domingo, 16 de junho de 2019
Início » Esporte » Kazu será novamente homenageado pela Câmara

Kazu será novamente homenageado pela Câmara

Para presidente do XV, Kazu nunca deixou de ser cidadão jauense, tanto é que placa em homenagem ao atleta está "desde sempre" no portão de acesso do Jauzão

Gravatar
05/02/2019 às 19h14
Kazu em entrevista quando defendia o XV de Jaú

Kazu em entrevista quando defendia o XV de Jaú

Kazu foi destaque no XV de Jaú nos anos 1987 e 1988, fez história como o primeiro jogador japonês profissional no Brasil, passou por clubes de renome, virou craque da seleção japonesa e se tornou num ícone no futebol do Japão. E ainda hoje segue jogando futebol aos 51 anos de idade. Nesta sexta-feira (8/02), às 14h, ele recebe o título de Cidadão Jauense na Câmara de Jahu.

Kazuyoshi Miura (Kazu) foi o autor do primeiro gol de um japonês em solo brasileiro (defendendo o clube jauense em partida válida pela 1ª Divisão do Campeonato Paulista de 1988, cujo adversário era o Corinthians). O autor da homenagem desta sexta-feira é o vereador José Fernando Barbieri, por meio do Decreto Legislativo nº 429/2016.

Kazu chegou a ser cidadão jauense nos anos 90, mas o título foi cassado pela própria Câmara por causa de picuinhas políticas. "O Kazu é um embaixador do XV e de Jaú. E como não era cidadão jauense resolvi fazer essa homenagem", falou  Barbieri, que diz não ter intenção de "corrigir nada" do passado, "Quis apenas homenageá-lo". A TV Câmara vai transmitir o evento ao vivo pelos canais abertos e fechados e pelo www.youtube.com/tvcamjau.

Segundo ele, ao falar com Kazu sobre a proposta do título, o jogador aceitou prontamente. O atleta, no entanto, não vem a Jaú. Por causa de compromissos particulares, Kazu enviou uma comitiva para receber a honraria. Estarão na sessão solene o seu  pai Nabuo Naya, o irmão Yasuyoshi e o jogador Hiroshi Saito, que passou pelo XV e chegou a jogar ao lado de Kazu.
 

XV mantém homenagem no Jauzão "desde sempre"

O XV de Jaú, por meio do presidente Rodrigo Luiz Paulino, destaca que essa homenagem a Kazu é mais do que justa. "No nosso entendimento o Kazu sempre foi um cidadão jauense e, mais do que isso, um cidadão quinzeano." Ele vai estar presente na sessão solene levando o apoio do clube à comitiva da família do atleta revelado pelo XV nos anos 80.

Para Rodrigo, o XV sempre deu o devido valor à carreira de Kazu, tanto é que desde a primeira vez que a Câmara concedeu o título ao jogador o clube providenciou uma placa e esta placa está desde sempre em local de destaque no portão de acesso do Estádio Zezinho Magalhães.

 



Informações sobre a carreira do homenageado Kazu

Por Câmara de Jaú
O atleta japonês Kazuyoshi Miura, ou simplesmente Kazu, vestiu a camisa de diversos clubes do Brasil e do mundo. Também serviu à seleção de seu país não apenas no futebol de campo, mas também no futebol de salão (futsal).
Nascido em Shizuoka, no Japão, em 26 de fevereiro de 1967, Kazu foi o primeiro jogador da terra do sol nascente a atuar em clubes fora de seu país. Aos 15 anos de idade, em 1982, Kazu deixou o Japão adolescente e veio sozinho para o Brasil, desembarcando nas categorias de base do Juventus da Mooca. 
Revelado profissionalmente na Vila Belmiro, consagrou sua carreira ao vestir a camisa do Santos de Pelé. Foi o primeiro jogador asiático a defender as cores de um clube do nordeste brasileiro, sagrando-se, inclusive, campeão alagoano com o tradicional CRB de Maceió.
No Galo da Comarca, se destacou nas temporadas de 1987 e 1988. O feito que lhe colocou no hall da fama do futebol foi no dia 19 de março de 1988. Kazu foi o primeiro japonês a fazer um gol no futebol brasileiro! Defendendo o verde e amarelo do XV de Jaú, o atacante Kazu balançou a rede em uma partida emblemática contra o Corinthians, pelo Campeonato Paulista da 1ª Divisão. O Galo da Comarca venceu aquele histórico jogo por 3 a 2, sendo esta uma das mais marcantes vitórias alcançadas pelo clube auriverde. 
Defendeu a seleção japonesa de futebol pela qual atuou em 91 jogos, marcando 56 gols (outras fontes registram 89 partidas e 55 gols). Não chegou a disputar uma Copa do Mundo nos gramados, mas realizou o sonho de disputar um mundial nas quadras. Em 2012, o atleta japonês escreveu mais uma página de sua exemplar história profissional participando do Campeonato Mundial de Futebol de Salão (futsal), realizado na Tailândia. Kazu foi o atleta mais velho, aos 45 anos, a disputar uma partida oficial da modalidade “indoor” do futebol. 
Kazu segue atuando nos gramados vestindo a camisa do Yokohama FC. Jogador de futebol mais velho em atividade no planeta, o atacante Kazuyoshi Miura recentemente renovou seu contrato com o clube o japonês, sendo considerado o mais longevo jogador da história do futebol mundial!
Kazu completou 51 anos no dia 26 de fevereiro de 2018 enquanto disputava a 33ª temporada esportiva da sua brilhante carreira. Também já declarou que sua intenção é jogar até os 60 anos de idade.
Em sua longa carreira profissional, o atacante nipônico teve passagens pelos seguintes times (principais): Santos, Palmeiras, Matsubara, CRB, XV de Jaú, Coritiba, Yomiuri/Verdy Kawasaki, Genoa, Dinamo Zagreb, Kyoto Purple Sanga, Visseel Kobe, Sydney FC e Yokohama FC.

Mais sobre: Kazu

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2019. Todos os direitos reservados