terça, 16 de julho de 2019
Início » Esporte » XV parcela dívida de R$ 2,2 milhões com o INSS

XV parcela dívida de R$ 2,2 milhões com o INSS

Gravatar
29/07/2011 às 22h23
Paulo César Grange - Ass. XV de Jaú

Foi aprovado o refinanciamento da dívida do XV de Jaú junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Nesta sexta-feira, o clube teve que pagar a primeira de 160 parcelas de quase R$ 14 mil para cobrir um débito em torno de R$ 2,2 milhões. Isso terá que ser feito para que o clube mantenha o seu nome limpo e tenha a CND (Certidão Negativa de Débito). Sem a CND é impossível firmar convênios e receber repasses de verbas de órgãos públicos. O acerto evita também que o XV tenha patrimônio leiloado.

Tão logo chegou a guia para o pagamento ao Estádio Zezinho Magalhães o Conselho Fiscal orientou o presidente do XV, José Construtor, a levantar o dinheiro para fazer o pagamento da primeira parcela. O acordo entre clube e governo prevê pagamento em dia do refinanciamento. O presidente, então, foi ao banco fazer um empréstimo para quitar os boletos. Construtor fez o empréstimo em seu nome, já que o clube tem restrição de crédito por conta das dívidas acumuladas ao longo dos anos.

O que é a lei

A Lei 11.941/09 deu aos clubes a condição de renegociar sua dívida previdênciária em até 180 meses, com redução de até 60% da multa e de 25% dos juros. O XV aderiu ainda em 2009 e de lá para cá pagava um valor simbólico até que o processo fosse finalizado. O que ocorreu nesta semana. Agora, o XV começa a pagar o principal da dívida.

O advogado Rubens Contador, do Jurídico do XV, explica que o clube não pode interromper o pagamento para manter o benefício da redução da dívida. Se parar, a dívida volta a ser integralizada, ou seja, retorna ao valor original com todos os juros e multas cobrados pela Previdência Social. Pelo acordo, o XV conseguiu abater em torno de R$ 1 milhão.
 

Um comentário(Deixe o seu)

  • José Getulio Scandiuzi

    O presidente José Construtor é um herói. Tem acertado contas de diversas diretorias anteriores, renegociado dívidas com o governo e mantendo um elenco competitivo. O torcedor quer vitórias, mas muitas diretorias não conseguiram nem acesso e nem sanear o clube. Alcançar a CND e voltar a ter conta em banco será um grande caminho aberto para colocar o E.C. XV de Novembro de Jaú na rota dos clubes bem administrados e respeitados dentro de campo. Parabéns ao presidente e sua diretoria.

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados