quarta, 01 de abril de 2020
Início » Economia » Sem PAC e Saemja, orçamento de 2016 será menor

Sem PAC e Saemja, orçamento de 2016 será menor

Receita do próximo ano deve ser reduzida em 16%. Educação e Súde ficarão com 64% do orçamento.

Gravatar
17/04/2015 às 09h32
Secretário Luiz Vicente Federice (a esq.) na apresentação da LDO para o próximo ano.

Secretário Luiz Vicente Federice (a esq.) na apresentação da LDO para o próximo ano.

O orçamento da Prefeitura de Jaú previsto para 2016 será  16% menor que o vigente neste ano, conforme ficou demonstrado na audiência pública da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) , realizada na quarta-feira no plenário da Câmara, comandada pelo secretário de Economia e Finanças, Luís Vicente Federice. A dotação orçamentária para o próximo ano será reduzida dos R$ 394,4 milhões atuais para R$ 331,6 milhões.

Dois fatores, conforme Federice, contribuirão para que a receita do município em 2016 seja menor do que a deste ano. Um deles é que deixarão de entrar, porque se conclui neste ano, o repasse de recursos para as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), dinheiro que vem do Governo Federal e que neste ano representa R$ 63 milhões.  O outro é que o Saemja (Serviço de Água e Esgoto do Município de Jaú), que no ano passado gerou uma arrecadação de R$ 40 milhões, agora passou para a iniciativa privada. Não entra mais a sua previsão de receita no orçamento global do município. Nesse sentido, já neste ano haverá queda do total previsto porque o Saemja terá a sua arrecadação computada até este início de abril, quando apurou receita de R$ 12 milhões.

Na LDO de 2016 estão previstos 40% da receita para a Secretaria de Saúde (R$ 132 milhões) e 24% para a Secretaria de Educação (R$ 80 milhões), Na Saúde, estão incluídos os gastos com pessoal,  pagamento de médicos, compra de medicamentos e instalação de novos serviços, como a UPA (Unidade de Pronto-Atendimento, o funcionamento 24 horas do pronto-atendimento no São Judas Tadeu  e quatro novas unidades  básicas de saúde. Só para esses serviços serão contratados 170 funcionários.

 

Um comentário(Deixe o seu)

  • Antonio

    Espera ahi, não entendi, se estão reclamando que não vai mais ter a arrecadação do saemja, por outro lado não terão despesas com o saemja, se dava lucro pq venderam então, agora não reclamem!! FORA PT!!!

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados