sábado, 24 de agosto de 2019
Início » Geral » Lojistas facilitam estacionamento para clientes na Quintino

Lojistas facilitam estacionamento para clientes na Quintino

Gravatar
28/09/2012 às 13h49
Sobram vagas na quadra 10 da Quintino

Sobram vagas na quadra 10 da Quintino

 

Com a zona azul desativada por ausência de fiscalização da Prefeitura e enquanto aguardam a instalação dos parquímetros anunciados pela gestão Osvaldo Franceschi Júnior (PV) para a região central da cidade, cerca de 20 comerciantes dos altos da rua Quintino Bocaiúva adotam, desde o ano passado, medida visando aumentar a rotatividade nas vagas de estacionamento próximas a seus estabelecimentos. Pela medida, decidida em comum acordo, proprietários e funcionários de estabelecimentos daquele trecho da rua deixaram de estacionar seus veículos no local, proporcionando, assim, maior disponibilidade de vagas rotativas para clientes e também fornecedores. O acordo estabelece que na necessidade de comerciantes ou funcionários ocuparem uma das quinze vagas de estacionamento dentro da quadra durante o horário comercial, a permanência não deve ultrapassar 15 minutos.
 
O proprietário da Casa do Parafuso, Irineu Barrichelli Júnior, conta que as vagas de estacionamento na quadra da Quintino Bocaiúva passaram a registrar grande rotatividade desde a adoção da medida. “Aqui só param mesmo clientes das lojas. Se a pessoa não encontrar vaga, basta dar uma volta no quarteirão e já vai conseguir estacionar”, garante. Ele diz que a medida foi pensada pelos comerciantes depois que mudanças no trânsito efetuadas pela Prefeitura fizeram com que a rua passasse a ter apenas um dos lados, o direito, disponível para estacionar. “Antes tinham lojas aqui que ocupavam até seis vagas de estacionamento, entre os veículos dos proprietários e dos funcionários. Se a gente não mudasse isso, nenhum cliente iria conseguir estacionar em frente ás nossas lojas em qualquer horário do dia”.
 
A primeira dedução é que para liberarem vagas para veículos na quadra, os proprietários do comércio local e seus funcionários passaram a ocupar as vagas de outras vias próximas, transferindo de lugar o problema que os incomodava. Mas Barrichelli explica: “Não teria nem sentido a gente levar para outro lugar um problema que vinha incomodando a gente. Entramos em acordo com o proprietário de um terreno na rua Tenente Lopes, e hoje a maioria aqui estaciona seus veículos lá. Também temos garagem onde são guardadas as motos dos funcionários de várias lojas”, explica.
 
ZONA AZUL
Depois de elogiar a medida adotada pelos lojistas da quadra 10 da Quintino Bocaiúva e dizer que a mesma poderia ser imitada pelos comerciantes do Centro, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Jaú, José Roberto Pena, cobrou da Prefeitura a volta da fiscalização sobre a zona azul como forma de garantir maior rotatividade às vagas de estacionamento na região. Fiscalização que, segundo ele, foi “estranhamente abandonada pela administração durante esse período de campanha eleitoral”.
 
“Desde que a guarda-mirim foi retirada da zona azul no ano passado, não por decisão da Prefeitura, mas por determinação do Ministério Público, o uso das vagas de estacionamento no Centro acabou ficando sem controle”, reclama Pena. “Os cartões [de estacionamento] passaram a ser vendidos nos pontos comercias e, no começo, a Prefeitura até fiscalizava. Mas causa estranheza ver que nesse período de eleição, a fiscalização foi completamente abandonada”.
Pena diz que o sindicato enviou carta à secretaria municipal de Transportes e Trânsito cobrando o retorno da fiscalização sobre a zona azul, tendo sido atendido apenas durante um curto período. “A secretaria disse que no início seriam dadas orientações e feitos alertas aos motoristas e depois começariam a ser aplicadas multas naqueles que desrespeitassem o tempo de permanência nas vagas de estacionamento. Mas depois a fiscalização desapareceu, e hoje não temos nem as orientações e nem as multas”.
 
A secretária responsável pelo Trânsito na cidade, Sílvia Regina Melges, alega que a pasta não conta com número suficiente de funcionários para realizar a fiscalização da zona azul. A implantação dos parquímetros, segundo ela, vai resolver definitivamente o problema. A secretaria está finalizando edital para abertura de licitação às empresas interessadas na implantação e exploração dos parquímetros em Jaú.       

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados