRECISAM ,DIMINUIDO O VALOR.
    VEREADOR E FAMILIA DE VEREADOR OU POLITICO DEVIA SER PROIBIDO MANTER ONG,FUNCIONA COMO CAIXA DE CAMPANHA E SUPORTE PARA FICAR NO PODER,MAS UTILIZANDO O DINHEIRO DE PATROCINADORES DE MÁ FÉ E DINHEIRO PÚBLICO.ACORDA JAU.

  • Carlos

    Pessoal, antes de criticas e falar um monte de besteira, seria melhor verificar o que estão falando. Veja a foto acima dos karatecas no pódio. Vocês poderiam me dizer se existe algum atleta que não é da cidade?
    Não, é claro, pois todos são de Jaú.
    Outra coisa, a matéria fala sobre a equipe karatê que vai embora da cidade por não acertar com a Prefeitura, e não de repasse de ONG e outros assuntos políticos, pois é isso que vocês estão demonstrando em seus comentários.
    Portanto, LEIAM antes de criticar, menos é claro aqueles que são pagos para fazer críticas, pois seus comentário são no minimo ridículo. rsrsrsrs

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados