quarta, 19 de fevereiro de 2020
Início » Esporte » Construtor quer o XV na A-2 em 2012 na vaga dos sem-estádio

Construtor quer o XV na A-2 em 2012 na vaga dos sem-estádio

Gravatar
22/10/2011 às 08h05
Paulo César Grange - Ass. XV de Jaú

O presidente do XV de Jaú, José Construtor, esteve na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF) nesta sexta-feira (21/10) para cobrar da entidade o cumprimento do regulamento geral do Campeonato Paulista, que prevê capacidade mínima de 15 mil lugares para a disputa da Série A-2. Construtor pleiteia uma vaga na competição de 2012 e destaca que se a FPF for coerente com a norma em vigor o Galo terá de ser promovido de divisão.

"Penapolense, Santacruzense, Velo Clube e São Carlos estão com problemas em seus campos", destaca o presidente do XV, citando os quatro clubes que subiram da A-3 neste ano e que precisam apresentar até segunda-feira laudos que atestem que seus estádios estão dentro do regulamento. "Dos times que ficaram fora, o XV e o Juventus são os únicos com condições. Estou reformando o estádio do XV há três anos; e o Juventus pode mandar seus jogos no Pacaembu."

Construtor conta que conversou pessoalmente com o presidente da FPF, Marco Pólo Del Nero, e que ficou animado com a possibilidade de o XV herdar uma vaga para a A-2. "Vou estar semana que vem nos dois Conselho Arbitral (A2 e A3). Tem de fazer fazer o regulamento e a FPF está atenta na capacidade dos estádios dos times", comentou. Ele chega a dizer que as chances do XV são de 90% de subir de divisão.

"O presidente da FPF e sua equipe sempre deixaram claro que era para os clubes se prearar e reformar seus estádio porque a coisa ia apertar. Os clubes que nã tiverem condições e o estádio legalizado não iria participar. nada mais justo. Se acontecer isso ai a gente vai ser premiado e a cidade inteira vai ficar muito feliz", disse o presidente do Galo à TV FPF.

Capacidade - De acordo com o Regulamento da Competição, para disputar a Série A2 em 2012 as equipes devem cumprir a determinação de que seus estádios tenham capacidade para 15 mil pessoas. Os quatro times que subiram têm até segunda-feira para regularizar a situação - segundo consta, o Velo Clube poderia jogar no campo do Rio Claro (ex A-1) e o campo do São Carlos também atenderia as exigências.

Com base na segunda fase da A-3 deste ano, ficaram sem o acesso os times Flamengo de Guarulhos, Grêmio Osasco, Taubaté e XV de Jaú. Os times Juventus e Inter de Limeira não ficaram entre os oito, mas dirigentes dos dois clubes também estiveram na FPF para ver se sobra alguma vaga para a A-2.

Conforme previsto pelo Art.33 do Regulamento da Competição, existe uma capacidade mínima para um clube receber jogos em suas respectivas séries. Assim, as equipes que integram a Série A1 e A2 devem possuir um estádio com capacidade mínima de 15.000 lugares. Ao passo que na Série A3 e na Segunda Divisão devem atender a 10.000 e 5.000, respectivamente.
 

3 Comentários(Deixe o seu)

  • marcos

    só assim mesmo pro xv subir!!

  • Rodrigo

    Concordo com o amigo aí, só assim mesmo pro XV subir, uahsuahushaus

  • Marcos_Timão

    Vergonha, não ganha no campo e agora quer ir pelo tapetão, o time (já que clube não existe) não tem qualquer condição de figurar na A2 se subir vai fazer a cidade passar vergonha o melhor seria disputar o amador local.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados