quarta, 19 de fevereiro de 2020
Início » Economia » Prefeitura pára cursos de formação em calçados

Prefeitura pára cursos de formação em calçados

Gravatar
25/08/2010 às 08h16
J.H. Teixeira

As quatro unidades do Proip (Programa de Oficinas de Iniciação Profissional) em Jaú, que oferecem cursos para formação de mão-de-obra destinada ao setor calçadista, estão paralisando as suas atividades e só voltam a atender a partir do próximo ano. O anúncio da interrupção no atendimento foi feito pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Coló, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Conforme o secretário, a paralisação é necessária para a reformulação do convênio existente. "Até agora e já há cinco anos, o convênio é feito com o Sindicato dos Calçadistas. Por ele, os monitores dos cursos criaram como que um vínculo empregatício. Agora faremos o acerto com os quatro monitores, algo em torno de R$ 40 mil e a partir do ano que vem o convênio será com o Senai, que vai oferecer os monitores, a serem pagos por hora/aula, sem vínculo de emprego", explicou Coló.

No domingo (22) surgiram rumores de que o Proip do distrito de Potunduva seria fechado por falta de verba para a sua manutenção. Na verdade, os quatro Proips vão parar pelos próximos quatro meses mas, conforme o secretário, será para uma reestruturação. Ele não admite que seria por falta de verba para continuar pagando os monitores.

"O que vai acontecer é que será mudado o modelo. Temos parceria com o Sindicalçados. onde os monitores são registrados, mas isso criou vínculo empregatício e a Prefeitura é quem paga essas monitores. Vamos rescindir os contratos, indenizá-los e, a partir de janeiro, iniciamos com convenio com Senai. Aí o Senai vai contratar os monitores e pagá-los por hora. Agora não teremos o último curso do ano, que seria de setembro a novembro", disse Coló.

Conforme Carlos Coló, caso permanecesse a atividade até o final do ano ficaria mais difícil o acerto com os monitores. "Aí, dentro do nosso orçamento, não daria para fazer o pagamento aos monitores. Agora eles vão ficar com aviso prévio e vão receber dentro dos próximos 10 dias", explicou.

As quatro unidades do Proip que oferecem cursos de cortador e pespontador de calçados funcionam no distrito de Potunduva, no Jardim Pires de Campos, no CAIC e no centro da cidade.O convênio com o Sindicalçados para o funcionamento dessas unidades vem desde 2005, na administração do ex-prefeito João Sanzovo Neto.
 

Nenhum comentário(Deixe o seu)

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2020. Todos os direitos reservados