sexta, 23 de junho de 2017
Início » Esporte » XV foi valente, mas não deu:Desportivo 4 a 3

XV foi valente, mas não deu:Desportivo 4 a 3

Galo da Comarca perdeu a primeira em casa e não conseguiu, apesar de lutar, reverter o resultado em Porto Feliz.

Gravatar
24/09/2016 às 17h45

(Agência Futebol Interior) Quem disse que apenas jogo de primeira divisão tem que ser bom? Em jogo maluco, cheio de alternativas e gols, o Desportivo Brasil conquistou o acesso inédito à Série A3 do Campeonato Paulista ao derrotar o XV de Jaú, por 4 a 3, no jogo de volta das semifinal da Segundona.  A partida aconteceu na tarde deste sábado (24) em Porto Feliz.

Dono da melhor campanha e podendo perder por até um gol de diferença para garantir o acesso, após ter vencido o primeiro jogo por 2 a 1, fora de casa, o Desportivo Brasil foi buscar a vitória após estar duas vezes atrás no placar. Agora o DB vai em busca do título do torneio contra a Portuguesa Santista.

Apesar de ter uma das melhores médias de público do Estado de São Paulo, o XV de Jaú bate na trave e fica sem o acesso, amargando a quarta divisão pelo quarto ano seguido.

PRIMEIRA VEZ...
Fundado pelo Grupo Traffic em 19 de novembro de 2005 (10 anos), o Desportivo Brasil, além do futebol profissional, o clube trabalha com categorias de base e acabou vendido aos investidores do grupo Luneng, fornecedora de energia elétrica da proví­ncia de Shandong, na China. Desta forma, o time é um co-irmão do Shandong Luneng, time de Felipão na China.

Na categoria profissional, o Desportivo Brasil participa do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (4ª Divisão) desde 2009 . Em sua primeira participação, esteve muito próximo de conquistar o acesso à Série A3, mas ficou em terceiro lugar no quadrangular final no número de gols marcados.

 

MALUQUICE
O primeiro tempo foi absurdo, carregado de altos e baixos e com emoção para os dois lados. Logo aos quatro minutos, o XV de Jaú jogou um balde de água fria na torcida do Desportivo e abriu o placar logo aos quatro minutos. Depois de cobrança de falta de Luiz Henrique, Héliton subiu e testou para o fundo das redes.

As coisas ficaram ainda mais abertas, já que os visitantes precisavam de apenas mais um gol para conseguir o acesso. O Desportivo, no entanto, não quis dar sopa ao azar e foi buscar o ataque. Romarinho quase deixou tudo igual aos 12 minutos, mas errou o alvo. Logo em seguida, Willians recebeu segundo amarelo depois de cometer nova falta dura e foi expulso.

Com um a mais, os donos da casa conseguiram o empate. Aos 26 minutos, Édipo pegou rebote após cobrança de lateral e finalizou com categoria. Valente, mesmo com um a menos, o XV voltou a ficar na frente. Em contra-ataque, Luiz Henrique dominou no peito, cortou para o meio e finalizou sem chances para Renan, marcando um belo gol, aos 41 minutos.

Faltavam apenas quatro minutos para o final da primeira etapa e o XV queria levar a vantagem para os vestiários. Só que se esqueceu que do outro lado estava um dos melhores time da Segundona. O Desportivo aproveitou o cochilo dos adversários e conseguiu a virada em apenas dois minutos. Primeiro, Romarinho arrancou e finalizou com categoria, aos 42, depois foi a vez de Júlio César. O artilheiro recebeu e fuzilou.

TUDO OU NADA
O XV voltou para o segundo tempo com mais um atacante e voltou a empatar aos quatro minutos. Gustavão, que havia acabou de entrar, aproveitou cruzamento da esquerda e acertou lindo voleio. O troco do Desportivo foi mortal. Em nova bola cruzada, Júlio César antecipou a marcação e tirou de Willian.

O Galo seguiu com espírito guerreiro no segundo tempo, mas não conseguiu ficar com a bola, pois os adversários souberam aproveitar a vantagem numérica em campo. Desta forma, o Desportivo tocou a bola, esperou o tempo passar e conquistou o acesso.

Gols

Desportivo Brasil: Édipo 25' 1T, Pio 43' 1T, Júlio César 44' 1T, Júlio César 8' 2T

XV de Jaú: Héliton 3' 1T, Luiz Henrique 42' 1T, Gustavão 4' 2T

 

Desportivo Brasil :Renan; Glauco, Gustavo, Luis Guilherme e Danilo; Paulo Henrique, Deda e Pio; Romarinho (Keita), Édipo (Émerson) e Júlio César. Técnico: Odirlei Maurer.

XV de Jaú : Willian; Willians, Gustavo Henrique (Danilo), Héliton e Léo Barbosa (Gustavão); Vinícius, Kauê e Luiz Henrique; Cabelo (Marcelinho), Luis Ricardo e Joãozinho. Técnico: Baroninho

 

 

Mais sobre: XV de Jaú

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2017. Todos os direitos reservados