quinta, 27 de fevereiro de 2020
Início » Esporte » Rodriguinho é a única baixa do XV em Marília

Rodriguinho é a única baixa do XV em Marília

Gravatar
01/09/2010 às 20h45
Paulo César Grange - Ass, XV

O confronto com o Marília nesta quinta-feira é tudo ou nada para o XV de Jaú. Com dois pontos, contra três do adversário e ainda com chance de se classificar à segunda fase da Copa Paulista, o Galo precisa da vitória no jogo marcado para as 20h30 em Marília. Se vencer, o Galo ultrapassa o adversário e encosta na zona de classificação no grupo 1.

Para essa partida, o técnico Carlos Rossi acabou ficando sem um jogador, o atacante Rodriguinho, que não se recuperou do entorse sofrido no tornozelo direito. Ele chegou a treinar na terça-feira, mas sentiu dores e ficou de fora do treino desta quarta-feira e da relação dos atletas convocados para tentar vencer o Marília.

“Fui treinar, mas estava doendo. Não dava para bater na bola. Amanhã (quinta) venho continuar o tratamento”, diz Rodriguinho, que sofreu uma pancada no local no jogo diante da Penapolense, no sábado. Os também atacantes Samuel e Fabrício, que fizeram tratamento médico durante a semana, estão liberados e vão para o jogo.

Sobre essa partida contra o MAC, o técnico Carlos Rossi diz que pensando em termos de tabela e classificação “é matar o morrer”, uma vez que em caso de vitória o XV ficaria bem posicionado. Nas três partidas restantes, o XV teria confronto direto com o Grêmio Prudente, hoje quatro pontos à frente e quarto colocado na classificação – quatro times passam de fase.

Na avaliação do treinador, os dois times que foram melhores até agora no grupo 1 da Copa Paulista são Linense e Penapolense. Quanto ao Noroeste, ele diz que o time se reforçou ao longo da competição, por isso melhorou. Sobre os demais, o técnico coloca o XV num patamar acima de Marília e Prudente, apesar de estar atrás na tabela. Para o treinador, pelo retrospecto das últimas rodadas, o justo seria o XV estar com sete ou pontos no momento.

Rossi falou novamente sobre o jogo de sábado, quando o XV perdeu por 2 a 1 para a Penapolense. “Foi nosso melhor jogo”, garante, citando as 33 roubadas de bola, o volume de jogo, o domínio de bola e as chances criadas. Em duas falhas na defesa, no entanto, o time tomou dois gols e acabou perdendo a partida.

Dar o troco
O lateral Júnior Barbosa, um dos mais experientes do grupo, também encara a partida desta quinta-feira como decisiva. E ele diz que os companheiros estão animados e confiantes com a chance de classificação que ainda resta. Ele lembrou que o Marília só ganhou um jogo, contra o XV, na primeira fase. Depois perdeu tudo. E ainda está disputando a Série B do Brasileiro. Nesta quarta-feira, o MAC jogaria em Brasília contra o Gama. Contra o Galo, então, será uma segunda equipe que vai entrar em campo.

Com a volta do zagueiro Thiago e do volante Hudson, que estavam suspensos, a equipe provável para o jogo em Marília é formada por Nivaldo; Júnior Barbosa, Thiago Miranda, Gustavo e Diego Souza; Hudson, Marinho, Jean e Vinicius; Samuel e Fabrício. O elenco viaja por volta das 16h30 para Marília, logo após a preleção que será feita no Jauzão. A delegação segue direto para o Estádio Bento de Abreu.
 

Mais sobre: XV de Jaú

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados