terça, 16 de julho de 2019
Início » Geral » Cejusc fez 690 audiências de conciliação em cinco meses

Cejusc fez 690 audiências de conciliação em cinco meses

Gravatar
07/09/2012 às 13h40

 

Perto de completar cinco meses de sua instalação em Jaú, o Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania ), inaugurado em 16 de abril, já atendeu mais de 1.300 reclamações. Foram realizadas 690 audiências sendo 368 cíveis e 322 de família e nelas uma média de 90% teve acordo entre as partes. Além disso, o Cejusc está atendendo também, no tocante a cidadania, a emissão de Carteira do Trabalho, CPF e cópia da Certidão de Nascimento. Em breve vai funcionar no local, na rua Paulino Maciel, 142, um posto para emissão da cédula de identidade, o RG.
 
A escrevente-chefe do Cejusc, Maria Elisabete Cassoli, diz que os números do atendimento poderia ser ainda maiores, “mas é que o povo ainda não está habituado com esse novo serviço que lhe é oferecido”. O serviço, no caso, é a conciliação rápida numa pendência sem a necessidade do ajuizamento de uma ação no Fórum, que poderia demandar muito tempo para ser definida.
 
Conforme a escrevente, a maior procura tem sido para as questões de família, como divórcio, alimentos para idosos, alimentos para filhos, divisão de imóveis e guarda de filhos,mas também começaram a aparecer muitas queixas relacionadas com cobranças.
 
“As pessoas tem procurado o Cejusc para reclamar de contratos de bancos, de compras feitas pela internet e produtos defeituosos ou não entregues, entre outros casos. O interessante é que assim que a empresa que deu causa à queixa é convidada a participar de uma audiência ela já chama o reclamante e faz o acerto,sem necessidade da audiência”, diz Elisabete Cassoli.
 
O Cejusc atende de segunda a sexta-feira das 9h às 19h. A coordenadora é a  juíza Paula Maria Castro Ribeiro Bressan, titular da 1ª Vara Cível de Jaú. 
 
Esta unidade foi a quarta instalada no Estado de São Paulo. Hoje já são 35 instaladas e ao todo serão 298 unidades. A primeira foi instalada na Capital, no bairro da Barra Funda, a segunda em Araraquara, a terceira em Itanhaém e, em meados de abril, em Jaú, na rua Paulino Maciel, 142, no centro da cidade.

 

Um comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados