segunda, 25 de setembro de 2017
Início » Geral » Santa Casa vai ao MP contra traillers no parquinho

Santa Casa vai ao MP contra traillers no parquinho

Gravatar
23/11/2012 às 08h00
Traillers estão desde  os  anos  90 na praça

Traillers estão desde os anos 90 na praça

 

O Ministério Público analisa representação encaminhada pela diretoria da Santa Casa de Jaú reclamando providências contra suposta perturbação sonora e sujeira provocadas pelos trailers de lanches existentes na praça Jorge Tibiriçá (praça do Parquinho), em frente ao hospital. A reclamação está sob análise da promotora de Meio Ambiente, Habitação, Urbanismo e Direitos Humanos, Maria Júlia Câmara Facchin, que ontem recebeu resposta da Prefeitura a pedido de informações sobre a situação dos alvarás dos proprietários de trailers no local.
 
“Ainda estamos analisando a resposta enviada pela Prefeitura, mas o que já pudemos observar é que os alvarás são bastante genéricos no que diz respeito às regras especificas de funcionamento desses trailers”, afirma Maria Júlia. Segundo a promotora, após análise mais detalhada dos alvarás e de ouvir as partes, será definido se o caso comporta a abertura de inquérito civil ou a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) pelos comerciantes.
 
Proprietários de trailers ouvidos ontem pela reportagem refutaram as alegações do hospital tanto no que diz respeito à perturbação sonora quanto à sujeira provocada na praça.
Mirian Florentino dos Santos Souza, desde 1990 instalada com seu trailer no local, afirma que os trailers atendem diariamente até as 23h, mas que nenhum deles utiliza música em alto volume ou qualquer outro tipo de emissão sonora que possa perturbar o trabalho do hospital. “A única coisa que temos aqui é uma televisão em cada trailer, que assim mesmo ficam ligadas em baixo volume”, defende-se Mirian.
 
Pelo menos por volta das 15h de ontem, quando a reportagem esteve no local, o som dos aparelhos de TV ligados em alguns dos trailers, de fato, era quase inaudível.
Miriam também contesta a afirmação de que os trailers seriam responsáveis por causar sujeira em frente ao hospital. “Entramos em acordo de levar o nosso lixo embora todos os dias, porque os andarilhos que ficam na praça vinham buscar restos de lanches nos sacos de lixo e acabavam espalhando muita sujeira na praça e em volta dos nossos próprios trailers”, afirma. No entendimento dela, os trailers, ao contrário de incomodar, são uma maneira prática de as pessoas que freqüentam a Santa Casa fazerem uma alimentação rápida próxima ao hospital. “A Santa Casa atende toda a região e os nossos trailers são o local de alimentação dessas pessoas que passam horas, às vezes o dia todo aguardando por atendimento e também daquelas que vêm visitar parentes internados”.
 
A opinião também é defendida por Clarice Aparecida Dalpino, instalada desde 1995 na praça. “Mesmo os funcionários da Santa Casa vêm buscar lanches aqui, porque aqui é mais barato que na lanchonete de lá” [do hospital], conta ela. Clarice também contesta que exista perturbação sonora vinda dos trailers. “Nem música a gente tem aqui, só uma televisão que fica ligada quase sem volume”, disse. Quanto à sujeira na praça, ela entende que o problema seria resolvido com a retirada dos desocupados que freqüentam o local. “São eles que fazem essa sujeira toda na praça”.

 

11 Comentários(Deixe o seu)

  • MARIA EDUARDA

    Já estive por diversas vez nesse local, realmente o som nunca esteve alto.
    Quanto a sujeira, não acredito que seja de responsabilidade dos proprietários, e sim das pessoas que frequentam esse local, sem educação alguma, joga papel no chão sem nenhum constrangimento. POVO SEM EDUCAÇÃO...

  • josé

    É SÓ LEVAR AMBURGUER NA DIRETORIA DA SANTA CASA E ESTA TUDO CERTO NÃO ESQUECE DE LEVAR UMA COCA COLA GELADA VAI DAR TUDO CERTO

  • joao paulo

    a santa casa já está quebrada mesmo, devido a OTIMA administração do nosso prefeito atual, q aliasss é medico tb, acho q a santa casa primeiramente deve se preocupar em procurar ajuda com relação as suas dividas, e falta de dinheiro doq tentar processar quem está trabalhando, ,, se esta com problemas com relação a ordem e paz no local, que comunique as autoridades... mas antes é mais interessante e primordial, ela se reerguer, pois nem mais o pronto socorro funciona corretamente, so casos de morte inevitável...,... lamentável...

  • GAS

    Aproveito a oportunidade, para resaltar o abandono total da praça Jorge Tibiriça (Parquinho). Aliás , deixa pra-lá a cidade toda esta abandonada´, que venha 2013.......................KKKK

  • joao Alves

    A Praça é pública,os trailer não deviam estarem ali,é coisa de politico.É duro mexer ,mas a calçada é do pedestre,aquilo que esta ali é um afronto ao cidadão.
    Vamos ver acreditar que o MP vai tomar uma providencia séria.que se faça logo esse tal termo de ajuste,mas libera a calçada para nos PEDESTRES passar imediatamente

  • josé

    A SANTA CASA ESTA QUEBRADA ...E AINDA POR CIMA DE OLHO GRANDE NO QUE É DOS OUTROS .SEM CONTAR QUE QUEM DESCARTA LIXO HOSPITALAR HOSPITALAR NA CALÇADA SAIU ATÉ NA TV FOI A SANTA CASA ...HORAS TEMOS QUE REVER A DIREÇÃO DA SANTA CASA MUITA CUNHA AI DENTRO SEMPRE OS MESMOS ESTAMOS COM O SACO CHEIO É MEIA DUZIA DEIXA TUDO MUNDO LOUCO A META AI DENTRO É SALVAR VIDAS OU TOMA CONTA DA CIDADE

  • Reynaldo Cosentino

    Não tem barulho no parquinho, mas alem da comida ser de péssima qualidade, a çalçada fica obstruida completamente pelas lanchonetess. A Calçada é por direito unicamento do pedestre deveria serem retiradas do local.

  • João Victor

    É lamentável ver a letargia em que Jaú se encontra. Praça não é lugar de trailer. Praça é para passeio, para embelezar a cidade. Faz muito tempo que já deviam ter acabado com os trailers em Jaú. Quiosque padronizado pela prefeitura é uma coisa, trailer (inclusive aquela banca de jornais) com área coberta, piso cerâmico e todas aquelas gambiarras e é inconcebível! Só em Jaú mesmo!

  • Eva Gomes de Oliveira

    A praça, lamentavelmente, está em péssimo estado e o problema dos trailers, creio que seja mais pela quantidade deles que, acabou encobrindo a praça e até prejudicando a passagem dos pedestres. Mas desrespeitar pedestres é fato quase em toda a cidade, seja no centro ou em bairros, onde bares e lanchonetes assumem a calçada como continuação de seu estabelecimento e os pedestres (carrinhos de bebês, cadeirantes, idosos e crianças) que andem pelas ruas e avenidas, misturados ao trânsito e continuaremos assim enquanto não houver fiscalização e punição para tais arbitrariedades.

  • Sidnei

    tb acho um absurdo estes TRAILERS, eles nao tem banheiro,e nao pagam nada, e cobram os mesmos preços de lugares que tem banheiro e pagam mais impostos

  • jeneh

    Será que se fizessem igual ao camelódromo na santa casa ficaria melhor ?!

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados