domingo, 20 de outubro de 2019
Início » Geral » Jovem confessa homicídio e leva policiais à ossada da vítima

Jovem confessa homicídio e leva policiais à ossada da vítima

Gravatar
25/04/2012 às 05h44

Galeria de Fotos

J.H. Teixeira

 

Uma ossada humana desenterrada pelos policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) está desvendando um caso de desaparecimento que estava para completar três anos. Desde 3 de maio de 2009 estava desaparecido Boanerges Garcia Junior, que teria agora 30 anos e morava na rua Joaquim Brandão Peralta, na Vila Netinho. Ele não estava desaparecido, mas sim foi friamente assassinado por Everton Henrique Batista, atualmente com 23 anos.
 
O autor do homicídio qualificado acabou procurando a Polícia e confessando o crime. O delegado titular da DIG, Gustavo Alonso Garmes, conta sobre a confissão e a elucidação do desaparecimento de Boanerges Junior. “Na noite de segunda-feira (23), o autor, se dizendo arrependido, compareceu ao plantão policial e contou que teria cometido um homicídio há mais de dois anos. O pessoal da DIG foi acionado, conversamos com ele, que confirmou a confissão. Disse que a vítima era o Boanerges e que com a proximidade do Dia das Mâes não suportou mais o remorso e resolveu confessar tudo”, falou o delegado.
 
Além de confessar o crime, Everton Batista foi com os policiais da DIG até o local onde enterrou o corpo de Boanerges Junior, na margem da rodovia Jaú-Mineiros do Tietê, logo após um posto de combustível abandonado. Lá, conforme o delegado, os policiais tiveram que se valer de uma retroescavadeira cedida pelo Saemja para abrir o buraco e encontrar a ossada. Garmes disse que o local era de difícil acesso e se não fosse a máquina cedida pelo Saemja não seria possível localizar a ossada.
 
Batista revelou aos policiais que ele e Boanerges Junior haviam combinado de praticar um roubo numa lotérica na cidade de Mineiros do Tietê. “Alguns colegas de Everton o avisaram que Boanerges iria rouba-lo depois do assalto à lotérica. Ele ficou bravo, foi até o local onde enterrou o corpo, que era onde escondia um revólver calibre 38 e um simulacro. Isso foi um dia antes do combinado para o assalto em Mineiros. No local onde estava escondida a arma e o simulacro, Everton cavou uma cova. No dia da ida a Mineiros, passou pelo local para pegar a arma e o simulacro, ai junto com Boanerges Junior. Quando apanhou o revólver, descarregou-o com seis tiros no rosto de Boanerges Junior, enterrando o corpo na cova que abrira”, relata o delegado com base no depoimento do autor.
 
Embora ainda não tenha sido feito o teste de DNA na ossada encontrada, o delegado Garmes diz que pelo depoimento do autor e pelo que foi encontrado, “tudo indica que a ossada seja mesmo de Boanerges Junior”, pois estava ali também o aparelho dentário que ele usava. “Vamos ter que confrontar em exame de DNA com alguém da família”, disse Garmes.
 
O delegado da DIG pediu e foi dada pela  Justiça a prisão temporária para o autor. Everton Batista foi encaminhado para a cadeia de Barra Bonita, ontem no início da noite.
 
Para o titular da DIG ainda não dá para afirmar com 100% de certeza de que o crime tenha sido cometido apenas por Everton Batista. “Ainda há dúvidas sobre isso. É preciso esmiuçar o caso”, falou. Everton tinha passagens na Polícia por porte de entorpecente, enquanto que sua vitima, Boanerges Junior, teve passagens por entorpecente e por furto. Na data em que confessou o crime ele estava trabalhando normalmente como açougueiro.
 
O homicídio qualificado, combinado com a ocultação de cadáver, tem pena de reclusão prevista de seis a 20 anos. Por enquanto ele está com prisão temporária de 30 dias, mas deverá ser pedida a sua prisão preventiva após a conclusão do inquérito, para que aguarde o julgamento preso. O resultado do exame de DNA a ser feito deve demorar mais de 30 dias para chegar, segundo o delegado.
 
Até agora o pai, Boanerges Garcia e a mãe Aparecida Inês de Oliveira, depois de incansáveis buscas, tinham a esperança de encontrar o filho ainda com vida.

 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados