terça, 21 de novembro de 2017
Início » Geral » Bancários de Jaú iniciam greve em 18 agências

Bancários de Jaú iniciam greve em 18 agências

Gravatar
18/09/2012 às 07h39
Dirigentes do sindicato colam cartazes em agência

Dirigentes do sindicato colam cartazes em agência

 

Bancários de Jaú e região devem iniciar paralisação por tempo indeterminado a partir desta terça-feira em adesão à greve nacional da categoria anunciada ontem pelo Comando Nacional dos Bancários, depois de frustrada a expectativa de envio de nova contraproposta salarial pela Febraban (Federação Nacional de Bancos). A pauta de reivindicações foi entregue no dia 1º de agosto – a data-base dos bancários é 1º de setembro. A categoria reivindica 10,25% de reajuste referentes à inflação dos últimos 12 meses e mais 5% de aumento real. Na última rodada de negociação entre as partes, os bancos mantiveram a proposta de 6% de reajuste. Após o encontro, o comando dos bancários enviou carta à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) onde afirmava que aguardaria até o dia 17 (ontem) a melhoria dessa proposta antes de anunciar a deflagração da greve.
 
No início da noite de ontem, diretores do Sindicato dos Bancários de Jaú e Região afixavam cartazes nas agências bancárias da cidade informando sobre o início da greve. “Vamos tentar paralisar o maior número de agências em Jaú e na região, como fizemos na greve de 2011”, disse o presidente da entidade de classe, José Antônio Gambá. No ano passado, 17 agências bancárias de Jaú paralisaram as atividades durante a primeira quinzena de outubro. A única agência que continuou funcionando normalmente na cidade durante o período foi a do Bradesco. Também ocorreram paralisações em agências de diversas cidades da região.
 
Gamba disse ontem que funcionários de Macatuba, Pederneiras e Arealva já haviam entrado em contato com o sindicato pedindo cartazes da greve para serem afixados nas agências. “Amanhã estaremos panfletando nas agências de Jaú e depois levaremos esse trabalho para as demais cidades da região. Acredito que assim como no ano passado, teremos uma grande adesão ao movimento a partir dessa semana”.
 
Além da proposta de 10,25% de reajuste mais 5% de aumento real, os bancários também reivindicam participação nos lucros de três salários mais R$ 4.961,25, piso salarial do Dieese (R$ 2.416,38) e vales-alimentação e refeição de R$ 622, entre outras reivindicações.  
 

 

7 Comentários(Deixe o seu)

  • CARLOS EDUARDO

    TODA REINVINDICAÇÃO SALARIAL É JUSTA EM TODAS AS CATEGORIAS, SÓ ESPERO QUE NESTE ANO O SINDICATO DOS BANCARIOS ORIENTE SEUS ASSOCIADOS DE QUE A GREVE É PARA ATINGIR TODAS AS PESSOAS QUE PRECISAM DAS AGÊNCIAS, SEJAM ELAS EMPRESÁRIOS OU GENTE SIMPLES. POIS ESTAMOS CANSADOS DE VER EMPRESÁRIOS COM MALETINHAS SENDO ATENDIDOS AS ESCONDIDAS.

  • Ricardo

    Todo ano fazendo greve!!! So querem dinheiro trabalahr 7:30 ate as 5 não querem isso deveria ser uma obrigação, voce deveriam trabalhar 4e horas semanais igual as lotericas e uma vergonha um banco abrias a 10 e fechar as 3h, isso e falta de respeito com a população.

  • Jose ciquiieira

    Duro quando vc entra na agencia e o funcionario sai com a pasta de dente e o garfo para almoçar ...porque mão vem almoçado de casa cambada!!!!!!!!!!!!!!!!!descaso com o povo , se vai fazer greve aproveita para falar disso tambem mal atendimento

  • joao paulo

    foi os tempos em que as greves eram para atingir os patrões e não a população...eu sou totalmente a favor de os bancos seguirem o horario comercial do centro das cidades, das 8 - 9 até as 18 horas, trabalham exaustivamente das 10 até as 15 horas e ainda querem uma série de aumentos, se fosse em qualquer outra empresa, nao importa o ramo de atividade, com certeza seria demissão certa, massss.......

  • Rafael

    Caros bancários lutem pelo seus direitos, já essas pessoas que só reclamam mudem de emprego ou de pais reclamem de nossos políticos um bando de vagabundo ,não de pessoas que no final do mês não tem seu salario completo pois cometeu um erro e o banco não perde, não sou bancário sou calçadista mas com uma visão diferenciada dessas pessoas que criticam nossos trabalhadores e chupam os políticos.

  • joao paulo

    éu sou a favor do aumento aos bancarios,, de aumento a eles, mas aumente tb a carga horaria de trabalho, entrar as 9 e sair as 18 horas segunda a sexta, iguallzinho ao comércio, ai sim ein, greve todo mês, hahaha,, pais esse nosso, onde todo mundo quer ganhar mais e mais, e trabalhar menos e menos, e isso em TODOS os RAMOS de A T I V I D A D E, quem detem mais gente no mão faz greve, a lei é essa e sempre será......

  • Rose

    Todos tem o direito de reivindicar algo , mas meu sogro está sofrendo muito com a greve pois está com o cartão bloqueado e não consegue sacar a aposentadoria. .... e agora em bancários quem vai pagar as contas dele e compras os medicamentos de um senhor de 79 anos ? Acabem com isso poxa ......

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados